Procure no JP

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Estádios pelo Brasil, volume 43: Estádio Municipal Alfredo Chiavegato (Jaguariúna/SP)

Olá,

Em mais uma escapada ao interior paulista, agora com destino à bela cidade de Jaguariúna, para conferir mais um jogo da Segundona, aproveitei a viagem e fotografei o belo Estádio Municipal Alfredo Chiavegato, com o objetivo de apresentá-lo aos internautas que nos acompanham. Esse estádio foi a casa do E.C. São Judas Tadeu Ltda, que disputou pela primeira vez o Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Além disso, foi palco de um dos grupos das duas últimas edições (2.010 e 2.011) da Copa São Paulo de Futebol Júnior.


Entrada principal do estádio. Foto: Orlando Lacanna.


Visão da arquibancada localizada à direita em relação ao portão principal. Foto: Orlando Lacanna.

A cidade de Jaguariúna, também chamada de "Cidade do Cavalo", está localizada na Região Metropolitana de Campinas, distante 134 Km da Capital e apenas 31 Km de Campinas. Sua população atual gira em trono de 43.000 habitantes e setor principal da sua economia é a indústria, cujo parque industrial congrega unidades que atuam em vários setores da economia. Além disso, as atividades ligadas ao lazer e turismo tiveram grande impulso nos últimos anos.


Centro do gramado visto visto das cabines de imprensa. Foto: Orlando Lacanna.


A tradicional visão do gol da direita. Foto: Orlando Lacanna.


Agora a visão do gol da esquerda. Foto: Orlando Lacanna.

Dos estádios utilizados pelos clubes da Segundona, seguramente é um dos melhores de todo nosso interior, incluindo até estádios usados em outras competições de acesso acima da Segunda Divisão. Trata-se de um estádio novo, tendo sido inaugurado em 18 de outubro de 2.008, com a realização do jogo Daniel FC 2 - 2 Liga Jaguariunense de Futebol. A sua capacidade é para 15.000 espectadores, quantidade mínima exigida pela FPF, para uma equipe disputar a elite do futebol paulista, que é a Série A1. Portanto, a cidade de Jaguariúna possui um estádio de "primeira", faltando apenas à equipe local conseguir os acessos necessários nos gramados para chegar ao topo do estadual.


Outro lance de arquibancada localizado à direita da cabine de imprensa. Foto: Orlando Lacanna.


Visão geral do gramado estando atrás do gol dos fundos. Foto: Orlando Lacanna.

A adoção do nome atual do estádio (Alfredo Chiavegato) foi uma homenagem a um dos pioneiros do esporte na cidade e pai do ex-Prefeito Tarcísio Cleto Chiavegato. É também chamado de "Campo do Nassif", sendo que a homenagem estaria sendo investigada pelo Ministério Público, pois a denominação contraria o princípio da impessoalidade da Administração.


Agora um look nas cabines de imprensa. Foto: Orlando Lacanna.


Corredor interno de acesso aos vestiários. Foto: Orlando Lacanna.


Um dos túneis de acesso dos vestiários ao gramado. Foto: Orlando Lacanna.


Bancos de suplentes. Foto: Orlando Lacanna.

Após percorrer todas as dependências, foi fácil concluir que as condições de conservação são ótimas, deixando o estádio com "cheiro" de novo, apesar de quase 3 anos após a inauguração. Tomara que seja sempre assim.

Concluído o giro, fui para o gramado aguardar a entrada das equipes do São Judas e do CAL Bariri, mas para infelicidade geral da nação, a partida não foi realizada, simplesmente porque o médico não compareceu, frustrando os poucos torcedores presentes. O time da casa foi julgado pelo Tribunal e perdeu os pontos em favor do adversário. Num estádio excelente, um fato que não condiz com o futebol profissional.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário