Procure no JP

terça-feira, 22 de abril de 2008

Campinas empata com o Roma na estréia da Segundona

Fala pessoal!

Continuando com a saga do JP na primeira rodada do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, o domingo me reservou uma belíssima rodada dupla pelo interior. Saí cedo de São Paulo junto com o seu Natal, seguindo a recente tradição de que praticamente só vejo jogo com ele, até a cidade de Campinas, aonde veríamos no Cerecamp a estréia de um time que sempre entra como favorito e outro que jogaria sua primeira partida no profissionalismo: Campinas x Roma.

Em virtude da chuva e da morosidade do nosso querido metropolitano, chegamos à Campinas com o tempo extremamente contado, e com os segundos comprometidos em nome das fotos posadas. Mas lépido e faceiro, o seu Natal rumou como um ás no trânsito campineiro e cheguei a tempo das fotos tradicionais das equipes e do trio de arbitragem:


Campinas FC - Campinas/SP. Foto: Fernando Martinez.


Roma EC - Barueri/SP. Foto: Fernando Martinez.


O árbitro, os auxiliares e os capitães posando para as lentes do JP. Foto: Fernando Martinez.

Falar do Campinas é fácil: o time sempre vem bem na Segundona e chega perto do acesso, mas na hora da onça beber água a promoção não vem. Com um trabalho sempre sério, o time sempre entra como favorito e nesse ano a coisa não deve ser diferente, mas só com a bola rolando daria para ter uma idéia.

Falando do Roma, o time hoje está representando a cidade de Itapetininga, vai mandar seus jogos em Capão Bonito, mas tem sua filiação em Barueri. E como explicamos aqui faz um tempinho, o time nada mais é do que aquele Roma que foi campeão da Copa São Paulo de Juniores em 2001. O time iria jogar profissionalmente naquele ano, mas por alguns motivos não o fez. Muito legal então finalmente poder ver a estréia profissional da equipe de volta ao estado. Bem vindos!

Bom, já devidamente autorizado para ficar dentro do gramado, vi um jogo bastante disputado no gramado. O Campinas partiu pra cima do time visitante e começou a criar chances no ataque logo no começo, mas quem achava que o Roma não seria páreo para o time da casa se enganou. Jogando com bastante raça, o time verde deu trabalho na marcação. Mas quem acabou marcando primeiro foi o Campinas. Depois de uma falta bastante contestada pela esquerda, a bola foi cruzada na área e depois de um bate-rebate, o jogador Juba mandou para o fundo das redes dos visitantes. Festa na torcida presente e Campinas na frente.


Ataque do Campinas pela direita e cruzamento na área no começo de jogo. Foto: Fernando Martinez.


Goleiro do Roma corta cruzamento dentro da sua área. Foto: Fernando Martinez.

Mas o time campineiro perdia alguns ataques e a chance de ampliar o placar. O Roma então, jogando com bastante raça, passou a incomodar e a tentar colocar as manguinhas de fora. E no primeiro efetivo ataque do time aos 32 minutos, a equipe chegou ao empate. A bola foi tocada da direita e Juninho subiu mais alto do que todo mundo na área para colocar a bola no canto direito do goleiro e empatar o jogo.


Bola estufando a rede no primeiro gol do Campinas no jogo e no campeonato. Foto: Fernando Martinez.


Confusão na área do Roma e nesse lance o goleiro acabou machucando o braço. Foto: Fernando Martinez.

Com o jogo empatado, o Campinas se lançou ao ataque e perdeu no primeiro tempo boas chances para passar de novo à frente do marcador. Mas os seus atacantes pecavam no último toque e o jogo foi para o intervalo empatado em 1 a 1. Nesse intervalo matei a saudade dos famosos pastéis do Cerecamp e também aproveitei para encontrar o amigo Luciano Claudino e a ex-preparadora física do Independente e também nossa amiga Esperança...


Disputa de bola na lateral de campo no começo da segunda etapa. Foto: Fernando Martinez.

Bom, já satisfeito com os deliciosos pastéis, o segundo tempo começou com um Roma com mais garra ainda. O time teve problemas na documentação de alguns atletas e foi para Campinas somente com dois jogadores reservas, tanto que o goleiro Bruno jogou machucado a segunda etapa toda. Na base da superação total o time deu a alma em campo. E foi premiado com a virada aos 9 minutos, quando depois de um rápido contra-ataque, Wágner deu um passe perfeito para André. Ele deu um drible desconcertante do goleiro e tocou mansamente para o gol. Roma 2 a 1.


Ataque do Roma com a marcação da zaga do Campinas. Foto: Fernando Martinez.

Atrás no placar, o Campinas se jogou ao ataque, pois perder pontos em casa num campeonato como esse é algo complicado. E não demorou para empatar novamente, aos 15 minutos. O jogador José Paulo completou de forma precisa um ótimo cruzamento de Cleiton. Empate novamente. Daí para frente, os dois times criaram boas chances, com o Campinas sendo mais perigoso com seu ataque rápido e o Roma jogando com muita vontade e levando perigo nos contra-ataques. Os goleiros trabalharam bastante nesse período.

E quando o jogo parecia que seguiria em 2 a 2 até seu final, aos 40 minutos o Campinas virou novamente a partida. Depois de escanteio da esquerda, Moraes subiu mais alto do que todo mundo e cabeceou firme para deixar o time azul de novo na frente. Parecia que o jogo terminaria assim.


Final de jogo e empate dramático do Roma aos 47 minutos. Foto: Fernando Martinez.

Mas o Roma não se entregou, e de forma dramática conseguiu uma cobrança de pênalti aos 47 minutos, depois de uma falta boba da zaga campineira dentro da área. Na cobrança, Luiz Fernando bateu com classe e deixou tudo igual novamente, e não deixando tempo para mais nada. Final de jogo: Campinas 3-3 Roma. Pontos preciosos perdidos pelo Campinas em casa, mas o time tem bastante qualidade e vai dar trabalho. Já o Roma fica com o gostinho da vitória e a certeza que se jogar com a garra que jogou domingo vai longe na Segundona...

Bom, depois do jogo fomos almoçar em Campinas mesmo para seguirmos para nosso jogo da tarde, e mais uma estréia de equipe no profissionalismo...

Até lá

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário