Procure no JP

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Nacional goleia a Matonense e mantém vivo o sonho do acesso

Texto e fotos: Fernando Martinez


É amigo... Depois de um longo e tenebroso inverno finalmente o JP volta à ativa. Foram exatas sete semanas sem nenhuma publicação por aqui. Isso não aconteceu apenas por uma razão, e não cabe citá-las agora, mas a maior delas serviu para pensar bastante a respeito da minha permanência no blog num futuro não tão distante assim.

Enquanto ainda faço parte normalmente do grupo de amigos que se reúne para ver jogos de futebol blog de um homem só, retomei os trabalhos no final de semana passado, apenas dois dias depois de voltar de mais uma turnê pela América do Sul (que será devidamente contada por aqui). E nada melhor do que voltar para casa indo ver um joguinho do Nacional no Campeonato Paulista da Série A3. Pela primeira rodada do returno do Grupo 2 os ferroviários receberam a Matonense.


Nacional Atlético Clube - São Paulo/SP


Sociedade Esportiva Matonense - Matão/SP


Quarteto de arbitragem composto pelo árbitro Leonardo Ferreira Lima, os assistentes Marco Antonio Motta Junior e Ricardo Pavanelli Lanutto e o quarto árbitro Alysson Fernandes Matias posam para a foto oficial junto com os capitães dos times

O Naça vacilou feio no turno e somou apenas um ponto em três jogos disputados. Nas duas partidas que fez longe da capital, duas derrotas por 3x1. Como o acesso se complicou, não restava outra alternativa senão conquistar três triunfos nos três compromissos restantes. Mas se dependesse do retrospecto como mandante, a vitória estava garantida. Em seis jogos realizados de 1991 a 2005 aconteceram seis vitórias nacionalinas. Estive presente nas três últimas, em 2003, 2004 e 2005, essa num 6x1 histórico devidamente retratado pelo blog na época.

Para a alegria da torcida local, os donos da casa simplesmente fizeram uma partida de gala, não dando a menor chance para a Matonense e infernizando a zaga visitante durante os 90 minutos. O primeiro gol saiu aos três através de Anderson Magrão. Sem conseguir sair para o jogo, a Matonense teve apenas uma oportunidade clara, mas o goleiro Matheus fez ótima defesa.

Nos acréscimos do tempo inicial a zaga visitante resolveu dar um presente para o ataque do Nacional. O zagueiro Danilo aceitou o agrado e fez o segundo, levando a peleja para o intervalo com uma interessante vantagem a favor do onze da Água Branca.


Zaga da Matonense passando sufoco em lance dentro da área


Praticamente em todas as disputas de bola quem se deu melhor foi o jogador do Nacional


Comemoração do segundo gol nacionalino marcado pelo zagueiro Danilo aos 46 do tempo inicial

O papo nos vestiários com o técnico Pinho não deu muito resultado e os atletas da Matonense voltaram a campo com menos inspiração ainda para o tempo final. Aos oito minutos Anderson Gindre fez um golaço depois de acertar um chute sensacional de fora da área. Nacional 3x0.

Os locais jogavam o fino da bola e o quarto gol aconteceu aos 28 minutos, em lance bastante contestado pelos jogadores da SEMA, que pediram saída de bola pela linha de fundo. Anderson Magrão teve calma para receber o passe de cabeça e chutar da pequena área para fechar a goleada.


Início de ofensiva local no segundo tempo


Zagueiro da Matonense tentando evitar outro ataque do Nacional


Anderson Magrão e Toninho, camisas 9 e 6 de Nacional e Matonense, disputando a bola pelo alto. No chão, Anderson Gindre, 11 do NAC, e Marquinhos, 3 da SEMA, observam atentamente


Pelo alto o time paulistano também levou muito perigo

O Nacional 4-0 Matonense, somado com a vitória do Sertãozinho em cima do Flamengo no domingo cedo deixou a luta pelo acesso bem definida: O time ferroviário precisa vencer seus dois jogos e o Touro dos Canaviais perder os dois. Como a esperança é a última que morre, os paulistanos terão nova decisão na quarta, quando recebem o onze grená.

A segunda sessão de futebol do final de semana foi na escaldante tarde de domingo. Não com Santos x Palmeiras pela semi do Paulista, e sim com um jogo perdidaço, daqueles que adoro, na Rua Javari.

Até lá

4 comentários:

  1. sr. fernamdo paraben spelos jopgos que voces estao fazendo serie a2 a3 e 2divisao 2106. gostaria que voces mostraasem todos os jogos do barcelona capela quandi jogbar aqui na rua javari com ano passado e fizessem jogo da portuguesa santista e do jabaquara, mauaense e sao bernardo, uniao mogi das cruzes e atletcoio mogi das cruzes. de março de 2106 voces nao atualizxram nehim jgo . fico no agarodo ede um aresposta urgente. um abraço sr. ferando.

    ResponderExcluir
  2. sr. fernando moxtr jogo s da 2 divisao 2106 da portuguesa santista jabaquara sao bernardo maunaense uniao mo ogi, atletico mogi e todoso os jogos do baercelona qaundoe lke jogar aqui na rua javari 2 divisao 2106. fico no aguardo de uma resoposta

    ResponderExcluir
  3. Muito bom seu site, entro nele quase que diariamente. Gosto bastante dos jogos de divisões inferiores. Parabéns pelo trabalho.

    ResponderExcluir
  4. Joguei no SC Paulista Caieiras em 2001, gostaria de conversar sobre o acervo de fotos.
    Poderia me retornar um email,
    ms.advconsult@hotmail.com

    Marcos Soares Marques

    ResponderExcluir