Procure no JP

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Cotia FC conquista o acesso para a Série A3 de 2014

Fala, pessoal!

Imaginem uma equipe fundada há treze anos e que nesse meio-tempo teve três nomes diferentes (oficialmente falando, pois ainda teve mais um utilizado sem o aval da FPF) e cinco escudos desde então. Imaginem também que essa equipe mandou partidas em cinco cidades diferentes de 2000 até 2012 e que na temporada atual, além de jogar em casa somente com portões fechados, recebeu seus adversários em mais três campos.

Imaginaram? Então, essa equipe cigana e aparentemente "pirata" para muitos conquistou o acesso para a Série A3 de 2014 após passar pela maratona das quatro fases do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, o mais difícil do estado. Para sentirem o drama, equipes tradicionais como Portuguesa Santista, Nacional, Jabaquara, XV de Jaú, Taquaritinga, Bandeirante (entre outros) não tiveram o mesmo sucesso.

Falo do Cotia Futebol Clube, ex-Campo Limpo e ex-Paulista de Caieiras, time que teve um dos acessos mais surpreendentes dos últimos tempos. Ninguém em sã consciência imaginava que a equipe da Grande São Paulo pudesse ser uma das quatro promovidas para a Série A3 no ano que vem, nem seu mais fanático torcedor.

E depois de 24 jogos disputados, o Estádio Conde Rodolfo Crespi foi palco do confronto entre o time azul e branco e a Internacional de Bebedouro pela penúltima rodada do Grupo 20. O Cotia precisava vencer e torcer para o Assisense não ganhar seu jogo contra o Água Santa. O Lobo tinha que ganhar para o sonho da promoção não morrer.


Cotia FC - Cotia/SP. Foto: Fernando Martinez.


AA Internacional - Bebedouro/SP. Foto: Fernando Martinez.


Trio de arbitragem para a "decisão" com o árbitro Robério Pereira Pires e os assistentes Bruno Salgado Rizo e Paulo de Souza Amaral junto com os capitães. Foto: Fernando Martinez.

Jogando um futebol seguro e muito eficiente, o time cotiano tomou conta das ações ofensivas desde o primeiro minuto, assim como havia acontecido no jogo anterior, contra o Clube Atlético Assisense na mesma Rua Javari (e que contou com a presença do JP).


Lance de Cotia x Inter de Bebedouro na Rua Javari. Foto: Fernando Martinez.


Disputa de bola pelo alto. Foto: Fernando Martinez.

Só que também igual à peleja anterior, os atacantes demoraram para acertar o pé. O time foi marcar o merecido primeiro gol apenas aos 36 minutos com João Carlos aproveitando rebote do bom goleiro William e tocando para o fundo das redes. Sem ter feito nenhum ataque perigoso, o Lobo conseguiu chegar ao inesperado empate no lance seguinte. Hércules marcou de cabeça e calou momentaneamente a torcida local.


Ataque cotiano pela direita. Foto: Fernando Martinez.

Aos 42, tudo voltou à normalidade com a perfeita cobrança de falta de William e o segundo gol local. O placar parcial da Javari era de 2x1. As notícias que chegavam de Assis informavam que lá o marcador não havia sido inaugurado. Esses resultados levariam o Cotia para a A3.


Exato momento em que a bola estufa as redes de William no segundo gol do Cotia no jogo. Foto: Fernando Martinez.

No tempo final a Inter, precisando desesperadamente virar o marcador para não ser eliminada, foi para o ataque e deixou o contra-ataque todo à disposição ao adversário. Rafael Silva se aproveitou de um desses lances rápidos e ampliou a vantagem cotiana avançando tranquilamente pela esquerda e tocando na saída do goleiro aos 18 minutos.


Bola levantada na área local. Foto: Fernando Martinez.


Confusão dentro da área do Lobo. Foto: Fernando Martinez.

Com 3x1, o Cotia recuou para garantir o placar e se aproveitou da inoperância ofensiva do Lobo. A cada minuto que passava, e com o 0x0 ainda rolando em Assis, o acesso ficava cada vez mais perto. Aos 37, o camisa 8 Alexandre avançou livre de marcação e arriscou de longe. O arqueiro William pulou mas não teve como fazer a defesa. Era o quarto gol do escrete da Grande São Paulo.


Comemoração de William no quarto gol do Cotia FC, novo integrante da Série A3 paulista. Foto: Fernando Martinez.

A festa, que já era enorme, aumentou ainda mais com a confirmação do resultado da outra peleja da chave. O placar de Cotia 4-1 Inter de Bebedouro deu uma vaga na Série A3 de 2014 ao onze cotiano. Jogadores, comissão técnica, dirigentes e torcedores que foram à Javari comemoraram bastante essa inimaginável conquista.


Muita festa no gramado da Javari. Foto: Fernando Martinez.


Jogadores, comissão técnica, dirigentes e torcedores do Cotia agradecendo aos céus. Foto: Fernando Martinez.

Todos que acompanham de perto a Segundona sabem que para ter chance de acesso uma equipe precisa de um razoável investimento, um grupo de jogadores bem escolhido, apoio da torcida e futebol acima da média. Sem nenhum desses fatores e tendo só o 12º melhor aproveitamento de pontos no certame, o Cotia conseguiu subir. Ano que vem, o Cotia jogará contra grandes como Noroeste, Taubaté, Inter de Limeira, entre outros.


Todo mundo junto para a imagem histórica no dia em que o Cotia subiu de divisão. Foto: Fernando Martinez.

O JP parabeniza o time da Grande São Paulo por essa grande conquista e agora espera também que o Estádio Euclides de Almeida possa ter condições de sediar as partidas da agremiação em 2014.

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário