Procure no JP

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Duelo paulistano com vitória do Audax pela Copa Paulista

Fala, pessoal!

Com cinco times da Grande São Paulo classificados entre os oito que chegaram às quartas-de-final da Copa Paulista 2013, ficou fácil ter jogo para assistir na reta final do certame. No sábado, fui acompanhar o confronto entre duas dessas equipes, o duelo paulistano entre Audax e Juventus, realizado no tradicional Estádio Nicolau Alayon.

Essa foi a 12ª vez que os escretes paulistanos se enfrentaram desde 2009, ano em que jogaram pela primeira vez. Desde então, o onze amarelo tem leve vantagem com quatro vitórias, quatro empates e três derrotas. Na primeira fase desse ano ambos estavam na mesma chave e o quase extinto time amarelo empatou em casa e venceu na Javari.


Audax EC - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.

Vale registrar que ao que tudo indica essa peleja marcou uma espécie de "despedida" do Moleque Travesso no campo do Nacional. Com o provável desaparecimento do Audax a partir de 2014 e com o time ferroviário no limbo futebolístico da última divisão do estado, o Juventus deve ficar sem se apresentar ali por um bom tempo.


CA Juventus - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


Capitães dos times e trio de arbitragem com o árbitro Magno de Sousa Neto e os assistentes Renata Ruel de Brito e Thiago Henrique Alborghetti. Foto: Fernando Martinez.

Precisando vencer para quebrar a vantagem juventina de jogar por dois empates, o Audax mostrou o cartão de visita logo no primeiro minuto. Thiago Martinelli completou de cabeça bola levantada da esquerda, sem chances para o guarda-metas Fernando Henrique.


Início de ataque do onze local. Foto: Fernando Martinez.

Com a vantagem parcial no marcador, o time amarelo fez um primeiro tempo seguro e sem sustos, já que o Juventus jogou muito mal. No geral, os primeiros 45 minutos não foram assim uma Brastemp, e a esperança era que o panorama mudasse para o segundo tempo.


Saída de bola grená pela direita. Foto: Fernando Martinez.


Zagueiro local dominando a pelota. Foto: Fernando Martinez.

O sol estava forte e então saí do campo de jogo para conferir o tempo final das arquibancadas cobertas da Comendador Souza. Dali vi o Juventus mudar sua postura por completo mostrando um futebol envolvente. Antes mesmo da primeira volta do ponteiro aconteceu a igualdade. Após chute de longe, o goleiro Felipe Alves deu rebote e Rafael Branco apareceu livre para empurrar para o fundo das redes.


Intervenção aérea do goleiro Felipe Alves ainda no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

Empurrados pela torcida, os grenás deram muito trabalho para os zagueiros audazes zagueiros nos momentos seguintes e parecia que a virada estava próxima. Só que aos 7 minutos o camisa 6 local André Castro conseguiu fazer um golaço em chute de fora da área. A bola ainda bateu caprichosamente na trave antes de entrar.


Comemoração dos jogadores do Audax após o belo segundo gol. Foto: Fernando Martinez.


Infrutífero ataque juventino no tempo final. Foto: Fernando Martinez.

Esse segundo gol foi um balde de água fria e interrompeu todo o ímpeto ofensivo do time visitante. O time ainda conseguiu até ter mais posse de bola e chegar mais perto da área adversária, mas sem oferecer real perigo. Nesse cenário o Audax perdeu a chance de praticamente selar a vaga com oportunidades claras de gol desperdiçadas após contra-ataques rápidos.


Chance clara para o terceiro gol desperdiçada pelo escrete local. Foto: Fernando Martinez.

No fim, o jogo ficou mesmo em Audax 2-1 Juventus. No jogo de volta a quase extinta equipe paulistana precisará apenas de um empate para chegar à semi. O Moleque Travesso, que com certeza irá atuar para um grande público na Javari, necessita de uma vitória simples para continuar com o sonho do título.

Iria para São Caetano do Sul à noite, mas a preguiça falou mais alto e acabei ficando na boa em casa. Graças ao horrendo horário de verão, me perdi no despertador e a jornada matinal do domingo também foi perdida. Restou ir ao Canindé à noite para outro compromisso lusitano pelo Brasileirão.

Até lá!

Fernando

Um comentário:

  1. Fernando, a gente se encontra na Javari no domingo para Audax e Osasco. abs, Peter, o "rei dos quadrinhos"

    ResponderExcluir