Procure no JP

terça-feira, 15 de janeiro de 2008

Flamengo é derrotado pelo XV, mas se classifica

Olá,

Depois de ter assistido a maior goleada da 39ª Copa São Paulo de Futebol Júnior no primeiro jogo da rodada dupla realizada no domingo no Estádio Barão de Serra Negra em Piracicaba, encarei mais noventa minutos de futebol e acompanhei a partida de fundo entre E.C. XV de Novembro x C.R. Flamengo que valeu pela última rodada da primeira fase do Grupo N.

Mesmo com toda correria, mas contando com a colaboração dos fiscais FPF e a boa vontade dos times, consegui as fotos habituais que estão abaixo:


E.C. XV de Novembro (Sub 20) - Piracicaba/SP. Foto: Orlando Lacanna.


C.R. Flamengo (Sub 20) - Rio de Janeiro/RJ. Foto: Orlando Lacanna.


Quarteto de arbitragem composto por James Anderson Moraes, seus assistentes Marco Antonio de Andrade Motta Jr. e Marcelo Zamian de Barros, além do quarto árbitro Diogo Barião Figueiredo.

A presença de um ótimo público e dois times em busca da classificação formavam os ingredientes necessários para uma partida emocionante, o que de fato aconteceu, sendo até o momento, o melhor jogo visto ao vivo por mim. A bola começou a rolar e a animação do público e o empenho dos atletas tomaram conta do espetáculo.


Avançada quinzista pelo lado esquerdo do seu ataque. Foto: Orlando Lacanna.

Logo aos 7 minutos o XV abriu a contagem com um belo gol de cabeça de Evandro, aproveitando cruzamento vindo da direita em boa jogada de Marlon.


Bola entrando na meta carioca no primeiro gol do XV. Foto: Orlando Lacanna.

Não demorou muito e os donos da casa aumentaram a contagem aos 9 minutos, agora por intermédio de Cleber em outro gol de cabeça, que aproveitou uma saída em falso do goleiro carioca Marcelo. Mesmo com 2 a 0 contra, o bom time do Flamengo não se desesperou e foi saindo para o ataque até que aos 19 minutos conseguiu seu primeiro gol através de Pedro Beda em jogada individual executada pela direita que culminou num tiro cruzado certeiro. Após esse gol o Flamengo se animou e foi criando chances que foram desperdiçadas e, com isso o placar permaneceu 2 a 1 favorável ao XV até o término da primeira etapa, num jogo muito bom e cheio de alternativas e animação.


Disputa acirrada de bola junto à linha lateral. Foto: Orlando Lacanna.

O intervalo serviu para várias conversas com o pessoal que estava no gramado, em especial com dois integrantes do banco flamenguista que demonstraram uma simpatia incrível, coisa rara de se ver atualmente.

Jogo recomeçado e as emoções se fazendo presente novamente. O XV saiu logo para o ataque, pois apenas uma vitória com margem de pelo menos três gols lhe daria condições de sonhar com uma das vagas pelo índice técnico. Aos 14 minutos as coisas pareciam que iriam ficar menos complicadas para o XV, pois o Flamengo teve seu zagueiro e capitão Fabrício expulso, mas mesmo assim os cariocas continuavam firmes na partida.


Outra disputa de bola, agora no ombro a ombro. Foto: Orlando Lacanna.


Atleta do Flamengo passa "lotado" e a bola fica com o XV. Foto: Orlando Lacanna.

Somente aos 26 minutos os piracicabanos chegaram ao seu terceiro gol através de Marlon aproveitando rebote após cobrança de escanteio. Com esse gol a galera local se incendiou e passou a incentivar o XV ainda mais, porém o Flamengo não se encolheu e, aos 31 minutos jogou um balde de água fria nas pretensões quinzistas, quando marcou seu segundo gol através de Bruno Paulo que escorou com precisão cruzamento vindo da direita.


Momento exato em que a bola se encaminhava para o fundo da meta do Fla no 3º gol do XV. Foto: Orlando Lacanna.

Aos 38 minutos o atleta Goiano do XV foi expulso, igualando o número de atletas em cada time e aí as coisas se acalmaram, pois os donos da casa perderam um pouco do ímpeto, pois sentiram que não mais daria para chegar ao seu objetivo.

Partida encerrada com o marcador apontando XV de Novembro 3 - 2 Flamengo, resultado que não foi suficiente para classificar o "Nho Quim", mas foi bom para os cariocas que avançaram na competição, agora enfrentando o Goiás no início do mata-mata. Independente de quem se classificou, vi um ótimo jogo, com as duas equipes me agradando muito. Valeu muito ter ido até Piracicaba.

Fim de jogo e início da minha correria, agora em direção ao terminal Rodoviário local para conseguir embarcar no último ônibus com destino a São Paulo. No fim deu tudo certo. Foi isso e até a próxima partida pela Copinha.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário