Procure no JP

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Duelo de Galos na Rua Javari com vitória limeirense na A2

Fala, pessoal!

Na tarde do domingo fechamos nossa cobertura do primeiro final de semana nas divisões de acesso com nossa terceira peleja em dois dias, a terceira em campo neutro. Independente de Limeira e Paulista de Jundiaí estrearam no Campeonato Paulista da Série A2 jogando no Estádio Conde Rodolfo Crespi.

Depois de longos 22 anos o Galo de Limeira finalmente voltou a fazer parte da segunda divisão estadual. De 1974 até 1993 foram dezoito participações, a melhor delas na Intermediária de 1991, quando terminou a competição em terceiro lugar. Ah, e vale lembrar que essa é a primeira vez na história que o Independente fica uma divisão acima do que seu maior rival, a Internacional.


Independente FC - Limeira/SP. Foto: Fernando Martinez.

O Paulista também voltou para a A2, só que o motivo é outro: a fraca campanha na A1 do ano passado. A equipe jundiaiense ficou doze anos seguidos jogando na "elite" do estadual e viveu de 2004 até 2007 seu melhor período na história: o time foi vice-campeão paulista, campeão da Copa Brasil, jogou a Libertadores e só não disputou a Série A do nacional no saldo de gols.


Paulista FC - Jundiaí/SP. Foto: Fernando Martinez.

Esse jogo no domingo foi o primeiro entre os dois Galos pelo estadual em 21 anos. As equipes se enfrentaram doze vezes de 1989 até 1994 (esse ano na A3) com amplo domínio alvinegro. O Independente venceu cinco jogos, aconteceram seis empates e o Paulista ganhou apenas uma única vez. O histórico mostra jogos com poucos gols, apenas quinze.


Capitães dos times com o árbitro Paulo Sergio dos Santos e os assistentes Ricardo Pavanelli Lanutto e Osvaldo Apipe de Medeiros Filho. Foto: Fernando Martinez.

Por ser um jogo em campo neutro não esperava a presença maciça da torcida, mas o pessoal dos dois clubes foi até a casa juventina em peso. 380 pessoas pagaram ingresso e viram um jogo bastante movimentado. O Galo da Japi teve a primeira chance de perigo num chute longo de Fábio Gomes.


Atletas apostando corrida no gramado da Javari. Foto: Fernando Martinez.

Pouco tempo depois, mais precisamente aos 17 minutos, saiu o gol do Independente. A defesa do Paulista vacilou e a bola foi tocada para Alemão, sozinho na direita, avançar e chutar forte para abrir o placar. O 1x0 animou o time de Limeira e por pouco o segundo não saiu nos minutos seguintes.


Zagueiro limeirense dominando a bola. Foto: Fernando Martinez.


Camisa 19 do Independente pegando jogador do Paulista pelo cangote. Foto: Fernando Martinez.

O onze jundiaiense não conseguiu mais emplacar bons ataques e o jogo chegou ao final do tempo inicial ainda em 1x0. No segundo a história foi diferente e o tricolor ocupou o campo defensivo do time "local". Marcelo Bonan acabou se tornando o nome do jogo após evitar o empate pelo menos em dois lances agudos dentro da área.


Malabarismo no meio-campo. Foto: Fernando Martinez.


Lance na lateral do campo. Foto: Fernando Martinez.

Com o passar do tempo o ímpeto do Paulista foi enfraquecendo, enfraquecendo, enfraquecendo... O segundo tempo poderia ter durado uns 200 minutos que o gol não sairia. No fim, foi confirmado o placar do tempo inicial: Independente 1-0 Paulista.


Atacante do Independente encarando a marcação do zagueiro do Paulista. Foto: Fernando Martinez.


O Paulista tentou, mas não conseguiu chegar ao empate. Foto: Fernando Martinez.

Com o triunfo, o time de Limeira começou a A2 com o pé direito e agora soma onze jogos de invencibilidade contra o Galo do Japi. A última (e única) vitória jundiaiense aconteceu em 7 de setembro de 1989. Em relação à situação no campeonato atual, ainda não dá pra fazer nenhuma avaliação mais completa.

Enfim, saí da Javari e dessa vez não teve como rolar aquele famoso pós-jogo com os amigos presentes. Voltei correndo rpa casa para não perder nenhum detalhe do Superbowl 49. Isso mesmo, adoro futebol, mas dá pra curtir a NFL sem nenhum problema...

Até a próxima!

Fernando

2 comentários:

  1. Boa noite, equipe do Jogos Perdidos, muito legal o trabalho de vocês.
    Apenas uma retificação de que os confrontos que vocês citaram são aqueles válidos exclusivamente pelo Campeonato Paulista. No ano passado, por exemplo, as duas equipes dividiram o mesmo grupo da Copa Paulista, se enfrentando em duas oportunidades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, Lucas, mencionei apenas jogos do Paulistão. Esqueci de citar isso no post mas já foi incluído agora. Grande abraço!

      Excluir