Procure no JP

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Nacional empata na Arena Barueri e quebra recorde histórico

Fala, pessoal!

Domingo passado foi dia de ver recorde histórico sendo quebrado. Em mais uma jornada válida pelo Campeonato Paulista da Segunda Divisão, Guarujá e Nacional se enfrentaram na Arena Barueri pela penúltima rodada do Grupo 6.


AD Guarujá - Guarujá/SP. Foto: Fernando Martinez.

Nos oito jogos anteriores o Naça simplesmente triturou os adversários da chave, somando sete vitórias e apenas um empate, justamente contra o time do litoral. Em todos os tempos, foi apenas a segunda vez - a primeira foi em 1998, na disputa da Série A3 - que o time ficou os oito primeiros jogos do estadual sem perder.


Nacional AC - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


Trio de arbitragem composto pelo árbitro Leandro Bizzio Marinho e os assistentes Cláudio Roberto da Costa e Dênis Antonio Mistrelo junto com os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.

Mais um jogo sem derrota e o escrete paulistano completaria seu melhor início de campeonato paulista na história, algo incrível. Só que do outro lado estava o único time que conseguiu parar o trator azul e vermelho... Com certeza a parada não seria fácil.


Jogador do Nacional sofrendo marcação dupla da zaga do Guarujá. Foto: Fernando Martinez.

E o jogo começou melhor para o time "da casa". Foram 10 minutos de domínio guarujaense, obrigando a zaga nacionalina a trabalhar bastante. Depois desse período o Naça colocou ordem na casa e dominou o jogo, mesmo que timidamente, até os 30 do tempo final.


Boa chance nacionalina. Foto: Fernando Martinez.


Cobrança de falta perigosa para o time visitante. Foto: Fernando Martinez.

A equipe chegou perto de abrir o marcador mas não teve sucesso nas finalizações. Nos 15 minutos finais o Guarujá acordou e passou a sufocar a zaga do Naça. O goleiro Carlão, voltando à meta do clube paulistano nessa peleja, foi o maior responsável pelo empate depois de fazer uma defesa milagrosa em cobrança de falta na linha da grande área.


Ataque aéreo do onze ferroviário. Foto: Fernando Martinez.


O lance mais perigoso da peleja com milagre do goleiro Carlão. Foto: Fernando Martinez.

Com esse panorama, o jogo terminou como começou: Guarujá 0-0 Nacional. Se o resultado não mudou nada em termos de classificação (os dois já estão garantidos na próxima fase do certame), serviu para que os paulistanos completassem o melhor início de estadual em todos os tempos, algo que não é pouco para uma equipe que joga desde os anos 20.

Na esperança de voltar para a Série A3 após seis anos, a ótima campanha é um enorme alento para a torcida ferroviária. Realmente, já passou da hora do Nacional voltar à primeira divisão do estadual...

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário