Procure no JP

quarta-feira, 20 de setembro de 2006

Portuguesa rumo à Série C

Opa,

Ontem tivemos mais uma rodada para o pessoal do JOGOS PERDIDOS. Nada mais justo, já que as equipes em questão são participantes de carteirinha do blog em jogos do Campeonato Brasileiro da Série B: Portuguesa e Santo André. Como o jogo estava marcado para ser à tarde, na Comendador Souza, a equipe que iria cobrir a partida era composta pelo Emerson, David, Seu Natal e JR, além do querido The Watcher. Mas como de última hora o jogo voltou ao Canindé, e à noite, os membros presentes no estádio da Lusa foram o Jurandyr e o Mílton, além do que vos escreve.

Chegando lá, encontramos a simpaticíssima Graziele Crizol, auxiliar de arbitragem das mais competentes e que já apareceu aqui no JP algumas vezes. E com mais uma luta para garantir nosso ingresso de 20 pilas, fomos buscar nosso lugar nas arquibancadas e esperar uma boa partida da Portuguesa.

Mas diferente do último sábado, a Portuguesa no primeiro tempo não jogou muito não. O time se deu ao luxo de perder lances importantes e irritar a sua torcida. Se bem que a torcida se irritou bastante com a arbitragem do Rodrigo Cintra. Ao expulsar um jogador rubro-verde logo aos 21 minutos dessa primeira etapa, ele ganhou um lugar cativo nos xingamentos dos irados torcedores.


Chance para a Portuguesa no segundo tempo da partida. Foto: Fernando Martinez.

O time da Lusa viu o Santo André marcar o primeiro gol em falha da sua defesa e nada fez de efetivo para empatar o placar. O empate só viria no começo do segundo tempo, em um gol marcado com raiva pelo atacante Alex Alves. Mas como a Portuguesa tem o lema de "marcar um gol e recuar", o Santo André passou a dominar o jogo e em chute de longe, marcou o segundo gol.

A Lusa ainda teve forças para empatar o jogo, em belo gol de cabeça, mas de novo sofreu do mesmo mal. Não demorou muito e de novo num chute de fora da área, o Santo André passou (de novo) à frente do placar.


Detalhe do segundo gol da Portuguesa, quando o time ainda almejava a vitória. Foto: Fernando Martinez.

O que irritou a torcida foi a displicência do time no ataque, deixando brechas monstro no contra-ataque e jogando sem a raça desejada. O Santo André, que possui um time limitado também, conseguiu marcar dois gols nos dois únicos chutes que deu no segundo tempo. realmente a defesa da Lusa é algo incrível.

Final de jogo: Portuguesa 2-3 Santo André. A Portuguesa caminha, rodada após rodada, a passos largos para chegar à Série C do Brasileiro. isso pode acontecer e o perigo é real. mais três ou quatro rodadas com resultados pífios, e o time vai estar lá mesmo. Mais uma vez fica aqui o registro que torcemos, e MUITO, para que a Lusa consiga segurar sua vaga na Série B. Caso contrário, o futuro da Lusa estará ameaçado.

Bom, e foi só. Nessa semana ainda teremos posts da turma da tarde do JP, e no final de semana que vem poderemos ter especiais do ano. Tomara que dê tudo certo.

Até lá

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário