Procure no JP

segunda-feira, 30 de junho de 2008

Grande vitória do Velo nos embalos de sábado à noite

Fala pessoal!

Depois do jogo em Capivari, saímos correndo da cidade para o segundo jogo do dia. E o membro-zumbi do JP também continuou nessa junto com o Fernando. Em tempo suficiente de estrada rumamos até a cidade de Rio Claro, para outro jogo do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Desde 2005 o blog não fazia uma cobertura em jogos profissionais no Estádio Augusto Schmidt Filho, e voltamos com estilo, no jogo entre Velo Clube x Paulínia FC.


Entrada do Estádio Augusto Schmidt Filho, palco do jogo de sábado entre Velo Clube e Paulínia. Foto: Fernando Martinez.

Chegamos e já fomos para dentro do gramado para os procedimentos sempre feitos pelo pessoal do JP. E lá re-encontramos os amigos da Rede Vida, velhos conhecidos nesses anos de estrada, e o assessor de imprensa do Paulínia e também o presidente do Velo Clube, todos como sempre muito gentis e agradecendo nossa presença por lá. E lá fizemos as fotos oficiais do jogo:


AE Velo Clube R - Rio Claro/SP. Foto: Fernando Martinez.


Paulínia FC - Paulínia/SP. Foto: Fernando Martinez.


Trio de arbitragem do jogo composto pelo árbitro Michel Douglas dos Santos e os assistentes Mário Nogueira da Cruz e Caio Mesquita de Almeida. junto com os capitães das equipes. Foto: Fernando Martinez.

Depois de ter perdido seis pontos no TJD, a classificação do Velo Clube ficou bastante complicada. Mas como a esperança é a última que morre, o time vai lutar até o último momento. Já o Paulínia se encontrava na terceira colocação antes dessa rodada, e com grandes chances de garantir vaga na segunda fase. E a partida começou bastante movimentada com o Velo Clube tomando a iniciativa do jogo. O time levou bastante perigo à meta do Paulínia e por pouco não abriu o placar logo cedo. Aos poucos então o jogo ficou equilibrado e na metade da primeira etapa os dois times estavam praticamente iguais em campo.


Detalhe do jogo entre Velo Clube e Paulínia, em Rio Claro. Foto: Fernando Martinez.


Ataque do Paulínia pela direita, mas o time não conseguia entrar na área velista. Foto: Fernando Martinez.

Mas aos 26 minutos o Velo conseguiu abrir o placar. Depois de falta pela esquerda, a bola foi cruzada na área, e depois de um bate-rebate o goleiro Fabrício não conseguiu segurar a bola, e ela sobrou para o jogador Paulo Henrique, que fez o primeiro dos donos da casa.


Jogadores olhando alguma coisa interessante dentro da área. Foto: Fernando Martinez.


Cobrança de falta que originou o primeiro gol do Velo Clube. Foto: Fernando Martinez.

Casa que não era tão casa assim, já que fora do seu estádio, o belo Estádio Benito Agnello Castellano, o Velo manda suas partidas no campo em que o Rio Claro manda seus jogos. Numa das maiores rivalidades do interior, isso gera fatos interessante, como o das torcidas organizadas velistas que não entram no estádio por motivo algum. Com certeza é uma das maiores rivalidades do nosso interior.


O Velo Clube tentou atacar mas aqui a defesa do Paulínia tomou a bola. Foto: Fernando Martinez.

Durante o restante do primeiro tempo o jogo ficou equilibrado, com os dois times jogando bem, mas sem mais nenhuma alteração no placar. No intervalo encontrei o amigo Thiago Garrafada, grande torcedor do verdadeiro bernô, o Esporte Clube São Bernardo, e que mora faz um tempo na cidade. Feliz com a volta do time no sub-20 da segunda divisão, contou bastidores do futebol rio-clarense para nós. Um abraço a ele!

Na volta para o segundo tempo resolvi ficar nas cabines de imprensa com os dois companheiros de viagem e de lá vimos um jogo mais truncado do que na primeira etapa. O Paulínia tentava o empate, mas de forma efêmera, sem tanto perigo. O velo se denfendia como podia, tentando garantir o resultado tão importante.


Visão aérea do jogo Velo Clube x Paulínia no seu segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.

Nesse meio tempo conversamos com o pessoal da rádio de Rio Claro, também reconhecendo o JP como uma boa fonte de informação e nos deixando á vontade para visitarmos ainda mais a cidade. E o jogo ia passando com o cheiro de 1 a 0 no ar.

Mas no final teve ainda mais festa para os donos da casa. Aos 48 minutos, o goleiro do Paulínia Fabrício foi para a área tentar a cabeçada em cobrança de escanteio. Mas a bola foi interceptada pela zaga do Velo e tivemos uma corrida contra o tempo: o ataque tentando chegar mais próximo ao gol e o goleiro tentando desesperadamente voltar para sua meta. Toque após toque, e bola de pé em pé deixaram então o ataque do Velo cara-a-cara com o gol, e o atacante Josimar aproveitou o gol vazio e só rolou, fazendo o segundo gol do jogo e fechando o caixão do Paulínia. A comemoração do gol pareceu final de campeonato!

Final de jogo: Velo Clube 2-0 Paulínia. Importantíssima vitória do Velo, que mesmo sete pontos atrás do quarto lugar, ainda acredita no milagre. Para o Paulínia, a derrota serviu como aviso que o time não pode bobear assim na segunda fase. Bom, depois do jogo então finalmente fomos comer de verdade num trailer na porta do Schmidtão. E devorando um X-Bacon que não tinha bacon, já fizemos planos para os próximos finais-de-semana. A volta para casa foi tranquila pelas estradas paulistas, sempre bem sinalizadas mas que deixam um rombo no bolso de cada um.

Domingo à tarde ainda teve mais cobertura do JP, agora com o futebol das mulheres...

Até lá

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário