Procure no JP

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Jogaço pelo sub-20 e vitória do Nova Odessa contra o Sumaré

Fala, pessoal!

Depois de acompanhar a vitória do Ituano pela Série D o foco mudou e fomos para uma partida completamente perdida válida pelo Campeonato Paulista sub-20 da 2ª divisão. Pela primeira vez fomos ver um joguinho na cidade de Nova Odessa, distante 125 quilômetros da capital. Lá, o Nova Odessa AC recebeu o Sumaré.


Belo entardecer em Nova Odessa. Foto: Fernando Martinez.

Percorremos sem percalços o trecho entre Itu e a cidade, chegando no Estádio Municipal Natal Gazetta ainda com 50 minutos para o apito inicial. Com muita fome, descobrimos que na porta do estádio uma moradora abre as portas da sua garagem e vende espetinhos quando há algum evento esportivo por ali.

Mesmo com a simpaticíssima moça já de saída para a missa do sábado, ela fez questão de nos atender super bem. Por módicos dois reais a unidade, os espetinhos são simplesmente sensacionais e ganharam fácil o concorrido Selo JP de qualidade. Os amigos Estevan e Renato ainda se acabaram com um caldo de cana de um tiozinho figuraça, "pai de 21 filhos", como ele mesmo fez questão de deixar claro, no mesmo local.

Após esse rápido momento gastronômico fomos ao gramado da acanhada e aconchegante cancha. Jogando pela primeira vez a categoria sub-20 da FPF, o ex-Guarani Sumareense e ex-Boa Vista perdeu na estreia para o SEV e empatou fora de casa contra o Pirassununguense. O (surpreendente) bom público presente queria ver a primeira vitória.


Nova Odessa AC (sub-20) - Nova Odessa/SP. Foto: Fernando Martinez.

Já o Sumaré foi derrotado pelo Lemense no seu único jogo realizado e também precisava vencer mesmo jogando longe de casa. Aliás, mesmo se eventualmente chegar na final, o time vai jogar sempre fora de casa, já que na verdade quem está jogando é o Comercial de Tietê. A versão oficial diz que a FPF não liberou o estádio da cidade, então aproveitaram para fazer uma parceria com o Sumaré AC, que estava sem time para jogar o sub-20, para deixar o pessoal na ativa


Sumaré AC (sub-20) - Sumaré/SP. Foto: Fernando Martinez.

Conversamos com integrantes da comissão técnica e eles disseram que a ideia é que em 2015 tudo seja acertado na cancha tieteense para participarem do sub-15, sub-17 e sub-20. A ideia também é voltar ao profissionalismo - a equipe está afastada desde 2002 - o quanto antes. Desde já torcemos para que tudo dê certo.


Trio de arbitragem e capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.


Ataque do Sumaré no começo da peleja. Foto: Fernando Martinez.

Numa noite muito agradável vi um jogaço, um dos cinco melhores de 2014 e de longe o mais sensacional no meu pós-Copa. O onze visitante começou melhor e foi dono da peleja durante a primeira metade do tempo inicial. O ataque ia bem, mas pecava demais nas conclusões, impedindo que o Comerc... ops, Sumaré saísse na frente.


Jogador sumareense fazendo uma pose plástica para evitar o lateral. Foto: Fernando Martinez.


Cobrança de falta para o time visitante. Foto: Fernando Martinez.

Mesmo jogando melhor, a zaga sumareense jogava em linha, deixando sempre os atacantes locais em impedimento. Comentei que, no primeiro passe realizado no tempo certo, sairia o gol. Aos 24 minutos, dito e feito. A bola foi lançada na direita, e com a zaga toda parada pedindo anulação do lance, ficou fácil para o lateral cruzar na área e o camisa 10 Alexsander completar.


Jogador do Nova Odessa se preparando para cobrar uma falta. Foto: Fernando Martinez.


Goleiro do Sumaré indo buscar a bola no fundo do seu gol, fato que aconteceu três vezes no tempo inicial. Foto: Fernando Martinez.

A partir daí só deu Nova Odessa. O time chegou fácil aos 3x0 com dois gols de Matheus Fernandes aos 37 e aos 45 minutos. Enquanto os jogadores descansavam nos vestiários, fizemos o tradicional bate-bola no "gol da esquerda" do Natal Gazetta. A melhor defesa da noite saiu justamente aí, numa bela intervenção do goleiro Renato em chute meu de voleio após bom passe do meia Estevan.

 


Estevan e Renato mostrando categoria em cobranças de pênalti e a minha pessoa (como sempre) colocando a pelota no fundo das redes. Fotos: Fernando Martinez e Estevan Azevedo.

Embalados pelo primor futebolístico do intervalo, o NOAC iniciou o tempo final ainda avassalador. Aos 12 segundos Alexsander avançou na boa pelo campo de defesa do Sumaré e tocou na saída do goleiro para fazer 4x0. Parecia que a peleja estava decidida.


Ataque visitante pela direita. Foto: Fernando Martinez.

Mas o Sumaré não se abateu e, aproveitando o natural recuo do Nova Odessa, passou a ficar mais tempo com a bola. Pablo e Werner, com gols seguidos aos 14 e 15 minutos, recolocaram o time azul de novo na partida. O jogo era eletrizante e parecia que os jogadores estavam ligados no 220. Não faltou emoção por ali.


Investida pelo alto no ataque do Sumaré. Foto: Fernando Martinez.


Boa defesa do goleiro do Nova Odessa. Foto: Fernando Martinez.

Aos 36 os visitantes tiveram um pênalti marcado a favor. A cobrança toda estilosa de Pablo deixou a peleja mais aberta do que nunca. Vimos mais 15 minutos de futebol repletos de emoção e muita correria. Por pouco, muito pouco mesmo, o Sumaré não conseguiu chegar ao improvável empate.


Um bom público compareceu ao Natal Gazetta para conferir a peleja. Foto: Fernando Martinez.

No fim, o placar de Nova Odessa 4-3 Sumaré até foi injusto em virtude de tamanha pressão dos visitantes no tempo final. Independente disso, fazia muito tempo que não via um jogo de futebol com tanta qualidade. Os dois treinadores e os atletas estão de parabéns respectivamente pela montagem e pela disposição apresentada em campo.

Demos uma volta nas dependências do estádio antes de passear um pouco pela cidade. Paramos num daqueles geniais quiosques de lanches ao lado da estação ferroviária e ficamos ali um bom tempo jantando e contando os vagões levados pelas locomotivas que passaram do nosso lado.

Já por volta das 23 horas finalmente deixamos Nova Odessa com destino a São Paulo. O percurso foi feito com uma sensacional trilha sonora baseada no rock dos anos 80. Chegamos de madrugada e por conta disso desisti da rodada do domingo cedo, voltando aos campos na parte da tarde com minha estreia na Série C 2014.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário