Procure no JP

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Jogo difícil e vitória rubro-negra contra o Sampaio Corrêa

Opa,

Fechando a rodada inicial do Grupo Q na cidade de Osasco, Flamengo e Sampaio Corrêa fizeram um jogo com um belo visual e com gostinho daqueles sensacionais campeonatos brasileiros dos anos 70. Outro fato relevante na minha humilde opinião é que sempre é legal ver um joguinho da Bolívia Querida de perto.

Essa é a apenas a segunda vez que o time maranhense disputa a Copa São Paulo de Futebol Júnior. Na primeira, no já longínquo ano de 1998, o time foi eliminado na primeira fase invicto após empatar seus três compromissos. O Fla, como não poderia ser diferente, sempre entra como um dos favoritos, e em 2015 busca seu terceiro título no certame (os dois primeiros foram em 1990 e 2011).


CR Flamengo (sub20) - Rio de Janeiro/RJ. Foto: Fernando Martinez.

Como o rubro-negro era o mandante na partida, imaginei que veria o Tricolor de Aço todo de branco, algo que felizmente não se confirmou. Muito legal ver o time com a grande camisa listrada de verde, amarelo e vermelho, um dos uniformes mais bonitos do país.


Sampaio Corrêa FC (sub20) - São Luís/MA. Foto: Fernando Martinez.


Quarteto de arbitragem e capitães. Foto: Fernando Martinez.

Vale registrar também que essa foi a primeira vez que vi um jogo noturno no Estádio José Liberatti. A iluminação foi inaugurada no começo do ano passado e ainda não tinha tido a chance de fazer uma avaliação do local. Posso dizer seguramente agora que é um dos melhores locais para se ver um jogo à noite.


Bola zanzando dentro da área maranhense. Foto: Fernando Martinez.

Sob a luz dos refletores o onze carioca começou a peleja jogando muito bem e encurralando o time maranhense. Logo aos 4 minutos Cafu aproveitou um chute errado pela direita e completou para o fundo das redes. A vantagem acabou deixando o Flamengo com uma enorme preguiça.


Chute de longe do time carioca. Foto: Fernando Martinez.


Mais uma tentativa de fora da área para o rubro-negro. Foto: Fernando Martinez.

O Sampaio Corrêa mostrou bastante disposição e equilibrou as forças rapidamente. Durante todo o tempo inicial o time maranhense foi quem acabou se apresentando melhor. A torcida flamenguista não gostou nada e homenageou com "carinho" os atletas do seu time na saída para os vestiários. Com certeza o técnico Zé Ricardo também não gostou nada da atuação.


Zagueiro do Sampaio protege a pelota. Foto: Fernando Martinez.


Falta dura na linha de fundo. Foto: Fernando Martinez.

A bronca nos vestiários deve ter sido grande, pois o Flamengo voltou outro para o tempo final mostrando muita vontade. Jajá, camisa 10 do rubro-negro, marcou o segundo aos 19 minutos. O Sampaio continuou mostrando um bom futebol e diminuiu com Alex Sandro dois minutos depois.


Arqueiro flamenguista saindo do gol. Foto: Fernando Martinez.

Esse gol poderia ter complicado a partida, mas Douglas Baggio não quis dar sopa pro azar e marcou duas vezes, aos 26 e aos 37 minutos, fechando o marcador e dando a primeira vitória para o time do Rio de Janeiro na edição 2015 da Copinha.


Ofensiva da Bolívia Querida. Foto: Fernando Martinez.


Bola alçada dentro da área do Fla. Foto: Fernando Martinez.

O placar final de Flamengo 4-1 Sampaio Corrêa colocou o Fla na liderança do Grupo Q após a primeira rodada. Na segunda rodada é a vez do Osasco duelar contra os maranhense e os rondonienses do Vilhena enfrentarem o rubro-negro. Com certeza estaremos lá.

Saímos do Rochdale por volta das onze e quarenta da noite, um horário super tranquilo para uma localidade tão aprazível. Cheguei em casa tarde e ainda deu tempo de ver parte de uma partida dos playoffs da NFL. Por conta do horário e do calor, abortei a jornada do domingo cedo e fui apenas na sessão da tarde, dessa vez com time novo na Lista.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário