Procure no JP

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

GRB se despede da Arena Barueri na Série D com derrota

Fala, pessoal!

Sexta-feira passada foi dia de despedida na pauta do JP. Depois de nove temporadas jogando pelas quatro divisões do futebol tupiniquim, o Grêmio Barueri fez sua última partida como mandante em nacionais contra o Goianésia, válida pelo Campeonato Brasileiro da Série D.

Nos primeiros anos tudo deu certo: acesso em 2006 na Série C, boa campanha na Série B de 2007 e o sonhado acesso para a elite em 2008. Após do 11º lugar de 2009 aconteceu a famosa e malfadada mudança para Presidente Prudente e tudo mudou. O time voltou para a B em 2011 e conseguiu a proeza de ser bi-rebaixado em 2012/2013.

Em 2014 a situação chegou ao fundo do poço com a queda para a A3 paulista e a péssima participação na Série D. A bagunça administrativa foi grande e culminou com a histórica greve dos atletas no não-jogo contra o Operário/MT. Os jogos seguintes aconteceram, mas o revés para o mesmo Operário jogando fora de casa eliminou de vez o time da competição.


Elenco do Grêmio Recreativo Barueri para o último jogo em casa em brasileiros em imagem exclusiva do JP. Foto: Fernando Martinez.

Para o 267º e penúltimo compromisso, o último como mandante, apenas 18 pessoas marcaram presença nas arquibancadas da Arena Barueri. Embora o público oficial divulgado tenha sido de 141 pessoas, não tinha nem perto disso no estádio. Talvez o pessoal tenha somado os atletas, policiais e imprensa na contabilização.


Goianésia EC - Goianésia/GO. Foto: Fernando Martinez.


Capitães dos times e trio paranaense para a peleja com Rodolpho Toski Marques, Diogo Morais e Diego Grubba Schitkovski. Foto: Fernando Martinez.

Durante a semana a diretoria do clube mandou embora os "líderes" da greve e confesso que fiquei com um pé atrás em relação à realização da partida. Mostrando grande hombridade e bastante dignidade, os jogadores que sobraram no Grêmio foram a campo e honraram a camisa do time.


Ataque do Goianésia. Foto: Fernando Martinez.

O tempo inicial foi todo do time local, que chegou fácil ao primeiro gol aos 5 minutos com o camisa 9 Leonardo. No decorrer do tempo o Grêmio perdeu de forma absurda mais duas oportunidades claras de ampliar o placar e definir o resultado da peleja. O time goiano teve uma grande chance, brilhantemente defendida pelo arqueiro da casa.


Investida do time visitante pela direita. Foto: Fernando Martinez.


Escanteio para o onze visitante. Foto: Fernando Martinez.

No segundo tempo o Goianésia, ainda lutando por uma vaga na segunda fase, melhorou e o jogo ficou bastante equilibrado. Roni deixou tudo igual aos 25 e Nonato, se aproveitando de uma grande falha da zaga local, virou o marcador para o onze goiano aos 35 minutos.


Ataque barueriense no tempo final. Foto: Fernando Martinez.


Grande chance de gol para o Grêmio. Foto: Fernando Martinez.

O placar final de Grêmio Barueri 1-2 Goianésia foi um castigo para os atletas do time paulista, que mereciam melhor sorte nessa que foi a despedida do time em nacionais na sua casa. A equipe se despede em definitivo da Série D no próximo sábado jogando contra o Luziânia.


Rápido ataque local pela lateral. Foto: Fernando Martinez.

Na atual organização do futebol paulista, o Barueri pode voltar a jogar um brasileiro no mínimo em 2017, isso se formar times inesquecíveis e fizer campanhas memoráveis. Apesar de muitos torcerem contra, espero um dia poder rever - por mais que ache isso hoje impossível - o time jogando alguma divisão do Brasileirão.


Placar final da partida. Foto: Fernando Martinez.


A inacabada Arena Barueri só voltará a receber jogos do Grêmio Barueri num campeonato nacional a partir de 2017, e olhe lá... Foto: Fernando Martinez.

Após o apito final conversamos rapidamente com Leandro, goleiro do Goianésia e leitor do JP de longa data, antes de pegarmos o caminho de casa com a já tradicional parada para fazer uma boquinha no Jardim Belval. Entre uma esfiha e outra, o papo foi genial e contou com o Mílton, Ricardo Espina e do Estevan, presente para colocar o onze goiano na Lista.

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário