Procure no JP

domingo, 26 de outubro de 2014

Portuguesa soma mais uma derrota na Série B

Fala, pessoal!

A hora se aproxima. Mesmo que matematicamente a "tragédia" não tenha se consolidado, moralmente a Portuguesa já foi rebaixada para a terceirona. Resta saber em qual rodada isso acontecerá de forma oficial. Na sexta-feira passada fomos mais uma vez ao Canindé para acompanhar de perto os últimos momentos do time jogando em casa no Campeonato Brasileiro da Série B. O adversário da vez foi o sempre legal Icasa.

Com suas parcas três vitórias em 31 jogos (!), a Lusa não vence no seu estádio desde 3 de junho (10ª rodada) e não ganha um mísero jogo desde 26 de agosto (19ª rodada). No returno, o time jogou doze vezes, somando quatro empates e oito derrotas. Para ser uma campanha ridícula, o time rubro-verde precisaria melhorar muito.


Canindé quase vazio para Portuguesa x Icasa. Foto: Fernando Martinez.

Pouco mais de 400 almas, o menor público do campeonato, foi ao Oswaldo Teixeira Duarte para outra sessão de terror. Dessa vez nem a torcida organizada foi para dar uma arrepiada nos diretores e conselheiros do clube, alguns deles responsáveis pela situação vexatória do momento. Aliás, volto a perguntar: quando os autores da palhaçada de 2013 serão realmente punidos?


Ataque cearense no começo do jogo. Foto: Fernando Martinez.

Quando a bola rolou, ah, nada mudou. Com oito minutos o time cearense, que obviamente não é nenhuma máquina, já vencia por 2x0, gols de Naylhor e Ivonaldo. O pior time da Portuguesa em todos os tempos - mais uma responsabilidade dos dirigentes - ainda diminuiu o marcador aos 17 minutos com o gol de pênalti de Léo Costa.


De pênalti, Léo Costa diminuiu o marcador para a Portuguesa. Foto: Fernando Martinez.


Ataque rubro-verde no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.

O tempo inicial terminou em 1x2 e no segundo o time local até que que melhorou dentro das suas limitações. A improvável reação foi sepultada com as expulsões de André Astorga aos 29 e de Nery aos 33 minutos. Jogando com dois a mais o onze visitante ainda teve oportunidades para ampliar, mas a peleja terminou com o placar construído no primeiro tempo: Portuguesa 1-2 Icasa.


Lutando contra o rebaixamento, o Icasa conquistou importante vitória. Foto: Fernando Martinez.

Todo adjetivo negativo que utilizar aqui será pouco para nomear essa campanha lusitana. A equipe continua com seus vergonhosos 21 pontos conquistados de um total de 94 e se perder para o Oeste nessa terça já será rebaixada com cinco rodadas de antecedência. Triste e melancólico.

Como o ambiente estava menos tenso do que na semana anterior, saí do Canindé na companhia dos amigos Paulo "Shrek", Ricardo Espina, Mílton e o eterno campeão potiguar de botão Nílton (e seu filho Lucas). Antes de chegarmos na Estação Armênia do metrô, passamos por minutos de insanidade completa na região da Avenida do Estado por conta da presença de alguns animais fora do seu habitat natural.

No sábado o número de jogos era alto e as opções eram muitas, só que o foco era um só: a primeira final da Segundona Paulista em Atibaia. Com um inédito e animado quórum seguimos para o interior numa viagem sensacional.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário