Procure no JP

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Contagem regressiva para a Segundona 2008

Opa,

Voltando com a série de matérias fora-jogo aqui no JOGOS PERDIDOS, hoje temos o prazer de falar que sairam os times e a tabela do carro-chefe do JP em todos os anos: O genial Campeonato Paulista da Segunda Divisão. É, depois de muitos momentos de apreensão, muito boato e muitas noites não dormidas, a FPF publicou em seu site como será o campeonato 2008.

Mesmo com algumas ausências sentidas, dentre elas a do Tupã; do E.C. Osasco; da Matonense; do Presidente Prudente e principalmente a do Palestra de São Bernardo, tivemos muitas surpresas e times fantásticos retornando ao profissionalismo. No naipe de times geniais já temos a presença do Américo de Américo Brasiliense, do Grêmio Esportivo Osasco e do misterioso Red Bull da capital. Com certeza o JP trará jogos e mais informações dessas equipes.


Escudinhos dos novos times da Segundona: Américo, GE Osasco e Red Bull. Fonte: Arquivo Fernando Martinez.

Mas o top mesmo fica pela volta de quatro times geniais que não constavam em nenhum palpite que ouvíamos por aí. A primeira volta que merece ser mencionada é a do Paulistano de São Roque, que desde 1995 só havia disputado profissionalmente em 1998 e em 2001 e 2002. Assim, depois de seis anos, o Estádio Quintino de Lima voltará a abrigar jogos profissionais, e isso nos alegra bastante, já que curtimos muito aquele lugar.


O genial Paulistano de São Roque, que estava afastado desde 2002. Fonte: Arquivo Fernando Martinez.

Temos também a volta de uma equipe que estava fora das disputas profissionais faz tempo. A grande Associação Atlética Saltense que parou no longínquo ano de 1993. Naquele ano, a equipe chegou até a terceira fase, num campeonato que teve o Jabaquara como campeão. A última partida da Saltense no profissionalismo aconteceu no dia 10 de outubro de 1993, quando perdeu em casa para a Inter de Bebedouro por 4 a 2. O palco daquele jogo foi o lindo Estádio Alcides Ferrari, que voltará a abrigar jogos do paulistão.


A tradicionalíssima AA Saltense, que só os membros mais antigos do JP viram em campo. Fonte: Arquivo Fernando Martinez.

Temos a sensacional volta do Roma de Barueri, campeão da Copa São Paulo de Juniores em 2001. Volta do Roma de Barueri? É isso mesmo pessoal, é uma autêntica volta dos que não foram, pois a equipe começou com tudo no futebol paulista, sumiu da mesma maneira que começou e agora está voltando na surdina.

Não foi fácil chegar nessa conclusão. Primeiro descobrimos no arbitral que jogaria um Roma de Itapetininga, até aí parecia que seria um time novo e pronto. Depois saiu a tabela dizendo que o time jogaria em Capão Bonito, mas até aí tudo bem, pois o estádio de Itapetininga ainda iria passar por reformas. Já estávamos certos de que era um time novo, quando na última terça-feira sairam as fichas dos novos clubes no site da FPF e eis que lá consta o Roma Esporte Clube, fundado em 22/01/2000, em Barueri. Aí veio a dúvida, e então começamos a checagem para saber se era o mesmo Roma Esporte Internacional Ltda.

Bom, aí foi batendo tudo: primeiro: fundação e endereço, e depois veio a comprovação final em uma notícia divulgada no site da FPF, mostrando todos os novos filiados da entindade desde 2004 e nessa lista não constava nenhum Roma, mostrando que houve a reativação da filiação do Roma Esporte Internacional Ltda., com uma pequena mudança no nome para Roma Esporte Clube. Provavelmente pouca gente iria se dar conta e lembrar de tudo isso, não é mesmo? Então, mais um furo do JOGOS PERDIDOS. Contudo, agora só podemos comemorar a grande volta do Roma de Barueri, que recomeça com um grande título no currículo.


É, o campeão da Copa São Paulo de 2001 finalmente vai estrear profissionalmente em São Paulo: O Roma de Barueri. Fonte: Arquivo Fernando Martinez.

Mas a volta que realmente nos surpeendeu foi a do genial Flamengo Futebol Clube da cidade de Pirajuí. O time disputou apenas 4 campeonatos profissionais, e o último deles foi em 1991. O time fez uma campanha bastante ruim e terminou em penúltimo lugar entre 14 participantes. O último jogo do rubro-negro de Pirajuí rolou em 06 de outubro de 1991, com uma derrota em casa para o Monte Aprazível por 1 a 0.


A volta mais inesperada de 2008: Flamengo Futebol Clube de Pirajuí. Fonte: Arquivo Fernando Martinez.

Também temos a estréia no profissionalismo do Paulínia e do Primeira Camisa, times que já pintaram aqui no blog nas categorias de base. E a presença de equipes que achamos demais, como Jabaquara, Ilha Solteira, Guariba, Batatais, União Suzano, Guarulhos, etc, etc, etc... ou para resumir, todos os times. E mais uma vez todos podem esperar uma cobertura mais do que digna, coisa que sempre fizemos desde a criação da Segundona em 2005. Fotos, textos feitos in loco e muitas, mas muitas histórias legais serão contadas aqui no JOGOS PERDIDOS a partir do dia 20 de abril, data em que o campeonato mais esperado por nós começa.


A Segundona 2008 também tem a estréia do Primeira Camisa e do Paulínia como profissionais. Fonte: Arquivo Fernando Martinez.

Agora é só aguardar para que esses dois meses passem rápido.

Até lá e abraços!

Fernando / Emerson

Nenhum comentário:

Postar um comentário