Procure no JP

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Flamengo vacila e está fora da segunda fase da Série A3

Fala, pessoal!

A rodada futebolística do final de semana foi finalizada com - modéstia à parte - a genial conclusão de uma meta pessoal. Pela segunda temporada consecutiva consegui ver pelo menos um jogo de todos os 40 times participantes das Séries A2 e A3. A Matonense era a última peça que faltava para esse quebra-cabeça se completar.

O cronograma foi montado de forma milimétrica para tudo dar certo. Demorou, mas sabia que a equipe de Matão entraria para a lista somente na última rodada da fase inicial do Campeonato Paulista da Série A3 visitando o Flamengo no Estádio Antônio Soares de Oliveira.


AA Flamengo - Guarulhos/SP. Foto: Fernando Martinez.


SE Matonense - Matão/SP. Foto: Fernando Martinez.


Capitães dos times, árbitro Silvio Renato Silveira e assistentes Eduardo Vequi Marciano e Osvaldo Apipe de Medeiros Filho. Foto: Fernando Martinez.

Somando os dois certames, demorei as 38 rodadas para ver as 40 equipes. Se no ano passado a meta foi atingida em 12 estádios diferentes, nesse 2014 foram 18 as canchas visitadas, mostrando que não é algo fácil se comprometer com esse objetivo. Posso reiterar que valeu demais, principalmente para os amigos do JP, que tiveram a oportunidade de conferir todas as equipes das duas divisões de acesso do estado que jogaram de janeiro até esse mês de abril.

Para coroar a manhã, o jogo era decisivo para o rubro-negro. O Fla precisava vencer também torcer por uma derrota de Sertãozinho ou Independente para conquistar um lugarzinho na fase semi-final do torneio. Só que a Matonense ressurgiu para o futebol depois de ir parar no limbo na década passada. A equipe é a atual campeã da Segundona e fez uma campanha bastante regular durante toda a primeira fase, sendo derrotada apenas três vezes.


Boa chegada rubro-negro pela esquerda. Foto: Fernando Martinez.

Como não poderia deixar de ser, o time guarulhense jogou na maior parte do tempo dentro do campo da Matonense querendo abrir logo o placar. Apesar da maior posse de bola, o Fla mostrou uma irritante inoperância ofensiva, levando o bom público presente ao desespero. A melhor chance aconteceu por volta dos 10 minutos depois de vacilo do arqueiro da SEMA. Ele perdeu a bola bisonhamente e o lance terminou em gol, só que o assistente anulou o tento sem sabermos o motivo.


Atacante do Corvo entorta zagueiro da Matonense em lance pela direita. Foto: Fernando Martinez.


Cobrança de falta para os donos da casa que tirou tinta da trave. Foto: Fernando Martinez.

O time de Matão jogava na boa e levou a peleja nesse banho-maria durante todo o primeiro tempo. No segundo tempo a coisa mudou de figura com a expulsão relâmpago de Júlio Lopes antes mesmo do primeiro minuto chegar. Para complicar ainda mais a situação da Matonense, Luís Mário foi expulso aos 12.


Jogadores levitando no gramado do Antônio Soares de Oliveira. Foto: Fernando Martinez.


Cruzamento dentro da área visitante. Foto: Fernando Martinez.

Com dois a menos, não sobrou outra opção para a SEMA a não ser colocar os oito atletas de linha dentro da grande área para suportar a pressão flamenguista. Mas todos os ataques locais eram desperdiçados um a um de forma bisonha. As notícias que vinham de Sertãozinho e Limeira não eram nada positivas e o sonho da vaga estava praticamente sepultado.


Mais um momento de levitação em Guarulhos. Foto: Fernando Martinez.

Aproveitando-se desse desânimo local, a Matonense conseguiu armar dois ótimos contra-ataques mesmo com dois jogadores a menos. O primeiro, aos 32 minutos, terminou com uma penalidade máxima marcada e convertida por Júlio César, deixando o onze visitante em vantagem no placar. Para fechar a tampa do caixão rubro-negro, Ronael confirmou o triunfo aos 47 após jogada que envolveu todos os atacantes visitantes.


De pênalti, Júlio César abriu o placar. Foto: Fernando Martinez.


Jogadores da Matonense comemorando o segundo gol, marcado por Ronael. Foto: Fernando Martinez.

O placar final de Flamengo 0-2 Matonense eliminou a equipe guarulhense da Série A3 ainda na primeira fase, confirmando uma campanha bastante abaixo da esperada. Já o time azul e branco terminou a fase inicial na quinta posição com 33 pontos e agora se junta a Rio Preto, Inter de Limeira e Independente no Grupo 2 buscando voltar à Série A2 após 10 anos.

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário