Procure no JP

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Esquadrão Calunga dá adeus aos problemas da temporada 2011

Olá, amigos!

Domingo de decisão na segundona com duas opções pela Baixada e com o JP se fazendo presente em quatro partidas nessa rodada importante. Eu fui acompanhar a partida no Estádio Espanha, fundamental para o São Vicente AC, diante do já classificado Fernandópolis FC. Depois de mais uma balada, com uma dificuldade “fernandina” me encaminhei ao estádio, atrasadíssimo, mas cheguei com apenas dois minutos de partida. Portanto, seguem as fotos tiradas no intervalo.


São Vicente - São Vicente/SP. Foto: Estevan Mazzuia.


Fernandópolis FC - Fernandópolis/SP. Foto: Estevan Mazzuia.


Arbitragem, formada por Robério Pereira Pires, Rafael Ferreira da Silva, Reinaldo Rodrigues dos Santos e Luiz Renato Cafundó Soares. Foto: Estevan Mazzuia.

Classificado, o Fefecê entrou em campo com um mistão, querendo segurar o Esquadrão Calunga, que precisava da vitória, ou um empate, caso o Olímpia perdesse para o Guarulhos, na outra partida do grupo. A equipe praiana começou melhor, atacando bastante nos primeiros 15 minutos. Tico chegou a sacudir as redes pelo lado de fora, mas a arbitragem já havia assinalado o impedimento de Róbson na jogada.


Escanteio para o São Vicente na primeira etapa. Foto: Estevan Mazzuia.

Nos 15 minutos seguintes o ímpeto vicentino diminuiu e os visitantes começaram a chegar com relativo perigo. O tempo jogava contra os donos da casa, e o Guarulhos segurava o Olímpia.


Jogador do Fefecê sofrendo falta próximo à lateral. Foto: Estevan Mazzuia.

Sem grandes emoções, a partida foi para o intervalo sem alteração do placar. No segundo tempo, o São Vicente partiu para o ataque novamente. Waguininho recebeu impedido e tocou para o gol, mas a irregularidade foi observada pela arbitragem.


Lance da segunda etapa. Foto: Estevan Mazzuia.

Aos 13 minutos o onze Calunga chegou com perigo novamente, após bela jogada de Tico pela direita. O lateral se livrou da falta, chegou à linha de fundo e cruzou. A bola passou por toda a área e encontrou Waguininho do outro lado. O atacante se esticou e acertou um belo carrinho. A bola atravessou a área novamente e, caprichosamente, raspou a trave antes de sair pela linha de fundo.


Tico cobrando lateral. Foto: Estevan Mazzuia.

Aos 20 minutos, uma falta ensaiada levou muito perigo ao gol de Alex. Mas o zero não saiu do placar. O Fefecê jogava com um único jogador à frente da linha do meio de campo. Aos 30 minutos, os visitantes haviam desistido da partida. Os anfitriões, por sua vez, não conseguiam o gol redentor. Diego Gama perdeu chance incrível após cruzamento de Robson.


Detalhe da perigosa falta para o São Vicente: Alex salvou-se de ser vazado por um milagre. Foto: Estevan Mazzuia.


Detalhe da chance perdida por Diego Gama: dá pra ver a sombra da bola à esquerda. Foto: Estevan Mazzuia.

No minuto seguinte, Diego Gama tentou de novo, batendo forte da intermediária, exigindo de Alex uma bela defesa. Na sequencia, após cobrança de escanteio, houve uma verdadeira blitz vicentina, terminada com um voleio de Waguininho, mas a chuteira estava descalibrada e a bola foi fraca e longe da meta azul.


Cauê sobe pra tirar o perigo da área azul. Foto: Estevan Mazzuia.

Aos 32 o massacre teve continuidade com Tico cobrando falta em cima de Alex. A coisa já não andava boa e ficou ainda pior para o São Vicente no minuto seguinte. Renan (FFC) se chocou com Rico, de cabeça. Rico teve abertura do supercílio, e foi encaminhado ao pronto-socorro. Como Arizinho já havia feito as três alterações, a equipe jogou os 15 minutos finais com dez homens.


Ambulância em campo para atendimento a Rico. Foto: Estevan Mazzuia.

Aos 40 minutos, a ducha de água fria, com a notícia do gol do Olímpia em Guarulhos. Houve tempo para Waguininho perder mais uma chance, mas a desmotivação era total. O arqueiro Diego, que havia praticamente assistido o jogo inteiro, ainda salvou a equipe de uma improvável derrota, ao impedir que Renan marcasse nos acréscimos, fazendo um verdadeiro milagre ao sair brilhantemente do gol e fechar o ângulo do jogador de azul.


Fernandópolis classificado à fase seguinte sem perder na segunda fase. Foto: Estevan Mazzuia.

Mas ficou nisso. São Vicente 0x0 Fernandópolis. Eliminado, depois de incontáveis problemas, o Esquadrão Calunga não foi, nesta segunda fase, nem sombra do time da primeira fase. Mas o grupo é excelente e se o trabalho for mantido, com a reforma do gramado de Mansueto Pierotti, a manutenção de craques como Lutcho, Marcão, Waguininho, Andrew, Diego, Codada, Rico, Tico, Róbson, etc..., a torcida terá certeza de uma equipe competitiva em 2012.


Arizinho dando entrevista após a eliminação da equipe. Foto: Estevan Mazzuia.

O Fernandópolis segue na disputa, mostrando a força do interior paulista, sempre uma “pedra no sapato” das equipes com sede próxima à capital, onde os investimentos se diluem. Foi isso!

Abraços

Estevan

Um comentário:

  1. o Jogos Perdidos está de PARABÉNS pelas materias feitas ...
    um abraço a todos vocês..

    ResponderExcluir