Procure no JP

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Portuguesa conquista a segunda vitória seguida na Série A

Fala povo!

Depois da rodada do sábado de tarde, eu e o David encaramos o sono e o cansaço para ver um jogo do não-perdido Campeonato Brasileiro 2008. Mas partida no Canindé é sempre uma ótima opção. Então com a carona do seu Natal fomos até o estádio lusitano para a partida entre Portuguesa x Atlético/PR. Jogo que não acontecia desde 2002.

O último jogo entre as equipes no Canindé foi determinante para a queda da Lusa naquele ano. Embora o placar tenha sido de 1 a 1, foi nessa partida que um tiozinho muito doido invadiu o campo e fez com que a Lusa jogasse fora dos seus domínios a última partida daquele Brasileirão. Detalhe que eu estava presente nessa partida e inclusive o tal do tiozinho estava na minha frente. Bom, para esse jogo a expectativa era a melhor possível graças a boa apresentação da Lusa contra o Inter. Para a torcida presente, que preferiu ver o jogo ao invés de curtir a festa junina no clube, uma vitória era obrigatória. Mas o Atlético prometia estragar o arraial lusitano.


Lance do primeiro gol, relâmpago, do jogo. Olhem o goleiro paranaense totalmente fora da jogada. Foto: Fernando Martinez.

Mas logo no primeiro minuto a Portuguesa mostrou quem mandava na festa em casa e marcou o primeiro gol através do atacante Washington, escorando cruzamento da esquerda. Festa rubro-verde por lá e promessa de mais emoção em campo. Mas depois do gol a Portuguesa continou em cima do time paranaense e não marcou por simples azar. O time do Paraná não mostrava muita coisa e deixou bastante a desejar.


Times prontos para cobrança de escanteio para o rubro-verde. Foto: Fernando Martinez.

E a partida seguiu nesse ritmo até o final do primeiro tempo, e com a vantagem mínima, o pessoal ficou mais calmo por lá. No intervalo não aguentei e tive que consumir um salgadinho de isopor caro pra caramba. Mas rodadas duplas nos deixam com muita fome e aí não tem como escapar.

Para o segundo tempo esperávamos um jogo melhor, mas olha, foi difícil ver o tempo passar. Sem sofrer maiores sustos, a Portuguesa via o Furacão tentar, tentar, tentar e nada fazer em busca do empate. Poucas bolas chegaram ao gol do goleiro rubro-verde, todas sem perigo. A Portuguesa então quase chegou ao segundo gol, mas ele estava zicado mesmo.


Visão geral do jogo no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.


Falta que levou bastante perigo à meta lusitana. Foto: Fernando Martinez.

Então aproveitamos para colocar o papo em dia: cinema, futebol, problemas domésticos, tudo foi discutido nos 45 minutos que fecharam o jogo no Canindé. Porque o jogo não teve mais nada para registro. Final de partida: Portuguesa 1-0 Atlético/PR. Essa foi a segunda vitória, e seguida, da Lusa na Série A. Esperamos que o time tenha mesmo pego o ritmo do campeonato e belisque pelo menos uma vaguinha na Sul-Americana em 2009. Mas tem muito chão pela frente ainda.

Depois do jogo ainda fomos passar na minha base do Pari também para combinar o esquema da rodada dupla do domingo. Logo mais aqui no JP.

Abraços

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário