Procure no JP

segunda-feira, 7 de abril de 2008

São Bernardo vence Nacional com autoridade

Olá,

Na seqüência do Campeonato Paulista da Série A3, no sábado a tarde foi realizado no Estádio 1º de Maio, o jogo entre o São Bernardo F.C.L. contra o Nacional A.C. valendo pela décima quarta rodada da competição e, lá fui eu até a cidade de São Bernardo do Campo para conferir de perto essa partida que marcou a reabertura do estádio após um bom tempo sem uso por conta de uma reforma. Além da curiosidade de ver como ficou o estádio, havia uma outra particularidade que envolvia essa partida, principalmente para quem curte dados históricos, que foi o marco inicial dos confrontos entre essas duas equipes.

Para marcar essa data, o JP registrou as imagens dos participantes dessa partida nas fotos abaixo que para variar são EXCLUSIVAS.


São Bernardo F.C.L. - São Bernardo do Campo/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Nacional A.C. - São Paulo/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Quarteto de arbitragem formado por Marcos Silva dos Santos Gonçalves, seus assistentes Alex Alexandrino e Leandro Matos Feitosa, além do quarto árbitro Júnior César da Silva. Foto: Orlando Lacanna.

Bem, agora vamos de bola rolando e com ela em jogo só deu São Bernardo nos primeiros quinze minutos que permaneceu mais tempo com a pelota nos pés e prensava o Nacional no seu campo de defesa que somente conseguiu dar uma equilibrada no jogo quando resolveu se arriscar um pouquinho mais no ataque, mas esse equilíbrio não demorou nem cinco minutos.


Defesa do Nacional cercando atacante do São Bernardo. Foto: Orlando Lacanna.

Aos 19 minutos, os donos da casa perderam ótima oportunidade em jogada pela direita que terminou com chute cruzado que passou muito perto da meta dos visitantes. Aos 30 minutos, o goleiro do time paulistano evitou a abertura da contagem praticando difícil defesa com o pé, desviando chute colocado de Juninho que invadiu a área pelo lado esquerdo.

O primeiro gol do Tigre do ABC estava amadurecendo e acabou acontecendo aos 28 minutos através de Renato Peixe em ótima jogada pela direita que foi concluída com um tirambaço que entrou no canto superior esquerdo do goleiro Aranha que nada pôde fazer.


Bola estufando a rede do Nacional no primeiro gol do Tigre do ABC. Foto: Orlando Lacanna.

Depois de aberto o placar, o Nacional procurou sair mais para o jogo, tendo conseguido apenas alguns chutes de meia distância ao gol do São Bernardo que não levaram muito perigo ao goleiro Igor e, com isso a primeira etapa terminou mesmo com o magro 1 a 0 a favor dos anfitriões.


Um dos raros chutes do Nacional contra a meta do São Bernardo. Foto: Orlando Lacanna.


Linda bandeira da torcida local. Apesar da reforma no estádio o placar continua o mesmo. Fotos: Orlando Lacanna.

Após um intervalo sem ter tido nada para fazer, a partida foi reiniciada num ritmo mais cadenciado, com o Nacional procurando mais o ataque e o São Bernardo mais plantado em sua defesa. Aos 7 minutos, o zagueiro Eder do Tigre do ABC foi expulso por ter recebido o segundo cartão amarelo e, a partir daí, o time ferroviário teria quase todo o segundo tempo para pressionar a defesa do São Bernardo. Certo? Mais ou menos. O time do ABC se fechou, dando campo ao Naça que tinha mais posse de bola, porém não conseguia, mesmo com um atleta a mais, criar perigo aos donos da casa que procuravam sair em rápidos contra-ataques e chegaram pelo menos duas vezes com perigo na área do Nacional.


Goleiro Igor do São Bernardo defendendo cruzamento. Foto: Orlando Lacanna.

O golpe de misericórdia aconteceu aos 36 minutos, com a marcação do segundo gol do São Bernardo pelo ala esquerdo Biro em cobrança de falta da intermediária, que apesar de ter sido bem batida, contou com a infelicidade do goleiro Aranha que falhou no lance.


Bola indo para o fundo do gol do Nacional em cobrança de falta por Biro. Foto: Orlando Lacanna.

Depois desse gol, o Nacional que já não fazia uma boa partida, morreu de vez em campo e o São Bernardo quase chegou ao seu terceiro gol, incendiando a torcida que não parava de gritar "vamos subir Bernô".


Defesa do goleiro Aranha neutralizando ataque perigoso do São Bernardo. Foto: Orlando Lacanna.

Partida encerrada com o placar que não foi reformado, marcando São Bernardo 2 - 0 Nacional que foi super merecido, não só pelo rendimento do time da casa em campo, como também pelo que o Nacional não fez e esse resultado o tirou do G8. Fica esperto Nacional, senão corre o risco de ficar de fora da etapa decisiva do campeonato.

Fim de jogo com imediato retorno para São Paulo, já pensando na partida decisiva pela Série A2 que teria cobertura no domingo, mas isso fica para depois. Aguardem.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário