Procure no JP

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

O bom e velho EC São Bernardo começa o sub-20 com o pé direito

Fala pessoal!

Fiquei preso no sábado devido a muita correria no trabalho, domingo cedo não resisti à chuva que caía e fiquei dormindo um pouco mais, então só sobrou mesmo o domingo à tarde (horário quase extinto do nosso futebol) para um jogo com cobertura especial aqui no JP. Enfrentei frio e chuva para a estréia de um dos campeonatos mais aguardador aqui pelo pessoal do blog: o Campeonato Paulista sub-20 da 2ª divisão. Então peguei um ônibus intermunicipal com seus intermináveis pontos para chegar até a cidade de São Bernardo do Campo. Tudo para ver a estréia de um dos times mais queridos aqui por nós, o bom e velho Esporte Clube São Bernardo jogando contra o Paulistano de São Roque no Baetão.

O time, preferido entre nove entre dez integrantes do JP, não tinha como ficar de fora da cobertura da rodada inicial do campeonato. O mais legal é que o clube está completando gloriosos 80 anos de existência em 2008, e nada mais justo do que esperar grande campanha do time. Bom, cheguei a tempo das fotos, mas os portões trancados e a chuva me impediram adentrar o campo de jogo logo no seu início. Mas como nunca desistimos, mesmo debaixo de uma chuva ainda mais forte, fiz as fotos oficiais e exclusivas no intervalo:


EC São Bernardo (sub-20) - São Bernardo do Campo/SP. Foto: Fernando Martinez.


CA Paulistano (sub-20) - São Roque/SP. Foto: Fernando Martinez.

Bom, o campeonato está apenas começando, e nem sabemos direito o que esperar de cada clube. Mas logo quando cheguei já vi com outros olhos a situação do Bernô (o verdadeiro): o time finalmente tem uniformes novos, patrocínio e muita vontade para fazer um bom campeonato. Diferente dos outros anos, quando a equipe ainda jogava com o último uniforme profissional, do longínquo 2001, parece que esse ano o pessoal está pensando grande por lá. O Paulistano também pensa alto, trazendo jogadores da campanha do time na Segundona desse ano. Atletas que jogaram bem nos jogos em que acompanhamos e que também buscam um lugar ao sol.

Fui então me proteger da chuva no primeiro tempo na parte coberta do Baetão, já que não tinha como ficar na famosa arquibancada torta. Lá encontrei o amigo Elias, sempre presente em jogos no ABC. Mas o começo de jogo foi complicado para o Bernô, pois o time passou sufoco até cerca dos 20 minutos de jogo. O Paulistano chegou por várias vezes com muito perigo e só não marcou por sorte dos donos da casa. Mas aos 23 minutos não teve jeito. Depois de cruzamento da direita, a bola ficou pipocando dentro da área e sobrou livre para o jogador Danilo só colocar no canto esquerdo do goleiro. Paulistano 1 a 0.


Ataque do Paulistano no começo de jogo, quando a equipe dominava a partida. Foto: Fernando Martinez.


Lance do primeiro gol do Paulistano. O camisa 4 Danilo só teve o trabalho de empurrar para as redes. Foto: Fernando Martinez.

Mas o gol do time de São Roque fez com que o Bernô acordasse, e cinco minutos depois, aos 28, o time chegou ao empate. Em bola cruzada pela esquerda, quatro jogadores apareceram livres dentro da área dos visitantes, mas o camisa 8 Hélder que relou de leve na bola e enganou o goleiro, fazendo com que ela fosse parar mansinha no seu canto direito. Festa no Baetão. Depois do empate os locais passaram a mandar no jogo, mas os seus atacantes estavam com o pé descalibrado. Por três ou quatro vezes o time chegou muito bem, mas chutou sem direção. Ficou a certeza que se eles acertassem ao menos um chute, a história seria diferente.


Ataque perigoso do Bernô no final do primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

Sem que nenhum dos dois times acertasse o pé, o jogo foi para o intervalo em 1 a 1. Nesse intervalo resolvi arriscar e entrei no gramado sintético do Baetão. Sem nenhuma poça mesmo com a chuva insistente, percebi que as condições do terreno eram boas. Lá também encontrei o Pedro, que faz as coberturas do Bernô faz um tempinho e que inclusive já apareceu aqui no JP em campanhas pífias do São Bernardo em anos anteriores. Mas todos estão confiantes com o time em 2008. Pena que conversando com ele fica a quase certeza de que o time não voltará ao profissionalismo. Parado desde 2001 e sem abrilhantar os gramados do Paulistão, nem preciso dizer que tem a torcida completa do blog...


Disputa de bola no meio de campo na segunda etapa, num belo jogo de futebol. Foto: Fernando Martinez.

Bom, já instalado junto com o Pedro, o médico e os dois maqueiros da partida na cabine minúscula que fica no meio de campo, só para me proteger da chuva que apertava, vimos um segundo tempo ainda melhor do que o primeiro. O São Bernardo voltou com os mesmos erros de chutes sem direção, que levavam todos à loucura. O Paulistano, que por sua vez tem um time muito bem armado, também levava perigo em chances criadas principalmente pela esquerda. Mas mesmo com tantas chances, o jogo seguia empatado.


Debaixo de uma chuva incrível, o Paulistano buscava o empate. Foto: Fernando Martinez.

E de tanto insistir em chutes sem direção, alguma hora o São Bernardo tinha que acertar um. Isso finalmente aconteceu aos 20 minutos, quando o jogador Peu recebeu bola na intermediária e chutou forte no ângulo esquerdo do goleiro do Paulistano. Uma pintura de gol no Baetão e uma virada emocionante do Bernô. Após o segundo gol, o São Bernardo ainda teve chances claras para ampliar, mas deu azar em certos momentos e em outros o goleiro visitante fez ótimas defesas. E após os 35 minutos o Paulistano se lançou com tudo para tentar o empate.


Jogadores do EC São Bernardo e do Paulistano se assustando no meio de campo. Foto: Fernando Martinez.

Então vimos um sufoco total dentro da área do Bernô até o apito final do árbitro. Os jogadores mostraram uma garra impressionante para evitar que o time do Paulistano fizesse o gol de empate e frustrasse a estréia do alvinegro em casa. E olha que o time visitante teve chance de gol, a equipe criou muito, mas o dia mesmo era do Bernô. Final de jogo: EC São Bernardo 2-1 Paulistano. Grande vitória do Bernô, iniciando esse difícil sub-20 com uma grande vitória.

Em tempo, a última vez que o time tinha começado um campeonato oficial da FPF com vitória tinha sido em 1996, quando ganhou do Radium por 1 a 0. Tudo bem, era profissional, mas a comparação era para dar uma idéia de como são difíceis os inícios de campeonatos do time. Tanto que foi a primeira vitória que vi do EC São Bernardo em campo, depois de 10 anos assistindo jogos da equipe. Mas o Paulistano também mostrou bastante qualidade, e só não empatou por detalhe. O time, acertando alguns defeitos, pode se dar bem no sub-20 também.


O time do Bernô comemorando a vitória com a torcida presente no Baetão. Foto: Fernando Martinez.

Bom, e depois do jogo peguei o caminho da roça para voltar para meu lar, doce, lar. Mesmo molhado, cansado e com um sono do mal, novamente fiquei com a sensação de dever cumprido pela cobertura da estréia do querido Bernô. E se tudo der certo vocês ainda verão o time outras vezes por aqui.

E na semana tem mais...

Até

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário