Procure no JP

terça-feira, 19 de julho de 2011

Icasa agradece o calor e surpreende o Grêmio na Arena

Salve, amigos!

Dando início a meu final de semana futebolístico estive no último sábado em Barueri para conhecer a Arena Barueri e “matar” o novo ADRC ICASA, “sucessor” do ICASA campeão cearense de 1992, diante do Grêmio local. Foi muito divertido comparar os arredores do novo estádio com as fotos que fiz nos tempos do Estádio Orlando Batista Novelli, demolido para dar lugar à Arena. E tudo na companhia de minha namorada Bruna.

A partida, válida pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B de 2011. Em posição intermediária na tábua de classificação, e com o dever de casa a cumprir, o time da casa levava o favoritismo, diante de um rival na zona de rebaixamento.


Panorâmica do estádio por ocasião da partida. Foto: Estevan Mazzuia.

Mas o forte sol que se abatia sobre o gramado parecia anunciar que a tarde seria mesmo nordestina. Logo aos 13 minutos o camisa 5 da equipe verde acertou a trave, após a cobrança de um escanteio.


Jogadores do ICASA apreensivos em lance em que a bola atingiria a trave. Foto: Estevan Mazzuia.

Os visitantes não se intimidavam, realizavam uma marcação forte e com muita objetividade, levando ampla vantagem nos desarmes, e tocando a bola com maestria.


Lance da primeira etapa. Foto: Estevan Mazzuia.

A resposta do Grêmio veio na bola parada, aos 26 minutos, em cobrança de falta do camisa 10. Mas de maneira geral, a equipe chegava poucas vezes na área, e sempre com pouquíssima objetividade. Mas com o passar do tempo, o escrete visitante se mostrava mais “senhor” da partida e, com muita tranqüilidade, pintava calmamente seu gol, que acabou saindo no finalzinho da etapa inicial: Janilson recebeu da esquerda e bateu cruzado no canto do goleiro.


Sol atrapalhou a foto e o ataque do Barueri durante a primeira etapa. Foto: Estevan Mazzuia.


Escanteio para o ICASA. Foto: Estevan Mazzuia.

O Grêmio levou para o intervalo uma derrota parcial pelo placar mínimo, que refletia, com certa justiça, o que fora a primeira etapa, para a surpresa e preocupação geral da grande maioria dos torcedores presentes. Desta vez, eram pouquíssimos os torcedores da equipe nordestina: cerca de uma dúzia, postada atrás de uma das metas.

Aos 3 minutos da etapa final o ICASA teve uma falta da esquerda e, de cabeça, o camisa 5 quase faz o segundo gol. O segundo gol saiu aos 13 minutos, por meio de Diego Palhinha, tocando na saída do goleiro. Caprichosa, a bola ainda beijou a trave antes de balançar as redes.


Lance da segunda etapa. Foto: Estevan Mazzuia.


Lance do segundo gol dos visitantes: Diego Palhinha observa a bola entrando. Foto: Estevan Mazzuia.

Nem com o segundo gol a equipe verde recuou. Marcava bem a saída de bola, e pelo que se via em campo, o time da casa poderia jogar uma semana, que não conseguiria o empate, muito menos uma eventual virada. A torcida começou a deixar as dependências do estádio lá pelos 20 minutos, e não viu o camisa 5 quase diminuir, após uma boa jogada gremista pela esquerda. Também não viu Val Baiano fazer o esperado gol, já nos acréscimos, tocando na saída do goleiro. Muito pouco para a equipe comandada pelo experiente Sérgio Soares.


ICASA permaneceu no campo de ataque boa parte da segunda etapa, apesar da vantagem no placar. Foto: Estevan Mazzuia.


Detalhe do placar apontando o resultado final da partida. Foto: Estevan Mazzuia.

Fim de jogo, Grêmio Barueri 1x2 ICASA. Com a derrota, o Grêmio caiu para o 12º lugar, e fica a um ponto da zona de rebaixamento, onde o ICASA permanece. Mas ainda está tudo embolado: apenas Guarani e Duque de Caxias estão tranqüilos na rabeira. Foi assim.

Abraços e até a próxima!

Estevan

Nenhum comentário:

Postar um comentário