Procure no JP

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Azulão vence bem o Batatais no Anacleto Campanella

Opa,

Os anos de 2013 e 2014 foram trágicos para o São Caetano. Nos quatro principais campeonatos disputados pelo clube, a torcida amargou três rebaixamentos, um no paulistão e dois no nacional, e uma quase-queda no Campeonato Paulista da Série A2 do ano passado. Quando ninguém esperava algo de bom pelos lados do ABC, os últimos meses foram um alento.

A equipe foi semi-finalista do Paulista sub20 e chegou até as quartas-de-final na Copinha, mostrando que o futuro do Azulão pode ser interessante. Seguindo nesse bom astral, o time começou a A2 tendo como maior trunfo o retorno do técnico Luiz Carlos Martins, o eterno "Rei do Acesso" no seu banco de reservas. Nos dois primeiros jogos do certame, um empate contra o Sorocaba e uma boa vitória jogando no interior contra o Velo.


AD São Caetano - São Caetano do Sul/SP. Foto: Fernando Martinez.

Resolvi ir até o Estádio Anacleto Campanella no último domingo para ver o terceiro compromisso do time azul, dessa vez enfrentando o sempre legal Batatais FC. Vale lembrar também que comecei o "Projeto 40" pela terceira temporada seguida. O projeto nada mais é do que ver in loco pelo menos um jogo de cada time que faz parte das séries A2 e A3. Com os dois desse jogo, alcancei oito equipe já vistas. Não será nada fácil fechar todos, mas a programação já está toda no papel.


Batatais FC - Batatais/SP. Foto: Fernando Martinez.

Fui para a cidade da Grande São Paulo na base da correria e só consegui as fotos posadas por conta de um combo-sorte no metrô e na CPTM. Entrei em campo no mesmo momento que a equipe alvirrubra subia as escadas para o gramado. Equipe alvirrubra aliás que está com uma belíssima camisa, apenas com escudo, um único patrocínio e sem frescuras. Ponto para o Batatais.


Trio de arbitragem composto comandado por Marcelo Aparecido de Souza e com os assistentes Marco Antônio da Silva e Orlando Massola Junior posam de forma exclusiva para o JP junto com os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.

E os visitantes até começaram bem o confronto. O goleiro Saulo foi obrigado a fazer grande defesa em chute de longe nos primeiros minutos, mas essa acabou se tornando a maior chance criada pela agremiação batataense.


Atletas observando atentamente disputa de bola pelo alto dentro da área do Batatais. Foto: Fernando Martinez.


Lateral do Fantasma roubando a bola. Foto: Fernando Martinez.

O Azulão aos poucos foi se soltando e por volta dos 20 minutos passou a ter mais posse de bola. Isso não significou um aumento do número de chances de gol, já que a pelota nem chegou perto do goleiro Eduardo Alves. Assim, o tempo inicial terminou com o placar sem gols.


Boa saída do goleiro Eduardo Alves. Foto: Fernando Martinez.


Ângelo, camisa 2 do Azulão, atacando pela direita. Foto: Fernando Martinez.

Luiz Carlos Martins arrumou a casa nos vestiários e o São Caetano voltou outro para o tempo final. Mais perigoso no ataque e muito mais mortal. Aos oito minutos Esley abriu o placar com um belíssimo chute de fora da área. Aos 16, Róbson, camisa 9 do Azulão, aproveitou um vacilo da zaga do Batatais e fez o segundo.


Xuxa levantando a bola para a área. Foto: Fernando Martinez.


Batatais tentando diminuir o prejuízo no tempo final. Foto: Fernando Martinez.

De forma desordenada o Fantasma tentou diminuir, mas a inspiração ofensiva era quase nula. O Azulão foi levando o jogo na boa e nos contra-ataques perdeu a oportunidade de aplicar uma goleada no seu adversário. O camisa 10 Xuxa perdeu duas oportunidades claríssimas para ampliar.


Comemoração no segundo gol do São Caetano. Foto: Fernando Martinez.


Luciano Gigante atacando dentro da área local. Foto: Fernando Martinez.

No finalzinho do jogo ele se redimiu e fechou o marcador para os donos da casa (num contra-ataque fatal) aos 42 minutos. O placar de São Caetano 3-0 Batatais colocou o time do ABC Paulista no G4 da Série A2 com sete pontos em nove disputados. Além disso, a equipe ainda não sofreu gols.

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário