Procure no JP

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Palmeiras joga bem e engata a terceira no nacional

Fala, pessoal!

Depois da grande virada nacionalina arranjei forças do fundo da alma e fui fazer uma jornada no ritmo dos embalos de sábado à noite no Estádio Paulo Machado de Carvalho. Em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras recebeu o Grêmio em busca da terceira vitória seguida.


Times perfilados para o Hin... bom, vocês sabem. Foto: Fernando Martinez.

Quase trinta mil pessoas encheram o velho estádio para essa partida. Além da pressão enorme exercida pelas arquibancadas, o retrospecto era todo a favor dos paulistas. Em nove confrontos realizados no Pacaembu até então, o Palmeiras nunca perdeu (sete vitórias e dois empates). Ah, e vale registrar que esse também foi o - se tudo der certo - o antepenúltimo jogo do time no Pacaembu antes da mudança para a nova casa.


Início de ataque palmeirense. Foto: Fernando Martinez.

Da numerada e com a companhia do amigo Ricardo Espina, vi um bom jogo de futebol. Logo no começo Cristaldo perdeu gol feito e durante todo o tempo inicial o time da casa foi melhor. O Grêmio só incomodou nos contra-ataques e teve uma chance clara brilhantemente defendida por Fernando Prass.


Bola alçada na área local. Foto: Fernando Martinez.

Os 45 minutos chegaram ao fim com o zero no marcador. No segundo, Barcos, um dos jogadores mais homenageados pela coletividade verde, saiu de heroi para vilão em apenas sete minutos. Aos 10 ele fez o gol que abriu o marcador para os visitantes e aos 17 ele fez lambança e conseguiu ser expulso numa jogada besta na lateral.


Barcos abrindo o placar para o Grêmio em cobrança de pênalti. Foto: Fernando Martinez.


Belíssima lua passeando pelo Pacaembu. Foto: Fernando Martinez.

Toda a partida correta que o time dirigido pelo superado Felipão estava fazendo se diluiu com o vento e o time da casa, empurrado de forma sensacional pela torcida, conseguiu um resultado histórico. Era certeza para quase todos ali que a equipe viraria a peleja.


Lance do gol de empate paulista. Foto: Fernando Martinez.

E não deu outra: com gols de Mouche e João Pedro respectivamente aos 22 e 29 minutos o alviverde virou a partida de forma sensacional. O Grêmio, com um a menos e completamente grogue, não foi páreo para o time paulista.


Comemoração alucinada no segundo gol do Palmeiras. Foto: Fernando Martinez.

No fim, o Palmeiras 2-1 Grêmio afastou ainda mais o alviverde da zona de rebaixamento. Falo isso há algum tempo e reitero: na minha visão, o time NÃO será rebaixado pois tem muita equipe pior nesse nacional. O time agora está em 12º lugar com 34 pontos.

No domingo o futebol deu um tempo e o dia serviu para um belo descanso. Também valeu para me preparar de forma exata para a semana repleta de futebol de terça até sexta-feira.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário