Procure no JP

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Portuguesa joga bem e goleia o Juventude em busca da classificação


Decisão. Essa foi a palavra que melhor definiu o confronto entre Portuguesa e Juventude na noite de segunda-feira, válido pela 15ª rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série C. Mesmo debaixo de uma chuva que durou todo o feriado de 7 de setembro, enfrentei a fria noite para acompanhar de perto a penúltima peleja - pelo menos nessa fase - do onze rubro-verde no Estádio Oswaldo Teixeira Duarte.

Atualizando a situação dos dois no certame, na rodada anterior a Lusa foi imensamente prejudicada jogando contra o Tupi em Juiz de Fora e saiu de campo derrotada pela contagem mínima. O Juventude goleou o Madureira e pulou para a quarta posição. O time gaúcho somava então 22 pontos conta 21 do time paulista antes desse confronto. Uma vitória lusitana colocaria a equipe novamente no G4 do Grupo B.


A Portuguesa de Desportos - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


Pela primeira vez, o Esporte Clube Juventude de Caxias do Sul aparece posado no JP. Foto: Fernando Martinez.


Capitães dos times junto com o árbitro Johnn Herbert Bispo e o assistentes Elicarlos Franco de Oliveira, ambos baianos, e os paulistas Leandro Matos Feitosa e Leandro Bizzio Marinho. Foto: Fernando Martinez.

Essa foi a quinta partida que vi da Portuguesa nessa Série C e posso dizer seguramente que foi a melhor de todas elas. Foi a noite perfeita para devolver os 3x2 no jogo do turno e também para chegar mais perto no número de vitórias da história do confronto: antes desse duelo, o Juventude "vencia" a disputa por sete a cinco.

Sem deixar o escrete gaúcho respirar, a Portuguesa abriu o marcador logo aos cinco minutos com o maior nome do elenco nesse campeonato. A zaga visitante deu um vacilo monstro e a pelota sobrou para Guilherme Queiroz. O camisa 7 não desperdiçou e chutou para fazer seu 11º gol na competição, gol que o deixou na liderança da tábua de artilheiros junto com Leandrão, ex-Brasil e hoje no Vasco da Gama.

Nos minutos seguintes a Lusa continuou jogando bem, sem dar chances para o Juventude. Aos 27, por muito pouco a equipe não ampliou em lance aonde o goleiro visitante Elias teve ótima participação. Pena para a torcida local que aos 32 o time gaúcho deixou tudo igual na sua primeira chegada real de perigo. Hélder cruzou da direita e Zulu cabeceou firme no canto. O primeiro tempo acabou com o empate por um gol.


Zaga da Portuguesa protegendo a pelota. Foto: Fernando Martinez.


Jogadores aguardando cobrança de escanteio dentro da área local. Foto: Fernando Martinez.


Lance no campo defensivo lusitano. Foto: Fernando Martinez.


Saída para o ataque da Portuguesa. Foto: Fernando Martinez.

No segundo, a partida voltou mais equilibrada por poucos minutos, mas não demorou para a Lusa passar de novo à frente. Renan aproveitou buraco na defesa e chutou firme para marcar o segundo aos sete. Vendo que a peleja estava ficando complicada, o técnico Antônio Carlos Zago fez várias alterações na equipe do Sul em busca de melhor sorte.

Mesmo não jogando bem, aos 29 minutos nova igualdade aconteceu. O camisa 11 Kelvy recebeu passe na entrada da área, e marcado por três defensores paulistas, ele conseguiu chutar no canto direito de Anderson. Um vacilo que por pouco não custa caro para a Portuguesa. Na tribuna de imprensa a certeza era uma só: que jogaço!

Não acontece sempre, mas de vez em quando a sorte está do lado da Associação Portuguesa de Desportos. Ainda atuando de forma mais centrada e com mais objetividade, o time voltou a ter vantagem no placar quando Hugo fez o terceiro aos 38 minutos. Na desesperada busca pela nova igualdade, o Juventude se abriu todo e num contra-ataque ligeiro aos 45, Willen completou a grande vitória lusitana numa partida simplesmente eletrizante.


Lance no meio de campo já no tempo final. Foto: Fernando Martinez.


Zaga paulistana cortando cruzamento. Foto: Fernando Martinez.


Bola levantada na área do Juventude. Foto: Fernando Martinez.


Boa saída de Anderson. Foto: Fernando Martinez.

O Portuguesa 4-2 Juventude recolocou o onze paulista no G4 da sua chave, agora com 24 pontos ganhos e faltando três partidas para o final da primeira fase. O time visita Guarani e Caxias e recebe o Tombense na última rodada. Sete pontos classificaram a equipe sem depender dos resultados do Periquito. Os gaúchos recebem Tupi e Guará, visitam o Tombense e torcem contra a Lusa. É, amigos... com certeza virão dias mais emocionantes por aí.

Até a próxima!

Fernando

Um comentário:

  1. sr. Fernando parabéns pelos jogos que vocês estão fazendo copa paulista, futebol feminino, serie d seriec e 2 divisão. gostaria de pedir para vocês domingo ou sábado fazarem o jogo taboao0 da serrae grêmio prudente em santos ulrico mursa, fazer o jogo do Jabaquara e assissesse de assis quando o asssisensne for jogar em santos no 2 turno. gostaria de ver esses 2 times e fotos nos jogos perdidos 2015 e também o tme do olimpia e do internancion al de bebedouro que vem jogar com são bernardo. fico no aguardo de uma resposta. um abraço sr. fermnando.

    ResponderExcluir