Procure no JP

quinta-feira, 10 de abril de 2008

Nacional tropeça em casa no clássico paulistano

Olá!

Quarta-feira com rodada pelo Campeonato Paulista da Série A3 é sinal de muito jogos interessantes para o JOGOS PERDIDOS acompanhar. E para aproveitar mais um joguinho na Comendador Souza, eu fui até o Estádio Nicolau Alayon para assistir Nacional x Palmeiras B, num jogo de vizinhos da capital. Por lá, perdidos, estavam o David e o seu Natal. Além de alguns amigos que sempre aparecem nesses jogos, como: JR (ex-Jandir), Vidro, Gallupo e o Paolo Gregori. E um agradecimento ao Miguel, do Nacional, que nos passou a letra do hino do clube, uma raridade por aí. E para começar vamos com as fotos oficais da partida:


Nacional A.C. - São Paulo / SP. Foto: Emerson Ortunho.


S.E. Palmeiras B - São Paulo / SP. Foto: Emerson Ortunho.

O jogo começou com um leve domínio do Nacional, mas com o Palmeiras B respondendo sempre na base dos contra-ataques. Com o decorrer da partida o jogou foi chegando mais perto do equilíbrio, com qualquer equipe podendo abrir o placar.


Lance da partida Nacional x Palmeiras B. Foto: Emerson Ortunho.

Mas para alegria dos nacionalinos quem marcou primeiro foi o Naça, aos 16 minutos. O gol acabou saindo após uma cobrança de escanteio, onde bola sobrou para o artilheiro metropolitado Rogerinho, que marcou quase de barriga.


Rogerinho aguarda a bola chegar para marcar o gol do Nacional. Foto: Emerson Ortunho.

O Palmeiras B não sentiu o gol e continuou jogando da mesma maneira, o que acabou lhe valendo o empate. O gol saiu aos 37 minutos, através do lateral-esquerdo Wellington, que penetrou pelo seu setor e bateu forte na saída do goleiro. O empate acalmou os ânimos da partida e o jogo seguiu assim para o intervalo.


O Nacional tenta manter a posse de bola na partida. Foto: Emerson Ortunho.

O segundo tempo começou menos movimentado que o primeiro. O Nacional começava a perpetrar sua série de tentivas frustadas de gol e o Palmeiras B a chegar com perigo em alguns contra-ataques. E nessa toada, em um desses contra-ataques, o Palmeiras B conseguiu um pênalti a seu favor. Pênalti, muito contestado pelos torcedores locais. Na cobrança, aos 27 minutos, Daniel marcou e decretou a virada do verdinho.


Daniel marca o segundo do Palmeiras B em penalidade máxima. Foto: Emerson Ortunho.

Na sequência da partida, o Nacional até tentou empatar, mas ora por falta de pontaria, ora por bons desarmes da defesa do Palmeiras B, o gol não saia. E como diz àquela máxima do futebol, "quem não faz, toma", assim o Palmeiras B fez o terceiro, aos 44 minutos, em uma jogada muito confusa, em que a bola ficou rolando pela linha do gol, com a zaga do Nacional tentando tirar e o atacante do Palmeiras B tentando marcar. Nessa disputa quem levou a melhor foi Beto, que conseguiu fazer a bola ultrapassar a linha de gol, mas o gol só foi percebido mesmo quando o bandeira correu para o centro de campo.


Goleiro do Palmeiras B sobe para defender o ataque nacionalino. Foto: Emerson Ortunho.

Depois do gol, houve aquela tentativa de correria do Nacional, mas o tempo de acréscimo era pouco para novas mudanças no marcador.


Marcação em cima foi uma das armas do Palmeiras B na partida. Foto: Emerson Ortunho.

Final de jogo: Nacional 1 x 3 Palmeiras B. O Nacional está abusando de perder pontos em casa, o que certamente complicará sua busca pela classificação. Chances ainda existem, basta o elenco se conscientizar disso. O Palmeiras B está se encontrando na competição, já são duas vitórias seguidas fora de casa. A prova de que a equipe engrenou será no sábado contra o Flamengo.

Abraços!

Emerson

Nenhum comentário:

Postar um comentário