Procure no JP

terça-feira, 4 de março de 2008

São Carlos se aproxima do G8 do Paulistão da Série A3

Olá,

Após participar de um evento social na cidade de Assis que me impossibilitou de acompanhar jogos de futebol durante o sábado, segui no domingo pela manhã, "voando" pelas estradas da região, até a acolhedora cidade de Santa Cruz do Rio Pardo, para acompanhar a partida A.E. Santacruzense x São Carlos F.L. que foi realizada no Estádio Municipal Deputado Leônidas Camarinha, valendo pela sétima rodada da primeira fase do Campeonato Paulista da Série A3.

Cheguei ao estádio em cima da pinta, mas mesmo assim consegui as tradicionais fotos dos times posados e da arbitragem, graças ao empenho e habilidade da pilota que estava conduzindo a viatura do JP. Ah, já ia me esquecendo, as fotos são exclusivas e estão abaixo:


A.E. Santacruzense - Santa Cruz do Rio Pardo/SP. Foto: Orlando Lacanna.


São Carlos F.L.- São Carlos/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Quarteto de arbitragem composto por Vinicius Furlan, seus assistentes Claudio Roberto da Costa e João Edilson de Andrade, além do quarto árbitro Alexandre Bigai Miranda com os capitães das equipe. Foto: Orlando Lacanna.

Antes de começar a falar da partida, faço questão de registrar o bom público presente (3.000 pessoas aproximadamente), apesar da campanha irregular do time da casa. Parabéns aos torcedores locais que enfrentaram filas, um sol escaldante e ainda assim torceram com muito entusiasmo pela sua equipe.

Bem finalmente chegou o momento de começar a falar de bola rolando, numa partida que começou com as duas equipes mostrando muita vontade. Não demorou muito e o placar foi inaugurado, aos 7 minutos pelo São Carlos, numa cobrança de pênalti convertido pelo avante Marcelo Dias.


Bola no fundo da meta da Santacruzense no primeiro gol do São Carlos. Foto: Orlando Lacanna.

A marcação desse gol não abateu a equipe da casa que rapidamente chegou à igualdade no marcador aos 11 minutos por intermédio de Neto Mineiro que concluiu com perfeição boa jogada que nasceu pela direita.


Bola estufando a rede do São Carlos no gol de empate da Santacruzense. Foto: Orlando Lacanna.

Depois do empate, a partida entrou numa fase de equilíbrio, com alguns períodos de ligeiro domínio da Santacruzense que não conseguia criar jogadas de maior perigo. Aos 39 minutos, o São Carlos teve o seu atleta Jé expulso por ter recebido o segundo cartão amarelo, aumentando a esperança do torcedor local em ver a primeira vitória da Santacruzense.


Disputa de bola junto ao meio de campo. Foto: Orlando Lacanna.

Durante o intervalo, além do tradicional consumo de água e sorvete, tive a oportunidade de conhecer alguns torcedores, em especial uma figuraça que vestia uma fantasia de padre, carregava um cajado e um rádio ligado na transmissão da partida e passava pelas arquibancadas "benzendo" todos os presentes. Além dessa figurinha carimbada, uma outra cena curiosa fotografada pelas lentes do JP foi a "turma da laje" fazendo um churrasquinho enquanto assistia a partida sem ter que enfrentar fila e pagar ingresso.


Galera da laje curtindo o jogo e um churrasquinho. Torcedor figurinha carimbada da Santacruzense. Fotos: Orlando Lacanna.

A segunda etapa teve início e logo de cara, aos 5 minutos, a Santacruzense criou uma chance de ouro para desempatar, mas a jogada acabou morrendo nas mãos do bom goleiro Edney do São Carlos que praticou excelente defesa, deixando o grito de gol preso na garganta dos torcedores da "Locomotiva". Em seguida a esse lance, o "Sanca" chegou ao seu segundo gol, aos 6 minutos, marcado por Carlos Eduardo aproveitando uma bobeira geral do sistema defensivo dos anfitriões.


Tentativa de ataque da Santacruzense pelo lado esquerdo. Foto: Orlando Lacanna.

Com o placar desfavorável e com um atleta a mais, a Santacruzense saiu com tudo para tentar o empate, mas suas jogadas ofensivas acabaram prejudicadas pelos erros de passes e também pelo excesso de ansiedade dos atacantes locais. Até a metade dessa etapa, o São Carlos esteve mais próximo de marcar o seu terceiro gol do que sofrer o empate, pois a Santacruzense mantinha mais tempo a bola em seu poder, porém os visitantes quando a recuperava, eram mais perigosos nos contra-ataques.


Chance de ouro desperdiçada pelo São Carlos num rápido contra-ataque. Foto: Orlando Lacanna.

Nos últimos 15 minutos a Santacruzense foi para o famoso "perdido por um, perdido por mil", levando os seus torcedores ao desespero por não conseguir chegar ao empate, graças a afobação nas conclusões das jogadas e algumas boas intervenções do goleiro visitante.


Mais um ataque da Santacruzense que morreria nas mão do goleiro do São Carlos. Foto: Orlando Lacanna.

Final de partida com o placar apontando Santacruzense 1 - 2 São Carlos que manteve o time de Santa Cruz do Rio Pardo na última colocação com apenas 1 ponto e desde já se tornando candidato sério ao rebaixamento à Segunda Divisão. Por outro lado, o São Carlos chegou aos 10 pontos, alcançando a nona posição na tabela e chegando muito perto da zona de classificação. Se não bobear poderá chegar entre os oito classificados à segunda fase.

Após o encerramento da partida, fui até a cidade de Ourinhos para desfrutar de um bom almoço em família e em seguida encarar mais 380 Km para finalmente chegar em São Paulo. Foi isso.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário