Procure no JP

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Bandeirante se garante na semi do Paulista sub-20


Depois da minha viagem ao Chile passei uma semana na base da "desintoxicação" sem fazer absolutamente nada trancado em casa. Voltei aos trabalhos futebolísticos nesse Brasil varonil num joguinho bastante legal válido pelo Campeonato Paulista Sub-20 da Segunda Divisão. Fazendo uma campanha digna depois de muito tempo, o genial Bandeirante de Birigui visitou o ECUS em peleja das quartas do torneio.

Apesar de ter feito uma campanha vexatória no profissional, o time suzanense vinha bem no sub-20. A equipe terminou a primeira fase da liderança do Grupo 4 com mais de 79% de aproveitamento e nas oitavas eliminou o Elosport. Mas no jogo de ida o Leão da Noroeste fez valer o mando de campo e venceu pela contagem mínima. No Francisco Marques Figueira, um triunfo simples colocaria o ECUS na semi.

Um monte de amigos me acompanhou nessa jornada, a maioria deles para colocar o BEC na Lista. Também, ficou difícil ver o time de perto depois do rebaixamento para a Segundona em 2010 (em quatro anos, a única visita à região aconteceu em 2014, em partida contra o CAD em São Bernardo do Campo). No JP, a última aparição da equipe havia sido em agosto de 2011 num confronto contra o Capivariano.


ECUS (Sub-20) - Suzano/SP. Foto: Fernando Martinez.


Bandeirante EC (Sub-20) - Birigui/SP. Foto: Fernando Martinez.


Capitães dos times e trio de arbitragem da partida. Foto: Fernando Martinez.

O clima estava ótimo para ver um joguinho de futebol, e o duelo ficou mais legal ainda por conta do colorido dos uniformes. O ECUS usando um tom de azul mais light e o BEC usando sua tradicional (e sensacional) combinação inspirada na seleção paulista. O Hino Nacional Brasileiro rolou e sem demora os atletas já estavam distribuídos em campo para o apito inicial.

Fui acompanhar o ataque local imaginando que ali se concentrariam as melhores chances de ataque. É, acabei me dando mal, pois o setor ofensivo suzanense não estava nos seus melhores dias e pouco criou. Para piorar a situação dos donos da casa, o Bandeirante ampliou sua vantagem no confronto com o gol de Octávio aos nove minutos. Agora o ECUS precisava virar o marcador para se classificar.

O Leão do Colorado se mandou para o ataque, só que as investidas eram feitas de forma desordenada e foram facilmente neutralizadas pela zaga do BEC. Aos 28 minutos, num bom contra-ataque, Matheus Lima foi derrubado na entrada da área. Giba bateu a falta de forma precisa e fez o segundo dos visitantes. A missão do ECUS ficava cada vez mais impossível.


Atleta do ECUS tentando se livrar da marcação. Foto: Fernando Martinez.


Chute de longe no ataque local. Foto: Fernando Martinez.


Ofensiva do ECUS pela esquerda. Foto: Fernando Martinez.


Comemoração do segundo gol do Bandeirante. Foto: Fernando Martinez.


O ECUS tentou, tentou, tentou, mas não conseguiu criar boas chances de gol. Foto: Fernando Martinez.

No tempo final o onze da Grande São Paulo tentou fazer aquele famoso abafa, mas podia estar em campo até agora que o gol não teria saído, tamanha a falta de pontaria dos seus jogadores. O Bandeirante, mesmo atuando com um jogador a menos (Gallo foi expulso aos treze minutos), jogou só na boa e conquistou a heroica classificação.

O placar final de ECUS 0-2 Bandeirante colocou o time de Birigui na semi do sub-20 da segunda divisão para enfrentar o Taboão da Serra, enquanto o outro jogo será entre Grêmio Prudente e Tanabi. Para finalizar, é impossível não parabenizar o BEC pela campanha que vem sendo realizada. Tomara que seja o início da ressurreição do time dentro do futebol paulista, pois uma equipe com tamanha tradição não pode ficar na última divisão estadual.




Três momentos do tempo final de ECUS x Bandeirante, que confirmou a ida do Leão da Noroeste para a semi do Sub-20. Foto: Fernando Martinez.

Com a peleja encerrada voltamos a campo para emplacar algumas jogadas de futebol americano, já que o amigo Bruno Lopes tinha comprado uma bola oval no caminho do estádio. Foram vários passes e muitos field goals antes de pegar o caminho de volta para a capital. Não antes, claro, sem parar numa barraquinha de lanches no centro da cidade, um dos locais com melhor custo-benefício para quem gosta de alimentação natural na Grande São Paulo.

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário