Procure no JP

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Brasil campeão do Torneio Internacional feminino sub17 na Javari


Um dos campeonatos mais "perdidos" dos últimos tempos, o Torneio Internacional Cidade de São Paulo sub17, teve a sua rodada final realizada na tarde da última segunda-feira. Rodada que contou com a grande decisão e também com a sempre legal decisão de terceiro lugar. O Estádio Conde Rodolfo Crespi teve como primeiro jogo o confronto entre a Venezuela, atual campeã sul-americana da categoria, e o Chile.

Na primeira fase do genial torneio, as chilenas já haviam derrotado suas rivais nessa decisão de terceiro lugar, mas depois perderam para Brasil e Paraguai. As venezuelanas terminaram a fase com 0% de aproveitamento e sem fazer nenhum gol. Essa campanha ruim foi uma surpresa, já que elas foram campeãs do sul-americano em 2013 com uma performance inesquecível de seis vitórias e apenas um empate. O título veio com um sensacional 7x1 em cima do Paraguai, que jogava em casa.

E foram as chilenas que fizeram o primeiro logo no primeiro ataque com a camisa 10 Javiera Grez. Yerlanis, camisa 22 da Venezuela, fez o primeiro gol da sua seleção no certame aos 27 minutos em cobrança de pênalti. Antes do primeiro tempo terminar, Muriel colocou novamente o Chile em vantagem aos 39 minutos.



Dois lances da decisão de terceiro lugar do Torneio Internacional Cidade de São Paulo sub17 entre Chile e Venezuela. Fotos: Fernando Martinez.

No tempo final o jogo foi aberto e com boas chances de gol para os dois lados, mas as atacantes não estavam tão inspiradas assim e o marcador do tempo inicial se confirmou: Chile 2-1 Venezuela. As chilenas, que até hoje tiveram como melhor campanha no sul-americano da categoria o vice de 2010, ficaram em terceiro e as meninas que representaram a Federación Venezolana de Fútbol terminaram em último com quatro derrotas em quatro jogos.

No jogo de fundo aconteceu a grande decisão entre Brasil e Paraguai. Na primeira fase as paraguaias fizeram 3x1 nas garotas tupiniquins e não há como negar que o favoritismo era da seleção guarani por conta das boas atuações e também pelos 100% de aproveitamento.




Seleção brasileira, paraguaia e a foto oficial do quarteto de arbitragem da grande decisão. Fotos: Fernando Martinez.

Só que a goleira Natasha Martínez resolveu dar uma forcinha para o time verde e amarelo e falhou clamorosamente aos dois minutos de jogo. A bola foi cruzada na área e na tentativa de fazer a fácil defesa, ela soltou a pelota nos pés da camisa 10 Ana Vitória. Com o gol aberto, ela só teve o trabalho de tocar e sair para comemorar.

Depois de fazer 1x0 o Brasil não chegou mais com perigo até o apito final. Isso mesmo, o time da casa não conseguiu criar uma chance clara de gol durante todo o tempo. O Paraguai não se abateu com o tento sofrido e mandou no jogo. No último lance do tempo inicial o empate aconteceu com a camisa 8 Fanny Godoy.

No segundo o jogo foi ríspido e com algumas jogadas violentas, algo bem difícil de acontecer quando falamos de futebol feminino. Embora mais perigosas e com mais qualidade nos pés, as paraguaias não conseguiram virar a peleja e ao final dos 80 minutos, o título acabou sendo decidido na marca de cal.


Exato momento em que a goleira Natasha Martínez soltou a pelota no lance do primeiro gol do Brasil. Foto: Fernando Martinez.


Comemoração tupiniquim pelo gol de abertura. Foto: Fernando Martinez.


Paloma lançando a bola na área paraguaia. Foto: Fernando Martinez.


Escanteio para as donas da casa. Foto: Fernando Martinez.



Enquanto a brasileira marcou, a atleta do Paraguai mandou a bola longe do gol. Fotos: Fernando Martinez.


Gol que deu o título ao Brasil. Foto: Fernando Martinez.

As brasileiras foram mais precisas nas cobranças e marcaram três vezes nas quatro cobranças. As adversárias fizeram apenas um e desperdiçaram outros três. No fim, o Brasil 1 (3) - 1 (1) Paraguai deu o título do Torneio Internacional Cidade de São Paulo sub17 para a seleção verde e amarelo.

A comemoração das meninas no gramado da Rua Javari foi enorme, pois o título foi conquistado jogando contra uma seleção paraguaia que foi melhor durante todo o certame (o time terminou a competição invicto, com a artilheira, o melhor ataque e a melhor defesa). Independente disso, todo o grupo merece os parabéns por essa conquista importantíssima.

A festa que distribuiu medalhas e os troféus para as três primeiras colocadas aconteceu com a casa juventina já praticamente no escuro, mas poucos arredaram o pé dali. Título é título, e o estádio estava com um belo público na hora que finalmente a capitã Farinon levantou a taça.


Chilenas levantando a taça pela terceira colocação na competição. Foto: Fernando Martinez.


Capitã paraguaia levantantando a taça pelo vice-campeonato. Foto: Fernando Martinez.


As meninas sub17 do Brasil comemorando no pódio com a taça de campeão. Foto: Fernando Martinez.


Todo o elenco e a comissão técnica com a taça do título no gramado da Javari. Foto: Fernando Martinez.

Como já disse no post anterior, é sensacional ter um torneio desse aqui "perto de casa". Torço para que cada vez mais torneios assim sejam realizados por essas bandas. Para coroar a belíssima tarde, fui junto com os amigos que marcaram presença por lá bater aquela famosa xepa na esfiharia da região. Futebol de novo, só no final de semana.

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário