Procure no JP

terça-feira, 26 de julho de 2011

Cotia vence o Elosport e também se garante na segunda fase da Segundona

Fala, pessoal!

Depois da rodada dupla gelada no sábado, o domingo me reservou a chance de visitar um estádio que nunca tinha visitado antes. Falo do Estádio Euclides de Almeida, em Cotia, palco do jogo entre o time local, Cotia FC, contra o sempre simpático Elosport de Capão Bonito. O jogo foi válido pelo Grupo 4 do Campeonato Paulista da Segunda Divisão.

Nessa jornada tive a companhia do amigo Rodrigo Colucci e também dos seus pais. Me encontrei com eles na Zona Oeste paulistana e dali seguimos de carro até a cidade da Grande São Paulo. É bastante fácil chegar no Euclides de Almeida, e mesmo com um atraso do que vos escreve, chegamos no estádio antes que as equipes entrassem no gramado.


Cotia FC - Cotia/SP. Foto: Fernando Martinez.


Elosport CB - Capão Bonito/SP. Foto: Fernando Martinez.


O simpaticíssimo quarteto de arbitragem da partida composto pelo árbitro Antênio Rogério do Prado, os assistentes Celso Barbosa de Oliveira e Daniel Paulo Ziolli e o quarto árbitro José Roberto Marques. Na foto, também os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.

Como várias equipes fazem nesse final da primeira fase, o Elosport joga apenas para cumprir tabela, pois a campanha desse ano ficou abaixo do esperado. Já para o Cotia, ex-Campo Limpo e que em 2011 disputa seu primeiro ano na nova cidade, o campeonato tem rendido bons frutos e uma vitória nessa partida significava a classificação antecipada para a segunda fase.


Boa investida ofensiva do Cotia pela esquerda. Foto: Fernando Martinez.

Após um bom papo com o quarto árbitro José Roberto Marques, fui acompanhar o ataque local durante o primeiro tempo. Mas de forma até certo ponto surpreendente, o Elosport jogou de igual para igual durante maior parte do tempo inicial. O Cotia não acertava o pé e se afobava nas finalizações. A torcida local estava perdendo a paciência com as oportunidades perdidas.


Boa cobrança de falta que encontrou a trave do goleiro do Elosport. Foto: Fernando Martinez.

O pessoal ficou ainda mais bravo quando o Elosport abriu o placar aos 26 minutos. Após boa jogada pela esquerda, o camisa 9 Rai entrou na área, tirou do zagueiro e chutou no contra-pé do goleiro Wágner. Na saída de bola o Cotia perdeu a melhor chance até então. A bola foi cruzada da esquerda, e o camisa 11 Leonel chutou pelo alto, sem goleiro, fazendo um verdadeiro "field goal".


Mais uma boa chegada dos donos da casa. Foto: Fernando Martinez.

Mas estar atrás no marcador fez com que o Cotia colocasse a ordem natural das coisas para funcionar, e a equipe passou e criar mais oportunidades, fazendo com que o gol fosse questão de tempo. E para a alegria do bom público presente, o placar ficou igual aos 44 minutos. Depois de um bate-rebate na área, a bola bateu na trave e no rebote sobrou para o camisa 8 Rafael Silva. Ele tocou forte, o goleiro ainda tocou na bola, mas ela entrou no cantinho. O zagueiro Alemão ainda tentou salvar em cima da linha e se machucou no lance.


Chance cotiana pelo alto no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

Com o 1x1 no placar, a partida chegou ao seu intervalo. Fui fazer uma boquinha na lanchonete do estádio, e pude ver que ali eles vendem um delicioso pastel, com certeza um dos mais saborosos que já comi nos campos de futebol da vida. O intervalo também serviu para encontrar o amigo Syller, figurinha carimbada da Rua Javari e que estava lá para apoiar a equipe cotiana.


Zagueiro Alemão protegendo a bola de atacante do Cotia. Foto: Fernando Martinez.

Agora já não fazia tanto frio, mas mesmo assim voltei para o campo de jogo acompanhar novamente o ataque dos donos da casa. Durante o segundo tempo o Cotia foi muito superior ao Elosport, que caiu fisicamente e não foi páreo para o time azul. Logo aos 5 minutos o onze local virou o placar com um golaço do camisa 4 Felipe Alencar. Ele recebeu na esquerda e chutou do bico da área, colocando a pelota no ângulo esquerdo do arqueiro Wágner.


Disputa de bola no meio de campo. Foto: Fernando Martinez.

O terceiro gol aconteceu aos 15 minutos, e quem marcou foi o camisa 8 Rafael Silva, escorando um bom cruzamento da esquerda. Com o 3x1 estampado no placar do Euclides de Almeida o jogo ficou praticamente decidido. O Cotia teve a chance de ampliar ainda mais o marcador, mas não forçou muito. O Elosport criou chances para diminuir, mas não teve sucesso.


Exato momento em que o arqueiro Wágner não encontra a bola e o jogador Rafael Silva faz o terceiro do Cotia. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Cotia 3-1 Elosport. A vitória deixou o onze cotiano com 22 pontos, na segunda colocação do Grupo 4 e com a classificação assegurada, junto com Desportivo Brasil e Sumaré. A última vaga será definida no próximo domingo, com Primavera e Capivariano estão na briga. Já o time de Capão Bonito permanece com os mesmos cinco pontos, e já pensando no planejamento para 2012.

Após o jogo ainda ficamos muito tempo ali nas dependências do estádio conversando com o pessoal das duas equipes e integrantes da diretoria do Cotia FC. Fui presenteado com uma camisa oficial da equipe. Também encontrei o ex-jogador Wladimir, que simplesmente é a pessoa que mais vezes vestiu a camisa corintiana na sua centenária história. Uma honra. Meia hora depois voltamos para São Paulo e ganhei uma carona até o Metrô Vila Madalena. Uma hora depois, já estava em casa para acompanhar a final da Copa América 2011.

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário