Procure no JP

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Copa São Paulo: No sufoco, CATS bate o XV com gol no fim


Por conta da tabela pessimamente confeccionada, o domingo da Copa São Paulo de Futebol Júnior teve 56 partidas, a maior parte delas marcadas para o mesmo horário. O negócio foi montado de uma forma tão porca que havia apenas uma opção para cobrir dois grupos na Grande São Paulo. Deixo aqui parabéns a todos os envolvidos por terem cometido a competição dessa forma.

Com tantas pelejas sendo realizadas ao mesmo tempo, decidi seguir para Taboão da Serra, sede do Grupo 18 da Copinha. Fazia tempo que não ia lá - desde 2013, num jogo do falecido Cotia FC contra o Tupã pela Segundona Paulista - e defini minha ida por conta da visita de um time genial, mas essa história deixo para o próximo post. Antes do prato principal, Taboão da Serra e XV de Piracicaba se enfrentaram abrindo os trabalhos da chave.


CA Taboão da Serra (sub-20) - Taboão da Serra/SP. Foto: Fernando Martinez.


EC XV de Novembro (sub-20) - Piracicaba/SP. Foto: Fernando Martinez.


Quarteto de arbitragem junto com os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.

Se no futebol profissional o Nhô Quim tem muito mais história e tradição do que o CATS, levando em conta apenas a Copa São Paulo, a situação é diferente. O alvinegro participa do certame pela 15ª vez em todos os tempos, e apenas em uma o time se classificou para a segunda fase, isso no longínquo 1990. Desde então, foram doze eliminações seguidas na fase inicial.

O CATS joga a competição pela 11ª vez, e a melhor campanha foi o quinto lugar de 2014. Além disso, o time já passou de fase quatro vezes. Esperando se classificar pela quinta vez, o onze taboanense queria fazer valer o fator campo, já que o Estádio Vereador José Feres recebeu um grande público para a estreia das duas agremiações.

Fui para essa partida junto com o Mílton, e enquanto ele foi tentar a sorte na apinhada arquibancada eu fui para o campo de jogo. Como aconteceu no sábado, o jogo foi apenas razoável. Jogando com um belo uniforme igualzinho do Bangu, o CATS não conseguiu transformar o enorme domínio territorial em gols.

A rigor, o time local teve somente duas grandes oportunidades para abrir o placar. A primeira aos 16 minutos em belo chute de Giba que bateu na trave direita. Depois aos 28, em bola que ficou pulando na área e que ninguém apareceu para concluir. O XV nada fez e se deu por satisfeito em levar o jogo empatado para o intervalo.


Bola sambando na pequena área do XV. Foto: Fernando Martinez.



Dois ataques do CATS pela esquerda no tempo inicial. Fotos: Fernando Martinez.

No tempo final o panorama foi o mesmo. O CATS quase marcou aos dez e aos treze minutos, porém em ambas o arqueiro piracicabano Felipe mostrou serviço. Falando em XV, aos 22 aconteceu a primeira e única oportunidade digna de registro do time visitante. Após escanteio da direita, Wágner subiu sozinho, mas cabeceou pra fora.

O tempo passava rápido e parecia que veria meu primeiro 0x0 no ano logo no terceiro jogo. Bruno Casão resolveu quebrar meu galho aos 41 minutos e, depois de grande jogada individual pela esquerda, invadiu a área e chutou no canto esquerdo de Felipe. Ufa!



A marcação do XV de Piracicaba trabalhou bem e neutralizou quase todas as ofensivas do CATS. Foto: Fernando Martinez.


Bruno Casão, aqui encoberto pelo camisa 2 do XV, no lance que originou o único gol da peleja. Foto: Fernando Martinez.

O placar de Taboão da Serra 1-0 XV de Piracicaba foi sofrido mas deu a primeira vitória para o CATS na Copinha 2016. Ao término da primeira fase, essa acabou sendo o único triunfo do time taboanese, e a classificação para a segunda fase aconteceu por conta do número de gols marcados. O Nhô Quim acabou eliminado como lanterna da chave.

Logo após o apito final os times do jogo de fundo já foram a campo para o confronto mais genial do dia/noite. Não dava pra perder a volta do Fast Clube aos gramados paulistas depois de 38 anos de ausência.

Até lá!

Fernando

Um comentário:

  1. DR. FERNANDO VAI MOSTRA OS JOGOS DA SERIEE NA2 2106 E A3 M2106 O40 TMES. ME DE UMA RESPOSTA E BOM ANO NOVO.

    ResponderExcluir