Procure no JP

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Red Bull vira contra o JEC e ainda respira no Grupo 11

Texto e fotos: Fernando Martinez


Fechando a segunda rodada do Grupo 11 da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2017, o Red Bull enfrentou aquele dilema "ganha ou volta pra casa", já que uma derrota para o Joinville no Estádio Jayme Cintra significaria a eliminação do onze campineiro da competição ainda na sua fase inicial, com certeza uma decepção bastante grande.

Essa é a sétima participação do clube paulista na história da Copinha, e a ideia pelos lados de Jarinu é pelo menos igualar a melhor campanha em todos os tempos obtida em 2016, quando o clube alcançou a terceira fase. Já o Joinville, que tem como melhor resultado o terceiro lugar em 1988, também chegou na terceira fase no ano passado.


Red Bull Brasil (sub-20) - Campinas/SP


Joinville Esporte Clube (sub-20) - Joinville/SC


Capitães dos times e trio de arbitragem

Os catarinenses jogavam por uma vitória simples para se classificarem para a segunda fase de forma antecipada, e então começaram o jogo em cima do adversário. O Red Bull não se encontrou em campo e durante dez minutos tomou sufoco. O JEC abriu o marcador com Marlyson completando de cabeça um cruzamento da direita aos nove.

O gol acordou os paulistas e, em apenas dois minutos, aos 27 e aos 29, aconteceu a virada. O empate saiu com Gabriel Silva em lance com grande confusão na área, e o segundo num golaço de Rodrigo. O Joinville acusou os golpes e a partir daí até o final da partida só deu Red Bull.


Aquela famosa disputa de bola no meio de campo


Comemoração no gol do Joinville aos nove do primeiro tempo


Atleta do Red Bull subindo no segundo andar pra fazer o corte


Jogador do time paulista sofrendo forte marcação na saída de bola

No segundo tempo foi o camisa 20 Luan quem mostrou mais serviço e ele marcou duas vezes, fechando o placar a favor dos campineiros. O terceiro saiu aos sete minutos com o atleta tocando na saída do goleiro do JEC e o quarto aos 29 num lance bastante parecido. O Joinville foi abatido de forma fácil, fácil.

O placar final de Red Bull 4-1 Joinville fez com que o Toro Loko encaminhasse bem a classificação, já que dependia de uma vitória contra o lanterna Vitória da Conquista para se garantir entre os 60 melhores. Nada difícil contando que os baianos tinham uma equipe bastante limitada. Já o onze catarinense tinha a dura missão de vencer o Paulista.


Grande chance a favor do Red Bull no tempo final


Marcação dupla em cima de atacante campineiro


No fim, a vitória do Red Bull acabou sendo tranquila e manteve o time vivo na Copinha

A rodada valeu e valeu muito, e voltamos rapidinho para a capital para ter aquela noite merecida de descanso, já que na sexta-feira tinha mais rodada dupla e mais time novo na Lista. Na pauta uma equipe que queria ver ao vivo desde os anos 80.

Até lá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário