Procure no JP

terça-feira, 29 de março de 2016

Projeto 40 zera a Série A2 com vitória do Leão da 13 no Anacleto


O Projeto 40 ainda não foi concluído, só que a primeira parte dele se encerrou no sábado de aleluia no ABC. Ao marcar presença no confronto entre São Caetano e União Barbarense, colei a última figurinha do Campeonato Paulista da Série A2 no álbum, justamente o Leão da 13. Foi cansativo, mas o tetra, pelo menos na A2, já está garantido. No geral, ainda corro atrás de cinco equipes até o próximo final de semana.

O trajeto de Osasco até o Estádio Anacleto Campanella foi percorrido na correria, e felizmente ainda deu tempo de bater aquele almoço genial na padaria que fica em frente ao Lauro Gomes. Satisfeito com a alimentação natural, acompanhei a peleja indo atrás de qualquer sombra pois o calor, sempre ele, não deu trégua.


AD São Caetano - São Caetano do Sul/SP. Foto: Fernando Martinez.


União A Barbarense FC - Santa Bárbara D'Oeste/SP. Foto: Fernando Martinez.


Capitães dos times junto com o árbitro Ilbert Estevam da Silva e os assistentes Diogo Correia dos Santos e Fábio Banciella de Salles. Foto: Fernando Martinez.

O São Caetano era favoritíssimo para conquistar os três pontos no jogo por conta de uma série de fatores: com 33 pontos, o Azulão ocupava a liderança parcial após 16 rodadas realizadas e ainda não havia perdido no seu campo (seis triunfos e dois empates). Atuando contra o alvinegro, que mesmo no G8 havia vencido apenas um dos últimos sete compromissos, parecia que o resultado seria barbada.

É, só que o dia não foi bom para o escrete da Grande São Paulo. Na parte da manhã a equipe perdeu a liderança com a vitória do Bragantino contra o Velo Clube e dentro das quatro linhas o time do ABC fez sua pior apresentação como mandante e perdeu a invencibilidade no Anacleto em 2016.

Logo aos sete minutos os donos da casa ficaram em desvantagem no marcador com o belo gol do paraguaio Braian Samudio. Ele recebeu bom passe pelo meio e acertou um chutaço no canto de Renan Rocha. O forte ataque do São Caetano criou boas chances para empatar porém não foi capaz de converter essas oportunidades.


Jô mandando aquela matada de bola no ataque do Azulão. Foto: Fernando Martinez.


Cruzamento na área do Leão da 13. Foto: Fernando Martinez.


Escanteio a favor do time do ABC. Foto: Fernando Martinez.

Na segunda etapa a blitz local foi intensa até o apito final. O setor ofensivo do São Caetano obrigou o goleiro Murilo a fazer três defesas simplesmente sensacionais, impedindo que o grupo caetanista chegasse ao empate. Foi aquele famoso "ataque contra defesa" que todo mundo conhece.

O União jogava apenas se defendendo e apostando numa bola, aquela chance única para definir o marcador de uma vez. Essa chance apareceu aos 36 minutos, num rápido contra-ataque pela direita que terminou com a feliz conclusão de Felipe Pará e o segundo tento do onze visitante.


Outra tentativa de Jô e a sempre ligada zaga do União na sua cola. Foto: Fernando Martinez.


Atleta do União fazendo o desarme. Foto: Fernando Martinez.


Bruno, camisa 6 do time da casa, procurando um lugar confortável para se sentar. Foto: Fernando Martinez.

O resultado final de São Caetano 0-2 União Barbarense derrubou o Azulão para a terceira colocação, atrás de Bragantino e Mirassol, que também venceu na rodada. Já o Leão da 13 subiu para o sexto lugar com 27 e deu um importante passo para conquistar uma vaga nas quartas-de-final do certame. Faltam duas rodadas para a primeira fase acabar.

Encerrei as atividades no sábado de aleluia nessa peleja, e no domingo de Páscoa, ao invés de ficar quietinho na capital e não me aventurar a pegar a estrada na volta do feriado, armei outra mini-viagem em busca dos 100% de aproveitamento no Projeto 40.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário