Procure no JP

terça-feira, 21 de abril de 2015

Guarulhos e USAC ficam no zero na estreia de ambos na Segundona

Opa,

O segundo compromisso do JP na rodada inicial do Campeonato Paulista da Segunda Divisão foi numa partida de velhos conhecidos do blog em mais um duelo tradicionalíssimo das divisões de acesso do estado. Os geniais Guarulhos e União Suzano, dois times que figuram entre os preferidos da casa, jogaram no Estádio Antônio Soares de Oliveira pelo Grupo 3 do torneio.

Os dois clubes são velhos conhecidos e já jogaram 22 vezes em todos os tempos (sem contar os confrontos com o Paulista e contando o tempo em que o ADG se chamava Vila das Palmeiras). O onze guarulhense tem ampla vantagem com onze vitórias e apenas seis derrotas, 35 gols marcados e apenas 18 sofridos. No extenso arquivo do blog, estivemos em quatro desses duelos, em 2006, 2007, 2008 e 2014.

Apesar de tanta história, podemos dizer que os dois nunca foram capazes de emplacar campanhas memoráveis através dos tempos. A última boa performance guarulhense foi no longínquo 1999, quando chegou em quarto lugar na Série B1. Contando apenas a Segundona criada em 2005, o time se classificou só em quatro das onze edições, e em todas parou na segunda fase.

O USAC realizou campanhas sensacionais em 1989, 1990 e 1991... e só. De meados dos anos 90 até hoje, a maioria das temporadas teve uma performance assombrosa. Menos mal que nas duas últimas temporadas a equipe passou da fase inicial. No ano passado a classificação aconteceu meio de susto por causa da desistência do Taquaritinga, mas em 2013 a campanha foi ótima, e o onze suzanense terminou o certame na 12º colocação.

Voltando ao presente, o Guarulhos quer afastar esse retrospecto ruim e trouxe muitos dos jogadores que vestiram a camisa do União Mogi em 2014, time que chegou na terceira fase, sendo eliminado pelo campeão Nacional. O técnico é o ex-lateral do São Paulo Nelsinho Kerchner. Ja sobre o União do técnico Xaxá, uma grande incógnita.


AD Guarulhos - Guarulhos/SP. Foto: Fernando Martinez.


União Suzano AC - Suzano/SP. Foto: Fernando Martinez.


Quarteto de arbitragem com o árbitro Jose Luiz Aparecido Miranda, os assistentes Alexandre de Oliveira e Marcela de Almeida Silva e o quarto árbitro Luiz Fernando de Souza posam para o JP junto com os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.

A caravana que seguiu até a cidade da Grande São Paulo foi menor do que a da sexta, mas mesmo assim foi importante. Eu e os amigos Colucci, Ricardo Pucci, Bruno e Rodrigo Leite seguimos caminho numa van pilotada com muita emoção na base dos 110, 120, 160 quilômetros por hora. Tanto que o trajeto foi percorrido num tempo quinze minutos menor do que o normal.

Já no campo do Flamengo, encontrei o executivo Raul, o Mário, abnegado atibaiense, e o Francisco, amigo responsável pela manutenção da história do futebol local e também pela compilação de informações sobre os times da cidade. Um trabalho sensacional e que merece todos os parabéns. Com as devidas autorizações, permaneci no gramado para a partida.

O primeiro tempo foi disputado sob um inesperado e forte calor. O Guarulhos tomou as rédeas da peleja e foi logo colocando as manguinhas de fora. A equipe apostou em chutes de longe e em algumas jogadas pelas laterais, mas a falta de entrosamento era evidente.

Jogando na defesa e buscando contra-ataques, o USAC acabou criando a melhor chance do tempo inicial aos 15 minutos, num chute de Renan na pequena área. O goleiro Paulo Castanho fez uma incrível defesa e impediu que o time suzanense abrisse o marcador. Esse lance serviu como estímulo para o ADG ser mais incisivo.

Os locais chegaram muito perto do gol defendido por Rafael. Perto do fim da primeira etapa o time ainda marcou duas vezes, mas ambos os lances foram anulados pela assistente Marcela de Almeida Silva, os dois em impedimento. Melhor em campo e com mais chances criadas, o Guarulhos não conseguiu fazer um gol que realmente valesse e o jogo chegou ao intervalo ainda em branco.


Disputa de bola na lateral. Foto: Fernando Martinez.


Rafael subindo no terceiro andar para desviar a pelota. Foto: Fernando Martinez.


Início de ataque suzanense. Foto: Fernando Martinez.

No tempo final desisti de ficar no sol e fui conversar um pouco com os amigos na arquibancada e dali vi o jogo cair bastante de produção. O cansaço tomou conta dos dois times e aquele monte de oportunidades do tempo inicial ficou apenas no passado.

O USAC não se aventurou mais no ataque e o Guarulhos teve uma atuação mais tímida. Mesmo assim a equipe chegou bem perto de abrir o placar em duas oportunidades. O camisa 7 Vinícius acertou um belo chute na trave e o avante Roberto fez o goleiro suzanense Rafael trabalhar em outra grande finalização.


O Guarulhos foi melhor no tempo final, mas não foi capaz de abrir o marcador. Foto: Fernando Martinez.


Zaga do USAC cortando cruzamento na área. Foto: Fernando Martinez.


Falta para o União. Foto: Fernando Martinez.


Bola sendo alçada na área do time visitante. Foto: Fernando Martinez.


Nos últimos minutos o Guarulhos fez uma blitz para tentar fazer seu gol... sem sucesso. Foto: Fernando Martinez.

Pena que no fim tenhamos visto o primeiro placar sem gols da Segundona 2015 e o primeiro entre os dois clubes desde 1992: Guarulhos 0-0 União Suzano. Não foi a estreia dos sonhos para nenhuma das duas agremiações, mas pelo menos nenhuma das duas foi derrotada. Na próxima rodada o USAC recebe o Jabaquara enquanto o ADG visita a Portuguesa Santista.

A volta pra casa foi na boa, como sempre, e no restante do sábado virei a chavinha para começar a curtir os playoffs da NBA, algo obrigatório para quem gosta de basquete. O futebol voltou à tona no domingo cedo, com a partida mais sensacional e aguardada da primeira rodada da Segundona.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário