Procure no JP

terça-feira, 19 de julho de 2011

Esquadrão Calunga vence sem Lutcho e complica Mauaense

Salve amigos!

Finalizando meu final de semana futebolístico estive, na manhã deste domingo no Estádio Mansueto Pierotti, em companhia de minha namorada e assistente Bruna, para acompanhar o duelo entre São Vicente AC e GE Mauaense, válido pela 12ª rodada do Campeonato Paulista da Segunda Divisão 2011.


São Vicente AC - São Vicente/SP. Foto: Estevan Mazzuia.


GE Mauaense - Mauá/SP. Foto: Estevan Mazzuia.


Arbitragem, composta por Marcos Silva dos Santos Gonçalves, Ricardo Paravelli Lanutto, Leonardo Schiavo Pedalini e José Cláudio Ribeiro da Silva (ausente na foto), com os capitães Renan e Marcão. Foto: Estevan Mazzuia.

As duas equipes precisavam da vitória, que deixaria o São Vicente a um ponto da classificação, e manteria vivo o Mauaense. Desfalcados do brilhante meia Lutcho, os donos da casa partiram para cima, como de costume em seus domínios, e abriram o marcador aos 5 minutos, com Robson cobrando falta.


Nunes se estica, mas não impede o gol vicentino. Foto: Estevan Mazzuia.

Minutos depois, o São Vicente viu o filme da semana passada se repetir, mas desta vez para o adversário, e com um final feliz: o zagueiro Derson se chocou com o goleiro, caiu de mal jeito e ainda teve o maxilar atingido por um jogador do São Vicente. Desacordado, o jogador foi recolhido a ambulância, e encaminhado ao hospital.


Derson, já dentro da ambulância e Lutcho, que não teve a mesma sorte na semana passada, acompanhando a partida do lado de fora das 4 linhas. Fotos: Estevan Mazzuia.

A ambulância funcionou perfeitamente, o pronto atendimento foi eficaz, e a informação do intervalo é que Derson passava bem. Mas a partida foi paralizada por 15 minutos, até o retorno do veículo. Na retomada da partida, o São Vicente manteve-se na posse das rédeas, e continuou atacando com perigo. Aos 41 minutos de tempo corrido, a defesa azul errou na saída de bola e Nunes teve que fazer uma grande defesa, para evitar o gol de Vaguininho.


Lance do primeiro tempo. Foto: Estevan Mazzuia.

Mas um minuto depois o Mauaense respondeu, e Diogo defendeu um petardo à queima roupa, desferido por Washington. Aos 55 minutos, Diogo trabalhou novamente, impedindo o empate após um rápido contra-ataque finalizado com o chute de Felipe Matheus. Aos 60 minutos, porém, a sorte voltou a jogar com os donos da casa: Vaguininho acertou o travessão ao bater cruzado e, dois minutos depois, Pedro Henrique ampliou, após ser lançado e ganhar do zagueiro na corrida.


Momento do segundo gol vicentino. Foto: Estevan Mazzuia.

Os visitantes melhoraram na segunda etapa e foram para o tudo ou nada. Mas aos 20 minutos o Esquadrão Calunga ampliou através de Maicon, após uma bela triangulação na área azul. Apesar da desvantagem, o Mauaense demosntrou muita raça e seguiu em busca de seu golzinho de honra até o final da partida, criando algumas boas oportunidades.


Ataque do Mauaense na segunda etapa. Foto: Estevan Mazzuia.

Satisfeitíssimo, o onze alvinegro ainda chegou perto do quarto gol, novamente com Maicon, aos 45 minutos. Nos acréscimos, foi a vez de Diogo impedir o gol dos visitantes, na última chance da partida.


Escanteio para o São Vicente. Foto: Estevan Mazzuia.

Fim de jogo, São Vicente 3x0 Mauaense. Os vencedores terão pela frente o Jabuca, fora de casa,e o Bernô, em casa. Duas partidas dificílimas, mas com um único ponto a classificação chegará para os vicentinos. Mesmo com duas derrotas, a classificação poderá ser atingida, dependendo dos outros resultados.

O Mauaense tem duas partidas mais fáceis, contra Palestra e Nacional, mas além de ter que vencê-las, terá que torcer por elas contra Jabaquara e Guarujá, respectivamente, adversários diretos na briga pela classificação. A primeira parte da tarefa parece fácil, a segunda já fica bem mais complicada. Foi assim.

Abraços e até a próxima!!

Estevan

Nenhum comentário:

Postar um comentário