Procure no JP

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

JP Country Tour 2015 – Parte I: A abertura da temporada 2015

Salve amigos!!

De volta ao trabalho após um réveillon muito bem curtido ao lado de minha namorada Bruna Amaral, nas insuportavelmente lotadas areias de Copacabana. Mal tive tempo de me curar da ressaca e colocamos o pé na estrada logo no dia 2. Deixamos a Cidade Maravilhosa com destino à Cidade dos Indaiás, também conhecida como Indaiatuba.

Após uma estratégica parada em Aparecida, para agradecer pelo ano que se foi e pedir pelo ano que se inicia (além de reabastecer as energias numa providencial loja de grande rede de fast-foods instalada no Santuário), chegamos a nosso destino e nos instalamos numa (bem) simplória pousada local. Sim, porque, apesar da bela cidade estar localizada a apenas 90 km da capital bandeirante, eu não quis arriscar dormir em meu QG paulistano depois da longa viagem, vez que a partida que a motivou se iniciaria no dia seguinte, sábado, às 9h da madrugada.


Santuário de Nossa Senhora Aparecida, Aparecida/SP: hora de agradecer o sucesso dos 10 anos de JP e pedir força, saúde, energia e proteção em nossos caminhos em mais um ano que se inicia! Foto: Estevan Azevedo.

A melhor notícia foi descobrir que a pousada ficava a caminháveis 500 metros da cancha. Depois de tomar café da manhã (em pé) na famigerada pousada, rumamos ao Estádio Ítalo Mário Limongi, acompanhar o duelo entre a equipe da casa, o E.C. Primavera e o Araguaína F. e R., de Tocantins. Válida pelo grupo O da 46ª Copa São Paulo de Futebol Júnior, a partida foi a primeira disputada pelo torneio, e o Jogos Perdidos não poderia ficar de fora.


A simpática fachada do Estádio Ítalo Mário Limongi, em Indaiatuba. Foto: Estevan Azevedo.

Infelizmente, nenhum grande cerimonial marcou o evento. Infelizmente também, por conta de mudanças na política de credenciamento junto à FPF, ficaremos sem fazer as tradicionais fotos das equipes e da arbitragem, salvo raras exceções. Os procedimentos “burrocráticos” para sanar os problemas estão sendo tomados e esperamos poder voltar a contribuir em breve com as esperadas fotos. Como registro meramente histórico, o instantâneo do clube tocantinense foi improvisado.


Araguaína de Tocantins registrado das arquibancadas. Foto: Estevan Azevedo.

Como as poucas cadeiras cobertas estavam tomadas, sentamo-nos nas descobertas mesmo, e começamos a sentir na pele uma amostra do que enfrentaríamos pelos próximos 10 dias de nossa Country Tour. O sol não teve preguiça nenhuma em despertar, e não aliviou nem nas primeiras horas da manhã.


Visão panorâmica da cancha, momentos antes do início da partida em foco. Foto: Estevan Azevedo.


Detalhe do bom público que compareceu à rodada inaugural da “Copinha”. Foto: Estevan Azevedo.

Diante do surpreendentemente ótimo público presente, o Fantasma da Ituana tentou conseguir o domínio do jogo, mas após sucessivos erros crassos nas trocas de passe e nas exíguas finalizações, permitiu que os visitantes se sentissem a vontade e abrissem o placar, aos 14 minutos, com Thiago, que marcou não só o primeiro gol da Copinha e da temporada JP, como da temporada brasileira em 2015, se não considerarmos os campeonatos de 2015 já iniciados em 2014.


Vitor Matheus (10) conduz a pelota observado de perto por seu marcador. Foto: Estevan Azevedo.


Ataque do Primavera na primeira etapa. Foto: Estevan Azevedo.

Aos 22 minutos, Matheus Barros ampliou a vantagem visitante, numa cobrança de falta perfeita. Com os 2 a 0, o Tourão do Norte se postou na defesa, passando a investir em contra-ataques e lances de bola parada. Sem criatividade alguma, o Tricolor de Indaiatuba chegava muito pouco ao gol adversário, pecando constantemente nas finalizações, e desperdiçando uma infinidade de escanteios pessimamente cobrados.


Detalhe do segundo gol tocantinense. Foto: Estevan Azevedo.


Lance da primeira etapa. Foto: Estevan Azevedo.

Logo no início da segunda etapa Matheus Mariano arriscou da intermediária e diminuiu para o Primavera, que voltara elétrico, e ainda criou diversas chances de empatar. O Araguaína tentava conter o ímpeto tricolor simulando diversas contusões, e deixando o relógio correr.


Maurício, goleiro do Araguaína, ajudou a segurar a vitória da equipe. Foto: Estevan Azevedo.


Lance da segunda etapa. Foto: Estevan Azevedo.

Numa partida de péssimo nível técnico, disputada sob um forte calor, os anfitriões não conseguiram mais nada e acabaram mesmo derrotados em sua estreia. Fim de jogo, Primavera 1x2 Araguaína.



Apesar da derrota na estreia, Luis Gustavo fazia sua prece solitária ao final da partida, enquanto os jogadores do Araguaína comemoravam junto à comissão técnica. Fotos: Estevan Azevedo.

No jogo de fundo, o Cruzeiro venceria o ABC de Natal por 3 a 0, iniciando a campanha que lhe daria a única vaga do grupo para os play-offs. O time, que acabou eliminado nas oitavas de final do certame, não teve sua partida coberta pelo JP, que fez uma breve visita ao XV de Novembro local, antes de cair na estrada para uma rodada dupla no Vale do Paraíba. Mas isso é assunto para outros posts.

Até lá!

Estevan Azevedo

Nenhum comentário:

Postar um comentário