Procure no JP

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Jogaço na Javari e empate entre Palmeiras e XV Piracicaba pela Copa Paulista

Opa,

Sabe aqueles dias em que o nosso ânimo está abaixo de zero? Então, o domingo passado eu estava nesses dias. O calor estava forte demais, a minha programação original foi alterada à força e a preguiça era imensa. Mesmo assim, arranjei forças para ver um jogo da Copa Paulista de Futebol no Estádio Conde Rodolfo Crespi. Em campo, Palmeiras e XV de Piracicaba jogaram pela 5ªrodada do Grupo 3.

Mas para comprovar que o astral não era muito bom mesmo, esperei "só" 40 minutos o trem que me levaria à Móoca passar. Isso que normalmente ele não demoraria mais do que 15 minutos, mesmo num domingo. Obviamente isso complicou meu cronograma e cheguei na Javari sem a menor chance de fazer as fotos posadas. Fora que o calor já tinha me deixado derretendo... E o dia nem tinha começado ainda.


Disputa de bola pelo alto. Foto: Fernando Martinez.

Mas tudo bem, como aqui no JP o lema é "tudo pelo social", fui garantir meu lugar nas numeradas do estádio juventino. Lá encontrei o Mílton e o Matheus Trunk, este com o alvará de soltura para a partida em dia. Para emendar a "bela" manhã, o primeiro tempo não foi dos melhores. O XV de Piracicaba abriu o placar logo aos 6 minutos com André Cunha, surpreendendo a torcida local.


Mais uma disputa aérea entre atletas do Palmeiras e do XV de Piracicaba. Foto: Fernando Martinez.

A partida foi bastante equilibrada na primeira etapa, mas nada de chances claras de gol ou muitas emoções. A boa torcida quinzista presente na Javari ficou feliz com o futebol apresentado pelo time, e a vitória parcial estava estampada no placar "eletrônico" da Javari no intervalo.


Zaga visitante tirando a bola de dentro da sua área. Foto: Fernando Martinez.

Mas contrariando a série de eventos desafortunados da manhã do domingo, o segundo tempo foi muito bom e disputado num nível altíssimo. O Palmeiras veio disposto a melhorar sua sorte no jogo e chegou ao empate aos 15 minutos, quando Wellington subiu mais alto do que a defesa piracicabana e cabeceou no canto esquerdo do goleiro Neto.


Exato momento do gol de Wellington, o primeiro do Palmeiras. Foto: Fernando Martinez.

Mas nem deu tempo para que a torcida palmeirense pudesse comemorar muito, já que o XV fez o segundo aos 22. Após escanteio vindo da direita, a bola foi escorada para o segundo pau e Gláuber mergulhou para fazer o seu de cabeça dentro da pequena área. O time do Parque Antarctica não se fez de rogado e continuou mostrando um bom futebol.


Agora o segundo gol do XV nas páginas do JP. O jogador Gláuber quase deitou no chão para cabecear a pelota. Foto: Fernando Martinez.

As duas equipes criaram oportunidades para muito mais gols na Javari, e a melhor delas foi do Palmeiras, num chutaço de longe que encontrou a trave de Neto. O time "local" merecia o empate, e para a festa da torcida paulistana, ele chegou nos acréscimos. Aos 46 minutos, Tindurim cobrou falta na área. Gualberto desviou de leve de cabeça e colocou a pelota no canto esquerdo.


Falta para o onze quinzista no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.


Disputa de bola no meio de campo. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Palmeiras 2-2 XV Piracicaba. Com o empate, o alvi-verde ficou na vice-liderança da chave com 10 pontos, três atrás do Ituano. O XV fica na quarta colocação do grupo, fechando o G4 com seus 8 pontos. Gostei bastante do futebol apresentado, e seguindo assim as equipes lutarão até o final por uma vaga na segunda fase.

Até a próxima!

Fernando

2 comentários:

  1. Também estive lá torcendo pela vitória do XV, mas o empate tb não foi mal negócio

    ResponderExcluir
  2. Adorei o uniforme de irmãos metralhas do XV... pena que não rolou as fotos posadas. Abraço a todos.

    ResponderExcluir