Procure no JP

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

A volta de Zé Roberto à Portuguesa na Copa Rubro-Verde

Texto e fotos: Fernando Martinez


O segundo jogo da primeira rodada da Copa Rubro-Verde foi uma verdadeira volta ao passado. O gramado do Estádio Osvaldo Teixeira Duarte recebeu o confronto entre a Portuguesa e a Portuguesa Londrinense, o time 668 da Lista. Foi uma daquelas partidas que serão lembradas por muito tempo.

Primeiro pois foi a primeira vez que o rubro-verde paranaense se apresentou por aqui, depois porquê tivemos o prazer de acompanhar o meia Zé Roberto voltando a vestir a gloriosa camisa da Portuguesa de Desportos. Mais de vinte anos após deixar a Lusa, o atleta de 43 anos retornou para se despedir em definitivo do futebol na equipe que o projetou pro mundo.


O meia Zé Roberto voltou a vestir a camisa da Portuguesa após 21 anos na Copa Rubro-Verde


Associação Portuguesa de Desportos - São Paulo/SP


Associação Portuguesa Londrinense - Londrina/PR (Detalhe para o apressado goleiro se mandando da foto sem nem dar tempo aos fotógrafos presentes)


Os capitães dos times e o trio de arbitragem

Todo mundo sabe a atual situação da equipe paulistana, então foi muito legal ver, mesmo que por apenas 90 minutos, um resquício do que o time já foi e já representou. O público compareceu num bom número ao estádio e relembrou um pouco de um tempo que deixou muita saudade.

Como coadjuvante da festa estava a Associação Portuguesa Londrinense, equipe fundada em 1950 e que hoje em dia disputa a segunda divisão do estadual, sem muito destaque. Mesmo não estando nos seus melhores dias, a Portuguesa local era amplamente favorita.

Agora, o que mais importou pros presentes não foi a estreia do técnico Guilherme, a apresentação do elenco para a disputa da Série A2 ou o resultado final. O que valeu mesmo foi ver Zé Roberto novamente atuando pela equipe paulistana. A cada falta batida, a cada escanteio cobrado e a cada passe feito, o que se ouvia no Canindé eram aplausos e mais aplausos.

Se o time não encheu os olhos da torcida, pelo menos fez a sua obrigação e venceu sem sofrer sustos. O primeiro gol saiu dos pés de Jean no primeiro tempo e o segundo foi com Raul no tempo final. O placar final de Portuguesa 2-0 Portuguesa Londrinense colocou os paulistas na decisão da Copa Rubro-Verde contra a Portuguesa da Ilha.


Ataque da Portuguesa Londrinense no começo da partida


Atleta do time visitante trocando passes no campo de defesa


Ataque aéreo da Portuguesa local



No tempo final, a Portuguesa jogou na boa e sacramentou sua vitória pelo placar de 2x0

Já disse no post de Portuguesa Santista x Portuguesa Carioca, mas vale repetir. Parabéns aos envolvidos com a criação e organização da Copa Rubro-Verde. Já tá na hora dos times se ligarem que amistoso é anos-luz mais legal do que mil jogos-treino juntos.

Feliz com tudo que tinha visto nos dois jogos, me mandei do estádio na base da correria e cheguei no metrô com menos de três minutos para encerrarem a operação comercial. Pouco mais de doze horas depois, lá estava eu no Canindé novamente com mais uma rodada dupla na Copinha.

Até lá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário