Procure no JP

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Flamengo de volta à Série A2 Paulista

Olá pessoal,

Nesta quarta-feira a tarde eu, juntamente com o Emerson, David, Seu Natal, Jurandyr e o The Watcher, estivemos presentes no Estádio Nicolau Alayon para acompanhar a decisiva partida entre Nacional e Flamengo de Guarulhos pelo Campeonato Paulista da Série A3. À equipe local só interessava a vitória para chegar na última rodada com chances de acesso a Série A2. Já ao Flamengo bastava um empate para garantir o retorno ao segundo nível do futebol paulista.

Por este motivo havia uma grande expectativa sobre esse jogo, tanto que a Federação Paulista escalou um trio de arbitragem com larga experiência em Série A1, e até mesmo em Copa do Mundo, como o caso do assistente Ednilson Corona. Por isso a equipe do JP esteve em peso para acompanhar este embate, enquanto o onipresente The Watcher estava no gramado para as fotos, os demais membros acompanhavam a partida nos seus mínimos detalhes.


Nacional AC - São Paulo/SP. Foto: The Watcher.


AA Flamengo - Guarulhos/SP. Foto: The Watcher.


O árbitro Antônio Rogério Batista do Prado, os auxiliares Edmílson Corona e Ana Paula de Oliveira e o quarto árbitro Alexandre Bigai Miranda dando um ar mais chique para o JP posando junto com os capitães das equipes. Foto: The Watcher.

Entretanto, para desespero da torcida ferroviária, a equipe mandante não conseguiu imprimir um bom ritmo de jogo e foi dominada pelo rubro-negro de Guarulhos desde os momentos iniciais. Exceto alguns cruzamentos esporádicos sem maiores perigos à meta visitante, o Nacional era acuado em seu campo de defesa, o que deixava um mau pressentimento ao público presente no estádio.


Jogadores do Nacional tentaram sem muito afinco a marcação do gol. Foto: The Watcher.

Por esse motivo não foi surpresa o gol flamenguista anotado aos 31 minutos da etapa inicial. Após um rápido ataque e um chute originário do lado direito da ofensiva visitante, a bola bateu na trave e, no primeiro rebote, a defesa local salvou em cima da linha, porém no segundo rebote, Clayton acertou a meta nacionalina e deixou os visitantes mais tranquilos na partida.


Sob o olhar da auxiliar Ana Paula de Oliveira, disputa de bola na lateral. Foto: The Watcher.

Se o empate não bastava ao quadro paulistano, a derrota momentânea era um verdadeiro balde de água fria. Com isso ficou a clara impressão que o Nacional havia desistido da partida e, consequentemente, do acesso. Nessa toada a partida foi para seu intervalo com a vantagem mínima para os visitantes.


De longe, visão do jogo entre Nacional e Flamengo sob um céu azul de outono. Foto: The Watcher.

Após um intervalo com muitos planos de viagem por parte dos integrantes do JP, planos estes que nem sempre se realizam por motivos de força maior, nos preparamos para acompanhar uma verdadeira contagem regressiva em direção ao acesso do Flamengo. Sob certo aspecto o Nacional até que voltou com mais disposição para a etapa complementar, mas seus atletas estavam muito nervosos e tentanto decidir a partida de forma isolada, o que fatalmente não daria resultado.


Goleiro do Fla sobe mais alto para fazer a defesa. Foto: The Watcher.

Toda a etapa final transcorreu com muito esforço por parte dos locais, porém sem nenhum resultado efetivo, mesmo porque a equipe de Guarulhos estava bem postava na defesa e demonstrava melhor técnica e tática, além de mais calma. Assim, nesse ritmo a partida seguiu até o previsível placar final de Nacional 0x1 Flamengo, resultado que não só confirmou o acesso do Flamengo, como também beneficiou a Barbarense, que mesmo sem considerar seu jogo da noite contra o São Carlos, também já tem vaga assegurada na Série A2 de 2009.


Falta para o Nacional no final do jogo que levou bastante perigo. Foto: The Watcher.

Após o apito final presenciamos uma tímida comemoração do Flamengo, mesmo porque o número de torcedores rubro-negros no estádio não foi tão grande quanto o esperado. Agora resta aguardar quem serão as duas equipes que também garantirão o acesso no outro grupo e quais farão a grande final da Série A3 de 2008.

Até a próxima,

Victor

Nenhum comentário:

Postar um comentário