Procure no JP

terça-feira, 22 de março de 2016

Paulista A2: Juventus mantém tabu e derrota o Taubaté na Javari


O Projeto 40 entrou no seu último quarto na tarde do último sábado. A sessão vespertina de futebol reservou um confronto tradicionalíssimo válido pela 15ª rodada do Campeonato Paulista da Série A2. No histórico gramado do Estádio Conde Rodolfo Crespi, o Juventus recebeu o Taubaté, time de número 31 a fazer parte da lista.

Os grenás começaram bem a disputa da A2. Nas cinco primeiras rodadas o time obteve três vitórias e somou um total de dez pontos. Só que a boa performance parou por aí, e nos nove jogos seguintes aconteceu apenas um triunfo - um magro 1x0 conta o fraco Marília - e quatro derrotas, num total de sete míseros pontos conquistados.

Já o Taubaté vem fazendo um papel bastante diferente. Atual campeão da A3, o Burro da Central era o terceiro colocado antes desse jogo e ostentava uma série de seis jogos vencidos nos últimos nove disputados. A torcida do Gigante do Vale marcou presença em peso na Javari e não esperava outro resultado senão a vitória.


CA Juventus - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


EC Taubaté - Taubaté/SP. Foto: Fernando Martinez.


Capitães dos times junto com o quarteto de arbitragem composto por Márcio Henrique de Gois, Wellington Bragantim Caetano, Marcelo Ferreira da Silva e Danilo da Silva. Foto: Fernando Martinez.

Essa foi a sexta vez que vi esse confronto na casa grená (a quinta na história do JP), e mais uma vez - assim como acontece desde 1962 - o onze paulistano não perdeu. O longo tabu foi mantido na base da disposição e da raça, numa tarde de calor, pra variar, na cidade de São Paulo.

Ficou claro que o Burro da Central tem mais time, só que isso não significa muita coisa quando as conclusões são ruins. Makanaki e Jorge Mauá criaram boas chances mas não foram capazes de tirarem o zero do placar. Além disso o goleiro André Dias mostrou serviço quando acionado.


Bola voando dentro da área juventina. Foto: Fernando Martinez.


Chute de longe a favor dos donos da casa. Foto: Fernando Martinez.


Escanteio para o time paulistano no tempo inicial. Foto: Fernando Martinez.

No tempo final o jogo ficou ainda melhor e vimos as duas equipes alternando momentos de perigo. Jorge Mauá criou o primeiro lance agudo a favor dos visitantes aos cinco. Aos dez, o juventino Adiel chutou na trave. Dois minutos depois, Derli subiu no terceiro andar e, com uma belíssima cabeçada, abriu o marcador após cobrança de escanteio.

O onze visitante passou a ocupar mais o setor defensivo local após sofrer o gol e a torcida da casa sofreu muito por causa dos seguidos ataques taubateanos. Entre um chute pra fora e uma conclusão neutralizada pela zaga, André Dias se transformou no nome da tarde. O camisa 1 fez um milagre aos 32 ao espalmar um chute de Rodrigo Soares pela linha de fundo. Depois desse lance, deu pra ver que a tarde não era mesmo do Taubaté.


Taubaté atacando pela direita no tempo final. Foto: Fernando Martinez.


Disputa de bola no ataque do Burro da Central. Foto: Fernando Martinez.


O Taubaté tentou, tentou, tentou, mas não conseguiu furar o bloqueio defensivo grená. Foto: Fernando Martinez.

O resultado final de Juventus 1-0 Taubaté espantou a zica pelos lados da Javari e deu uma esperança para que o Moleque Travesso se mantenha firme na A2 em 2017. Apesar do revés, o alviazul permaneceu no G8 e se mantém como um nome forte para terminar a fase inicial entre os oito melhores classificados.

Com dois jogos e três times a mais na rota do Projeto 40 voltei para casa para um merecido descanso. No domingo não teve futebol paulista na pauta, e sim um confronto genial em campo neutro. Um daqueles jogos que não tem como ficar de fora.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário