Procure no JP

sábado, 19 de janeiro de 2008

Grêmio nas quartas-de-final da Copinha

Olá,

Dando continuidade ao acompanhamento da 39ª Copa São Paulo de Futebol Júnior, na última sexta-feira retornei à região do Vale do Paraíba, indo até a cidade de Jacareí para ver de perto a uma das partidas das oitavas-de- final da competição. O meu destino final foi o Estádio Stavros Papadopoulos, mas antes dei uma paradinha estratégica para saborear um belo almoço num restaurante aconchegante à beira do Rio Paraíba do Sul, para depois sim ir acompanhar ao vivo e em cores a partida entre Grêmio F.B.P.A. x A.A. Ponte Preta, cujas fotos EXCLUSIVAS estão abaixo:


Grêmio F.B.P.A. (Sub 20) - Porto Alegre/RS. Foto: Orlando Lacanna.


A.A. Ponte Preta (Sub 20) - Campinas/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Trio de arbitragem composto por Waldemar Barufi Jr e seus assistentes Newton dos Reis Barreira e Patricia Carla de Oliveira com os capitães das equipes. Foto: Orlando Lacanna.

A partida prometia muito, pois envolvia duas equipes que vinham fazendo boas campanhas e logo de cara já dava para perceber que os times não iriam decepcionar o público presente que compareceu em número apenas razoável.


Disputa animada pela posse da bola. Foto: Orlando Lacanna.

Durante os primeiros minutos os gaúchos mantinham mais a posse de bola, mas era a Ponte Preta que criava perigo quando descia ao seu campo de ataque, tanto que logo aos 13 minutos, o atacante campineiro Daniel abriu o marcador num golaço que nasceu numa jogada individual pela esquerda. Mesmo com esse gol, a tônica da partida não mudou, ou seja, o Grêmio dominava territorialmente, mas a Macaca era mais perigosa e quase chegou ao seu segundo gol aos 21 minutos.

Com o passar do tempo o tricolor gaúcho foi se tornando mais perigoso e acabou chegando ao empate ao 29 minutos por intermédio de Diego, aproveitando de cabeça um cruzamento perfeito que veio da esquerda. Após o empate, as equipes se alternaram em períodos de domínio, criando uma chance ou outra que não eram aproveitadas e, por isso, a igualdade foi mantida até o término da primeira etapa.


Defesa espetacular de Edilson da Ponte em um dos poucos ataques gremistas no primeiro tempo. Foto: Orlando Lacanna.


Saída da Macaca para o ataque. Foto: Orlando Lacanna.

Enquanto rolava o intervalo, fiquei prestando atenção na chuva que estava se formando, pois se aquela tromba d'água caísse, com certeza a Arca de Noé deveria ser recriada, uma vez que estaríamos diante de um outro dilúvio.

A segunda etapa começou com o Grêmio mostrando mais disposição e apertando de forma constante o setor defensivo da Ponte Preta que pouco atacava e de uma certa forma aceitava o domínio gaúcho.


Mais uma intensa disputa de bola. Foto: Orlando Lacanna.

Aos 28 minutos, Jônatas colocou o Grêmio em vantagem no marcador ao marcar um gol de falta que mais pareceu ser um cruzamento, mas acabou entrando na meta campineira para surpresa de muitos, inclusive minha.


Bola indo para o fundo da meta da Ponte Preta no segundo gol gaúcho. Foto: Orlando Lacanna.

Em desvantagem no placar, só restava à Ponte Preta sair para tentar a igualdade e com isso permitiu ao Grêmio criar alguns contra-ataques perigosos, tornando a partida bem mais emocionante.

Quando tudo indicava que a partida terminaria com a vitória dos gaúchos, aos 42 minutos o atacante campineiro Weller sofreu pênalti, cometido pelo goleiro do Grêmio Mateus que acabou sendo expulso; Pênalti marcado e convertido por Amagno, decretando a igualdade de 2 a 2 que foi mantida até o fim dos noventa minutos mais os acréscimos.


Gol de pênalti decretando empate no finalzinho da partida. Foto: Orlando Lacanna.

Como determina o regulamento da competição nessa fase, partida que termina empatada deve ser decidida através da cobrança de tiros livres desferidos da marca de pênalti e foi o que aconteceu, só que junto com os pênaltis, veio o tal dilúvio que estava se formando no intervalo e aí o bicho pegou de vez, pois não foi fácil ficar atrás do gol fotografando as 10 cobranças.


Defesa do goleiro gaúcho (que substituiu um jogador de linha ocupando o lugar do titular expulso) na terceira cobrança da Ponte Preta. Quinta cobrança gremista que resultou no gol da vitória. Fotos: Orlando Lacanna.

Final de jogo com o placar apontando Grêmio 2 (5) - 2 (4) Ponte Preta que acabou classificando os gaúchos para as quartas-de-final da competição quando enfrentará o São Paulo F.C. na cidade de Guarulhos. Gostei das duas equipes que apresentaram diversos jogadores de boa qualidade.

Após as cobranças dos "pênaltis", saí do estádio literalmente encharcado em direção à casa de um casal amigo lá de Jacareí para um bom banho e trocar a roupa (que apareceu milagrosamente) e, depois de um descanso ir curtir um barzinho, voltando para São Paulo apenas no sábado pela manhã, até porque seria dada a largada da Série A2 paulista e o JP não poderia deixar de estar presente. Foi isso.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário