Procure no JP

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

No apagar das luzes, Azulão derrota o Mirassol na Série A2

Fala, pessoal!

Numa noite qualquer de março de 2013, estava no Estádio Anacleto Campanella enquanto o Mirassol aplicava uma histórica goleada em cima do Palmeiras por 6x2 na disputa do Paulistão. Menos de um ano depois a realidade é bem diferente e São Caetano e o Leão entraram em campo no mesmo Anacleto para um jogo válido pelo Campeonato Paulista da Série A2.


AD São Caetano - São Caetano do Sul/SP. Foto: Fernando Martinez.

Os duelos entre os dois times podem se dividir em duas fases. Primeiro de 1995 até 2000, todos válidos pelas divisões de acesso do estadual, Azulão e Leão se enfrentaram em nove oportunidades, com amplo domínio do time do ABC (quatro vitórias, quatro empates e apenas um triunfo do Mirassol).


Mirassol FC - Mirassol/SP. Foto: Fernando Martinez.

De 2008 até o ano passado, quando disputaram seis jogos válidos pela principal certame do estado, o Mirassol transformou-se numa verdadeira pedra no sapato do Azulão. O time do ABC venceu apenas um compromisso, enquanto foi derrotado em quatro deles.


Trio de arbitragem composto pelo árbitro Adriano de Assis Miranda e os assistentes Everson Luiz Soares e Rodrigo Crosara posam para o JP junto com os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.

Embalado por uma campanha fraca, principalmente fora de casa (perdeu todos os jogos longe do seu estádio), o São Caetano precisava vencer de qualquer jeito para tentar de vez ficar longe da desastrosa zona de rebaixamento. Vale ressaltar que essa foi a primeira vez que vi o Mirassol desde 2009, um absurdo hiato de cinco anos.


Zaga do Mirassol cortando escanteio da direita. Foto: Fernando Martinez.


Ataque do Azulão na linha de fundo. Foto: Fernando Martinez.

Começando a peleja com tudo, até que o Azulão fez bom jogo, mas pecou demais nas finalizações, um problema que eu mesmo já havia acompanhado no jogo contra o Guaratinguetá. Quem acabou se destacando foi o setor defensivo do Leão, muito por conseguir parar o obstinado ataque local. O destaque no tempo inicial ficou por conta do goleiro Alex Santana.


A melhor chance do tempo inicial saiu dos pés do camisa 11 Marcelo Gomes. O goleiro Alex Santana defendeu o chute à queima roupa. Foto: Fernando Martinez.


Córner para os donos da casa sob o olhar atento da arbitragem. Foto: Fernando Martinez.


Steve Harris, baixista do Iron Maiden, esteve no ABC e fez o grande favor de impedir a nossa visão por boa parte do tempo final. Up the Irons! Foto: Fernando Martinez.

O esquema "ataque contra defesa" ficou ainda mais claro no tempo final, com o Mirassol se fechando por completo. No famoso "bumba-meu-boi", o São Caetano tentou de várias formas furar essa retranca visitante, mas jogada após jogada, não tinha sucesso. Emoção mesmo só na jogada derradeira da partida.


Boa saída do goleiro visitante. Foto: Fernando Martinez.


Troca de passes no setor ofensivo do Leão. Foto: Fernando Martinez.

No último lance o time da casa teve uma falta a seu favor. Danilo Bueno cobrou com perfeição e colocou a pelota no fundo das redes do time visitante. No sufoco e no desespero, o jogo terminou em São Caetano 1-0 Mirassol, a terceira vitória do time do ABC em seis jogos realizados.

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário