Procure no JP

quarta-feira, 1 de novembro de 2006

(Mais) Nuvens negras no Canindé

Opa,

Mais uma noite de terça-feira e mais uma rodada espetacular do Campeonato Brasileiro da Série B. E mais uma vez o JOGOS PERDIDOS esteve no Canindé para acompanhar a triste saga da Portuguesa nesse campeonato. O jogo de ontem foi entre a Lusa e o líder (até então) Atlético Mineiro. Foi o antepenúltimo jogo do rubro-verde em casa na Série B, e a vitória (já ouvi isso) era essencial. Doido ver esse jogo assim, enquanto exatamente há 10 anos atrás os times decidiam a vaga na final do Brasileiro 1996 em dois jogos inesquecíveis. Saudade também de ver esse jogo em tardes de domingo.

Junto comigo, o Mílton e o Jurandyr aportaram por lá. Encontramos o sempre presente Rafael também. O legal foi ver o bom público da Lusa lotar metade do Canindé, enquanto a fanática torcida do Galo lotou todo o seu espaço. Pena que mais uma vez o sofrimento foi algo comum nas arquibancadas.


Ataque da Portuguesa no primeiro tempo da partida. Foto: Fernando Martinez.

Falando agora do jogo, tivemos um bom primeiro tempo com a Portuguesa jogando de forma muito mais séria do que foi no jogo contra o Ituano. O Atlético, que não forçou tanto assim, teve suas perigosas chances, mas a Portuguesa (pra variar) perdeu alguns gols que não poderia ter perdido.

O principal deles logo no primeiro minuto quando, em bela jogada tramada por todo o ataque, a bola saiu livre só com o jogador Preto e o goleiro, e o rapaz fez o favor de chutar em cima do goleiro do Galo. Pena...


Detalhe de longe do jogo com a grande torcida do Galo tomando toda a sua parte no Canindé. Foto: Fernando Martinez.

Mas quando o jogo seguia para um 0 a 0, a Portuguesa chegou ao gol de forma grandiosa. Aos 48 minutos, depois de cobrança de falta pelo lado direito próxima à área, o jogador Leonardo Silva subiu mais do que todo mundo e marcou o gol do alívio no Osvaldo Teixeira Duarte. E com 1 a 0 no placar, o jogo foi para o intervalo.


Lance do primeiro (e único) gol da Portuguesa na partida. Foto: Fernando Martinez.

No segundo tempo aconteceu o que todos temiam, por 45 minutos a Portuguesa veio com a idéia de segurar o resultado e "garantir a vitória". O que aconteceu então? Além de sofrer uma pressão monstro do Galo nos primeiros 35 minutos, o time nem se defender direito conseguiu. O Galo criou várias chances, e em pelo menos três delas o time perdeu gols feitos.

Mas como o óbvio acontece no futebol, o time empatou aos 17 minutos, com o jogador Márcio Araújo. Com a defesa parecendo um queijo suíço, o jogador apareceu livre e só empurrou. 1 a 1 no placar.


Ataque do Galo no finalzinho da partida. Foto: Fernando Martinez.

Depois foi aquele sofrimento que estamos acostumados no Canindé. Bolas para a área tentando o milagre sem nada acontecer. Mais uma vez a Portuguesa demonstrou que parece querer mesmo tentar a Série C em 2007. Tá difícil.

Final de jogo: Portuguesa 1-1 Atlético/MG. Resultado ruim para os dois, já que o Galo perdeu a liderança para o Sport, mas com certeza sobe para a Série A. Ano que vem que será um ano punk para a Lusa, com uma A2 à vista e uma Série C cada vez mais perto. O pior é que o time tem três jogos dificílimos fora de casa. Tá difícil...

E foi só, hoje tem mais rodada do JP, bem no nosso aniversário de dois anos!!!! Parabéns à todos nós!

Abraços

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário