Procure no JP

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Everton na grande final da Libertadores Feminina

Opa,

Após uma Primeira Fase com muitos gols e um descaso monstro da Conmebol e também dos responsáveis na cidade de Barueri, a Libertadores da América Feminina chegou à Fase Semi-Final na última sexta-feira. A primeira equipe finalista sairia da partida entre Everton do Chile e Deportivo Quito do Equador. O palco do confronto foi a bela Arena Barueri. Antes de falar da peleja, vamos às fotos oficiais da partida:


CD Everton (feminino) - Viña del Mar (Chi). Foto: Fernando Martinez. 


S Deportivo Quito (feminino) - Quito (Equ). Foto: Fernando Martinez.


Quarteto da partida e capitãs das equipes. Foto: Fernando Martinez.

O time chileno se classificou na primeira posição do Grupo B, e chegou invicta à essa semi-final somando dez pontos em quatro jogos. Já a equipe equatoriana foi a segunda colocada do Grupo A, com sete pontos ganhos nos mesmos quatro jogos.

Mais uma vez autorizado para acompanhar a peleja de dentro do campo, acabei indo acompanhar o ataque chileno, pois achava que o Everton era franco favorito contra o Deportivo, que vinha de uma acachapante derrota de 7x0 contra o Santos. Mas acompanhar os 90 minutos foi simplesmente uma tarefa hercúlea, pois a partida foi simplesmente horrorosa.


Zagueira do Deportivo Quito tirando a bola da sua área. Foto: Fernando Martinez. 


Jogadora do Everton encarando a marcação equatoriana. Foto: Fernando Martinez.

O jogo não teve absolutamente NENHUMA emoção, e não tivemos nenhum chute a gol por parte das duas equipes. As chilenas não conseguiram fazer nada de útil, assim como as equatorianas, mais preocupadas em se segurar na defesa. Olha, difícil me segurar acordado vendo esse jogo, ainda mais com o sono que estava.


Chutão para longe em ataque chileno. Foto: Fernando Martinez. 


Confusão na área do Everton em chance do Deportivo Quito. Foto: Fernando Martinez.

O que valeu mesmo foi o lanche que comi no intervalo do jogo, e só. Fica difícil demais escrever algo a respeito de uma partida num nível tão ruim desses. Como não poderia deixar de ser, a peleja acabou num modorrento 0x0, e a decisão da vaga seria decidida na marca do pênalti.


Falta para o Everton que passou longe do gol. Foto: Fernando Martinez. 


Visão da Arena Barueri na primeira semi-final da Libertadores Feminina 2010. Foto: Fernando Martinez.

Até a quarta cobrança de cada time, 100% de aproveitamento. Pelo Deportivo Quito, Freire, Rodríguez, Espinoza e Moreira converteram e pelo Everton, Galeano, Arias, Cisternas e Salgado deixaram a partida num placar de 4x4. Na quinta cobrança do time equatoriano a jogadora Ferrín bateu mal demais, chutando a bola muito longe do gol. O Everton precisava apenas acertar o quinto penal para se garantir na final. E a goleira Endler fez as honras e chutou forte para colocar a bola no fundo das redes e o time na decisão.


Pênalti perdido pela jogadora Ferrín. A bola foi MUITO longe do gol. Foto: Fernando Martinez. 


A goleira Endler bateu e colocou o Everton na final. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Everton 0 (5) - Deportivo Quito 0 (4). Se fosse por merecimento, as duas equipes mereciam estar fora da final pelo futebol (?) mostrado na Arena Barueri. Mas no final das contas, as chilenas tiveram melhor campanha e fizeram justiça. Já a segunda vaga na final seria decidida num grande clássico sul-americano marcado para a partida de fundo.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário