Procure no JP

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Bernô faz três no CATS e vira líder na Segunda Divisão

Fala, pessoal!

A única partida que acompanhei nessa final de semana foi realizada na sexta-feira, em mais uma sessão noturna do Campeonato Paulista da Segunda Divisão no Baetão. Na sua terceira apresentação em casa, o São Bernardo recebeu o Taboão da Serra num duelo de invictos no Grupo 3.

Esperava bastante desse jogo, parte pela ótima campanha do Bernô - a melhor nesse século - e parte pela presença certa do veterano Fabrício Carvalho no comando do ataque do CATS. O que eu não esperava era que Viola, sem dúvida o maior destaque da Segundona 2015, também estivesse presente nesse jogo, já que a promessa era que ele atuaria apenas nos jogos em casa.

E qual não foi minha surpresa quando vi o campeão mundial de 1994 subir ao gramado junto com seus companheiros de time. Genial ver de perto o autor do famoso gol que levou o Corinthians a conquistar o Paulistão 88, o primeiro que eu comemorei de verdade. 27 anos depois, confesso que é um tanto quanto marcante fazer uma foto posada com a presença dele para o JP.


EC São Bernardo - São Bernardo do Campo/SP. Foto: Fernando Martinez.


CA Taboão da Serra - Taboão da Serra/SP. Foto: Fernando Martinez.


Rafael Emilio Acerra, Edivaldo Pereira da Silva, Luiz Paulo Domenich e Luiz Fernando de Souza junto com os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.


A dupla de ataque do CATS para 2015: Viola e Fabrício Carvalho. Foto: Fernando Martinez.

Arquivo confidencial à parte, o jogo foi bom, muito bom, com certeza o melhor que vi até agora na competição. O São Bernardo, jogando de tricolor pela primeira vez no ano, mostrou franca evolução e animou muito todos os que foram acompanhar a peleja. Mais uma vez muitos amigos marcaram presença nos embalos de sexta à noite.

O Bernô foi superior ao CATS durante todo o tempo inicial, criando uma série de oportunidades para abrir o marcador. A equipe chegou a fazer seu gol logo no começo, mas o assistente número 1 anulou marcando impedimento. Na sequência, Viola chegou perto de fazer seu quarto gol na competição desperdiçando lance cara-a-cara com o arqueiro local.

Daí pra frente o domínio local se intensificou, porém o placar ficou no zero por conta das falhas no último toque. Na saída aquela presença de vários repórteres tentando entrevistas com o camisa 9 visitante, algo que será comum durante toda a campanha do Taboão da Serra em 2015.


Jogada na linha de fundo. Foto: Fernando Martinez.


Zaga do CATS tirando a bola da sua área. Foto: Fernando Martinez.


Início de ofensiva do Bernô. Foto: Fernando Martinez.

Já no segundo tempo, vimos 45 minutos de gala do São Bernardo. A zaga taboanense ficou perdidinha com os rápidos atacantes do time do ABC e não viu a cor da bola. O escrete da casa abriu o marcador aos 6 minutos com Marco Antônio aproveitando grande confusão dentro da área.

Brenno salvou o CATS com uma defesa genial num chute à queima-roupa na sequência. Kifous ampilou aos 18 com uma cabeçada de puro oportunismo. Três minutos depois o zagueiro Gustavo foi expulso e minou qualquer possível reação dos visitantes, que tiveram Viola criando, pra variar, a única oportunidade da sua equipe no segundo tempo.

Estava fácil, e aos 42 Ademar deu números finais à partida com o terceiro gol do alvinegro. O placar categórico de São Bernardo 3-0 Taboão da Serra deixou a equipe na liderança depois da quinta rodada, já que a ex-líder Briosa foi derrotada pelo União Suzano na tarde do sábado. O CATS caiu para a sexta colocação com seis pontos. Melhor começo de campeonato para o Bernô impossível.


Disputa de bola no campo de defesa visitante. Foto: Fernando Martinez.


Cobrança de falta para o onze local. Foto: Fernando Martinez.


O segundo tempo foi todo do São Bernardo. Foto: Fernando Martinez.


Atletas comemorando um dos três gols do time do ABC. Foto: Fernando Martinez.

O pós-jogo contou com um papo muito legal com o amigo Gigio Sareto, firme e forte no comando do alvinegro. Ao que tudo indica, o futuro parece ser promissor por lá. Dali segui na companhia de toda a rapaziada de volta para a capital paulista. Sábado e domingo acabei ficando na boa, mas o Orlando viu de perto o acesso grená na A3.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário