Procure no JP

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Paulista vence o Picos mas fica sem a vaga na segunda fase da Copinha

Fala pessoal!

Depois da jornada até a Vila Belmiro no meio da semana, tive dois dias para um merecido descanso antes de curtir seis pelejas válidas pela rodada final da primeira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior no sábado e domingo. Legal que logo no primeiro confronto, incluí mais uma equipe - a oitava em 2014 - na Lista.

Tendo pela primeira vez dois representantes na Copinha, o estado do Piauí mandou o Piauí EC (que "matei" em 2003 num jogo contra o Botafogo/RJ em Suzano) e o genial Picos, time fundado em 1976 mas que joga o torneio de base pela primeira vez. O Zangão do Piauí é apenas a quinta equipe a representar o estado nordestino por aqui, se juntando a Flamengo, Fluminense, Barras e o próprio Enxuga-Rato.


SE Picos (sub20) - Picos/PI. Foto: Fernando Martinez.

Já eliminado e com apenas um ponto ganho, o adversário da equipe verde e amarela nessa rodada final seria o Paulista de Jundiaí, com sua belíssima camisa que remete ao título invicto da segundona de 1968. A equipe jundiaiense pode se orgulhar de ter uma taça da Copinha na sua sala de troféus após o título de 1997, vencido numa final contra o Corinthians. Eu e o amigo Estevan estávamos nas encharcadas arquibancadas do Canindé naquela decisão.


Paulista FC (sub20) - Jundiaí/SP. Foto: Fernando Martinez.



Trio de arbitragem e capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.

Voltando ao presente, o público que chegava em peso ao Baetão para o jogo de fundo viu um primeiro tempo fraco e com poucas emoções. O Paulista ficou por todo o tempo dentro do campo do Picos, mas conseguiu apenas um gol, marcado aos 30 minutos com o camisa 11 Jonathan.


Aos trancos e barrancos, ataque do Paulista no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.


Belo desfile de camisas no gramado sintético do Baetão. Foto: Fernando Martinez.

Somente no tempo final a peleja teve um bom nível. O time de Jundiaí se apresentou bem melhor e chegou aos 4x0 sem dificuldades. Paulo Azzi fez dois, o primeiro aos 12 e o segundo aos 25, e Gabriel marcou o quarto de pênalti aos 31 minutos.


Quarto gol do Paulista, marcado por Gabriel. Foto: Fernando Martinez.


O setor ofensivo do time de Jundiaí melhorou muito no tempo final. Foto: Fernando Martinez.


Saída do arqueiro piauiense. Foto: Fernando Martinez.

No melhor esquema "perdido por quatro, perdido por oito", logo o Picos se lançou ao ataque para pelo menos diminuir o placar. A defesa do Galo deu bobeira e os piauienses, através de Isaac e Pedro aos 35 e aos 41, marcaram duas vezes, para grande comemoração da torcida que já comparecia em bom público.


Comemoração dos atletas do Picos no gol de Pedro. Foto: Fernando Martinez.


Ataque jundiaiense pela esquerda. Foto: Fernando Martinez.

No fim, o placar de Paulista 4-2 Picos deixou o time de Jundiaí com seis pontos, precisando de uma vitória do Náutico contra o São Bernardo FC no jogo de fundo por nove gols (!) de diferença para se classificar. Impossível, né? De qualquer forma, ficamos no Baetão para o derradeiro compromisso do Tigre na fase inicial.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário