Procure no JP

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Num gelado Rochdale, Osasco FC e Itararé ficam no empate

Texto e fotos: Fernando Martinez


A noite de sexta-feira foi mais uma vez propícia pra ver um jogo perdido. Pela segunda rodada do returno da fase inicial do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, o Osasco FC recebeu o Itararé no frio Estádio José Liberatti em confronto do Grupo 3. Partida legal que traz pela segunda vez o onze alvi-azul até as páginas do blog na atual temporada (a primeira foi o 2x2 contra o Barcelona no Nicolau Alayon).

Sem vencer desde 28 de abril, o Osasco FC queria tentar quebrar o jejum de quatro compromissos sem nenhum triunfo para não se desgarrar demais do G4 da chave e o Itararé com certeza não seria um adversário fácil de ser batido. Vale registrar que nos oito jogos que havia visto o Caçula ao vivo, em apenas um deles o time venceu. Foi em abril de 2006, num 2x1 contra o falecido EC Osasco no mesmo Rochdale.


Osasco Futebol Clube - Osasco/SP


Associação Atlética Itararé - Itararé/SP


O árbitro Jefferson Dutra Giroto, os assistentes Paulo de Souza Amaral e Leandro Almeida dos Santos, o quarto árbitro Róbson Silva Santos e os capitães dos times

Para essa jornada tive mais uma vez a companhia do Emerson, voltando com tudo ao mundo futebolístico, e da dupla alvinegra Ricardo Espina e Colucci. Numa noite com direito a 14 graus de temperatura, apenas 99 almas pagaram ingresso e deixaram o Liberatti mais uma vez bem vazio, só pra variar um pouco. A animada rapaziada viu 90 minutos muito bons.

Os primeiros minutos nos mostraram algo que é bem raro nos dias atuais do futebol tupiniquim: gols em cobranças de falta. Romarinho abriu o marcador pro Itararé aos cinco minutos numa ótima batida em que a pelota ainda tocou na trave direita antes de morrer no fundo das redes. Aos 21, foi a vez de Marlon mostrar categoria e deixar tudo igual em lance aonde o goleiro Yuri nem se mexeu.


Intensa disputa de bola em ataque osasquense


Zagueiro do Itararé protegendo a pelota


Bola estufando as redes do time visitante no belo gol de falta de Marlon


Outra investida da Águia no tempo inicial

Com o 1x1 no placar, as duas equipes foram responsáveis por bons momentos durante o decorrer do tempo inicial. Matheus e Yuri tiveram bastante trabalho e faltou pouco para que o segundo gol saísse. Quando o tempo final chegou, os times não mostraram a mesma inspiração, porém a partida continuou com bom nível.

Enquanto falávamos sobre campeonatos perdidos, momentos surreais do cotidiano e também sobre as agruras da vida, no gramado os atacantes tentaram marcar, só que não conseguiram superar os goleiros e com isso a peleja ficou mesmo no placar conquistado no primeiro tempo: Osasco FC 1-1 Itararé.


Bola passeando pela área local no começo do segundo tempo


Escanteio para o Itararé


Pelota levantada dentro da área do Osasco FC

Essa foi a quarta apresentação do Osasco FC dentro da sua casa e até aqui a equipe conquistou apenas um triunfo contra o CAD, além de uma derrota pro Primavera e outro empate contra o Barcelona. Ocupando a sexta posição do Grupo 3 com nove pontos a Águia precisa muito voltar a vencer no Rochdale caso queira estar na próxima fase. Já o Caçula está em quarto com doze pontos ganhos.

Menos de 24 horas depois retornei ao estádio osasquense para outra sessão futebolística, agora pela Série D em mais uma jornada sofrida do Audax na última divisão nacional.

Até lá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário