Procure no JP

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Guarani tira a invencibilidade do Batatais na Série A2


Ah, nada como um dia após o outro, ou melhor, como um jogo após o outro. Depois do péssimo futebol que vi em Guarulhos domingo cedo, a sessão vespertina de futebol foi sensacional. Peguei a estrada e fui até Campinas para o terceiro jogo oficial entre Guarani e Batatais depois final polêmica de 1949. O encontro foi válido pela sétima rodada da fase inicial do Campeonato Paulista da Série A2 e o palco foi, claro, o Estádio Brinco de Ouro da Princesa.

Estive presente no já clássico reencontro entre os dois na noite de 5 de abril de 2014. Naquela ocasião fiz uma matéria que explicou direitinho toda a polêmica. Em 2015 não consegui armar um esquema para ver o confronto na Cidade das andorinhas, mas agora deu tudo certo. Na contagem do Projeto 40, Bugre e Fantasma foram respectivamente os times 17 e 18 a entrarem na lista.


Guarani FC - Campinas/SP. Foto: Fernando Martinez.


Batatais FC - Batatais/SP. Foto: Fernando Martinez.


O árbitro Vinicius Gonçalves Araujo e os assistentes Orlando Coelho Junior e Patrick André Bardauil posam para a foto com os capitães do Bugre e do Fantasma. Foto: Fernando Martinez.

Na atual edição da A2 Guarani e Batatais estavam invictos antes desse jogo, só que o Bugre ainda não havia vencido como mandante. Não seria fácil quebrar essa escrita, ainda mais levando em conta o ótimo futebol mostrado pelo alvirrubro, que vinha de uma goleada maiúscula de 5x0 contra o Juventus.

Para evitar surpresas, o alviverde começou o jogo de forma avassaladora. A zaga batataense penou demais, demais mesmo, e não foi capaz de parar o poderoso ataque local. Tamanha pressão deu resultado aos doze minutos com o belíssimo gol de falta de Douglas Packer. Matheus pulou, mas não teve como fazer a defesa.

Inexplicavelmente o Guarani recuou depois de fazer 1x0. Isso fez com que o Batatais finalmente começasse a colocar as manguinhas de fora. Só que o problema do onze visitante foi um só: finalização. A equipe teve duas chances sensacionais para deixar tudo igual, mas pecou no toque final.


O alviverde campineiro fez quinze minutos iniciais espetaculares no Brinco. Foto: Fernando Martinez.


Brilhante cobrança de falta de Douglas Packer no primeiro gol do Guarani. Foto: Fernando Martinez.


Disputa de bola no campo de ataque local. Foto: Fernando Martinez.

No tempo final a partida recomeçou com o Batatais melhor em campo. Só que a zaga bugrina teve enorme sucesso e neutralizou todas as boas jogadas ofensivas do escrete alvirrubro. Além disso, e para matar qualquer chance de empate, o camisa 19 João Vittor fechou a fatura com o segundo gol local aos 34 minutos.


Domínio de bola em outra investida campineira. Foto: Fernando Martinez.


Ataque do Fantasma tentando assustar no tempo final. Foto: Fernando Martinez.


Boa defesa do goleiro batataense. Foto: Fernando Martinez.


Placar final no Brinco de Ouro. Foto: Fernando Martinez.

O placar final de Guarani 2-0 Batatais marcou a primeira vitória alviverde dentro de casa em 2016. Além disso, o time subiu para a sexta colocação com 13 pontos. O Fantasma perdeu pela primeira vez no certame e caiu para o terceiro lugar com 14 pontos. Como se não bastasse, não foi dessa vez que o time "devolveu" 1949.

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário